amando me

Queria ter te conhecido antes, muito antes, para que nenhum de nós dois tivesse medos ou cicatrizes. Queria ter estado com você quando seu coração descobriu o que era amor, quando seu corpo descobriu o que era desejo, e antes que pudesse sofrer eu estaria do seu lado te amando e me entregando, e juntos poder ter aprendido as lições da vida e do coração. Queria ter te conhecido quando suas esperanças começaram a nascer, quando seus sonhos ainda eram puros e seus ideais ainda ingênuos. Pena termos nos encontrado só agora, já com o coração viciado em outros amores, com uma imagem meio falsa do que é felicidade, do que é se entregar. Queria ter te encontrado numa nova vida, num outro tempo, em que não precisássemos temer o nosso futuro, nem nossos sentimentos.
—  Desconhecido.

Casi todo lo que yo hacía era por ti, porque sinceramente eras la pieza perfecta del rompecabezas de mi vida. Es más, ahora estoy aquí sentado en el escritorio tratando de escribirte la carta más hermosa, porque necesito hacerte entender lo que yo siento por ti y que todos mis pensamientos puedan entrar de lleno en tu corazón y puedas darte cuenta de lo que tu provocas en mí.

Aunque te escriba desde la soledad de mi habitación con la inquietud de tristeza y profunda nostalgia porque ya no estás aquí, porque ya te perdí.

—  Ismael R. (nostalgia)
O fato de eu estar bem sem você, não quer dizer que eu não te ame ou que eu tenha te esquecido. Eu apenas comecei a me amar mais e caso eu não demonstre o meu amor por você, é porque estou ocupada demais me amando em primeiro lugar.
—  Escriturias

não desisti de você e muito menos deixei te amar.

a única escolha que fiz foi olhar mais pra mim mesma, me amar mais, me admirar mais e confiar mais em mim.

me tornei prioridade porque entendi que se for pra escolher entre um de nós dois, eu me escolho.

mesmo te amando muito, eu me escolho.

Tenho vontade de te chamar de idiota. Porque é isso que você é. Tá me perdendo e não percebeu ainda. Tá esperando legenda? Eu choro, respiro, tenho medo mas isso não faz a mínima diferença pra você. Mas eu insisto em nós e vim aqui te pedir cuidado. Não me deixa ir embora, isso é quase uma súplica. Cuida do pouco que restou de nós pra ver se ainda vai restar alguma coisa pra contar pros nossos filhos - se eles existirem, claro - Mas não deixe eu sair por aquela porta. Mesmo que seja de mãos vazias. Eu não voltaria pra buscar nada. Porque na verdade, não ficaria nada para trás. Nem roupas, nem jóias. Nem amor. Nem lembranças. E isso vai doer que eu sei. É, eu só lamento, sabe. Lamento ter visto muita coisa numa pessoa que não viu nada em mim
—  Tati Bernardi
Não quero ter alguém simplesmente para dividir uma cama, para aproveitar uma noitada, nem para dividir uma bebida. Quero alguém para dividir meus problemas, para acalmar minhas crises, para dividir um pacote de pipoca de manteiga enquanto assistimos um filme repetido, em uma tarde chuvosa e tediosa demais. Não quero alguém que me faça correr para o ombro da minha amiga, me debulhando em lágrimas e soluços, quero alguém que me faça chorar de rir, que faça com que eu perca o ar com um beijo. Quero alguém com quem dividir as coisas mais insignificantes do dia, e para viver momentos que ficarão gravados permanentemente em mim. Alguém que faça com que me sinta especial, que não se canse de me elogiar, que não se canse de dizer o quanto me ama. Quero alguém que sinta minha falta, que me ligue dizendo que está com saudades dos meus beijos, dos meus carinhos, até das brigas, que me quer ao seu lado de qualquer maneira, com qualquer humor. Quero alguém que entenda que hora sou barulhenta e escandalosa e outra sou calma e silenciosa, que sou constante e as vezes irregular. Que as montanhas do meu eu são tortas, mas que por trás de toda ‘imperfeição’ existe alguém que se importa. É isso que necessito em você. Não espero todos os dias por um homem que apareça, me leve até o céu, e depois corte as minhas asas me fazendo cair no chão. Não espero por alguém que me faça sorrir, mas depois me faça chorar. Não quero, de forma alguma, alguém que me peça tempo. E desapareça. E ai, quando eu tiver perdido as esperanças, você aparece, meio sem graça, me pedindo pra voltar. Não. Eu não quero. Eu não preciso. Já basta todas as minhas complicações. Já basta as minhas irritações. Quero alguém que acalme todas as minhas crises de nervo. Alguém que me traga um pote de sorvete, em um dia qualquer, apenas por querer me surpreender. Quero estar completa, me amando, para estar pronta, quando esse alguém vier. E eu estarei pronta para oferecer todo meu amor, mesmo que desajeitado, mas o meu amor. E olha, quando esse dia chegar. Eu vou sorrir tanto. Que as pessoas na rua vão notar e perceber de alguma forma, que eu encontrei você.
—  Escrito por Paula, Ana Letícia, Amanda T. e Anelise em Julietário.
Queria ter te conhecido antes, muito antes, para que nenhum de nós tivesse medos ou cicatrizes. Queria ter te conhecido quando suas esperanças começaram a nascer, quando seus sonhos ainda eram puros e seus ideais ingênuos. Queria ter estado com você quando seu coração descobriu o que era amor, quando seu corpo descobriu o que era desejo, e antes que pudesse sofrer, eu estaria do seu lado te amando e me entregando, e juntos poderíamos descobrir as lições da vida e do coração.
—  Desconhecido.
Eu quero você me dando carinho, me mimando, me amando, me abraçando, me fazendo sorrir ou tirando gargalhadas minha em plena madrugada. Eu quero você emburrado, chato, azedo, com ciúmes, me fazendo ciúmes, me provocando ou me irritando. Eu quero você arrumado, bagunçado, com barba mal feita e até mesmo com aquela camiseta velha. Eu quero você na minha vida, na minha casa, nos meus sonhos, nos meus planos e nos meus pensamentos. Eu quero você hoje, amanhã e para sempre.
—  Abriguei
Me amando você me fez um homem, e por isso sou eternamente grato. Se pode me prometer alguma coisa, prometa que sempre que se sentir triste, ou insegura, ou perder completamente a fé, vai tentar olhar para si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de ter você como esposa, eu não tenho o que lamentar, tive muita sorte. Você foi a minha vida, mas eu sou apenas um capítulo da sua, haverá mais, eu prometo. Portanto aqui vai meu grande conselho: Não tenha medo de se apaixonar de novo, fique atenta a aquele sinal de que não haverá mais nada igual. P.S. Eu sempre vou te amar.
—  P.S. Eu Te Amo.

