alising

anonymous asked:

Who has sex on other people's furniture out of spite? Whose furniture has been tainted?

Angron has once fucked Alise on everything Guilliman owns

4 Things About This Song Will Save Your Life by Leila Sales

  1. It’s been a long time coming
  2. You’re Elise, I’m Elise
  