este texto não é sobre você.
é sobre mim.
é sobre a minha força de permanecer ileso, intransponível e apaixonado pela vida aos 21 anos. é sobre mim, que não me suicidei embora tivesse querido muitas vezes. é pela força que resgatei de dentro do meu peito todos os dias infernais depois que o trauma me atingiu em cheio feito esses acidentes que acontecem nos grandes centros e que desaparecem, junto à paisagem.
é sobre mim, que consegui sobreviver ao estorvo que foi todos os dias pós-trauma, pois no meu âmago habitava resiliência suficiente que encheria 10 Maracanãs inteiros. é sobre mim, que permaneço amando viver, amando me doar, amando queimar minha pele no sol enquanto as pessoas preferem o vazio dos corações ingratos.
é sobre mim, que decidi ser ainda mais forte e abraçar toda a essência do amor. porque acredito que depois do trauma (e virão outros) vem o amor-próprio, a vontade de ser melhor (pra si), o desejo inerente de continuar, não importa como.

esse texto é sobre mim e a minha força. porque consegui me levantar da cama sem me sentir vazio, inescrupuloso, infeliz. porque tô aprendendo a me encher de mim mesmo feito água em poço que dá em agreste: aos poucos, vou me descobrindo líquido, amoroso, bom.

eu sou bom. muito bom.

esse texto é sobre como eu consigo andar pela cidade sem medo ou receio ou magoa ou dor ou ressentimento ou qualquer dessas coisas que ficam depois do atrito. agora, eu ando por mim, pela vontade de me jogar das pontes, prédios e ruas para virar poesia. porque eu sou uma poesia. viva, inexorável e consciente de si. eu não preciso de olhos que me leiam quando minha linguagem já é uma boca gritando no mundo.

a partir de ontem, é tudo sobre mim.

Me disseram que com o tempo, eu iria conhecer alguém especial. Passei alguns anos procurando esse alguém, ficava nervosa e triste por nunca encontrá-lo, via pessoas da minha idade tendo um romance bonito e amando umas as outras, era deprimente. Dei uma pausa, parei de olhar em volta ou em qualquer lugar que pudesse ter alguém “especial”. Estava exausta de procurar. Exausta de sentir que não posso ser amada ou amar. Exausta de sempre ver sorrisos e nunca me encantar com eles. Tirei um tempo para pensar melhor. Eu devo procurar ou esperar ser achada? Isso é o certo para mim? Parecia errado, uma vez que eu não conseguia sentir nada por pessoas. Um amigo me apresentou um rapaz, ele era bonito e tinha um olhar meigo, eu gostei daquilo. Todos os dias o rapaz conversava comigo e eu tentava ao máximo gostar daquelas palavras. Foi em vão. Não me senti a vontade ou segura com ele. Não quis beija-lo. Não quis ser confortada por ele nos dias tristes.
Depois de tanta luta em busca de algo que aquecesse minha alma, eu realmente desisti. Amor é algo que aparece mas muitas vezes não somos capazes de ser os escolhidos. Talvez minha vida seja outra coisa, com outros planos. Eu posso viver sempre sozinha, contando comigo mesma e me amando. Mesmo assim eu ainda recebo sorrisos, aqueles que eu jamais poderia me encantar. É triste se sentir assim, incapaz de amar.
—  Fruta que cai para cima.
Te maldije💧

Un día te maldije y maldije el haberme enamorado de ti. Deseé nunca haberte conocido y me arrepentí de todas las ocasiones en que te di una “segunda oportunidad”. Sin saber que el tener una relación contigo me daría la mejor lección de mi vida: el aprender lo que no es el amor.

Gracias, porque aprendí que cuando se ama no se lastima. No se trata de dar mil oportunidades cada vez que cometes un error, sino de saber medir tus acciones, de meditar antes si lo que harás está bien o no, si afectará a tu pareja y a tu relación y de ser así, es mejor evitarlas.
Entendí que no debemos juzgar duro los defectos, ni tratar de cambiar a la persona, pues precisamente fue su esencia la que te enamoró. Lo viví contigo, intentaste hacerme una nueva persona, creaste un molde perfecto a tu conveniencia y sin saberlo fui encajando en él. Me fuiste quitando gustos y agregando otros, me “convenciste” de que me gustaran y cumpliera caprichos tuyos. Y claro, lo hice porque te amaba.

Me fui alejando de mis amigos, de mis pasatiempos, hiciste que te convirtiera en mi mundo para después dejarme sin nada, mientras tú salías con tus amigos y te divertías. Y fue como aprendí que a la pareja se le debe dar su tiempo y espacio. Ambos deben continuar con las vidas que tenían antes, sin egoísmos.

Aprendí que a quien amas no le mientes, no le lloras y suplicas para que te perdone, cuando ya van varias veces que cometes el mismo error, y sabes de antemano que lo volverás a hacer. Tampoco manipulas las situaciones para quedar bien ante la gente, aún cuando ya hayan descubierto tu engaño. Pues es mucho mejor reconocer el error que mentir, pues cuando las mentiras se descubren duelen peor.

Aprendí a no crear sueños basados en simples ilusiones, en argumentos sin fundamento. Pues mientras yo hacía planes a futuro contigo, por tu mente pasaban miles de cosas que podías lograr sin mi.

Gracias a ti aprendí que a la persona que amas debes darle seguridad, no dudas, ni miedos. Debe saber que cuenta contigo, que la apoyas, pero sobre todo, demostrárselo con hechos, no sólo con palabras.

Finalmente, después de mucho tiempo de estar separados y de un par más de experiencias amorosas, me di cuenta que contigo aprendí todo lo que necesitaba saber. Fuiste mi lección humana. Me enseñaste lo que no es el amor. Pues hay una diferencia muy grande entre tener una relación y pasársela bien sin realmente estar comprometidos y el estar profundamente enamorados, sentir el amor de verdad.
Gracias por todo eso que aprendí, pues hoy ya puedo diferenciar el amor, del simple cariño.

Hoy estoy viviendo una experiencia nueva y única. Estoy amando de verdad y me siento como un niño pequeño con esa ilusión inocente pero mágica. El amor es un sentimiento indescriptible y maravilloso. Y me doy cuenta que cuando en verdad amas ni siquiera te dan ganas de voltear a ver a otra persona, ni mentirle, engañarle, mucho menos jugar con sus sentimientos y lastimarla, pues al dañar a esa persona, nos hacemos daño a nosotros mismos.

Gracias por prepararme para lo que venía, por hacerme sufrir para después disfrutar a lo grande. Gracias por enseñarme lo que no debo hacer en una relación. Y de todo corazón deseo que un día realmente llegues a amar y descubras que eso es lo más bello que te puede pasar.

-P.A.⭐️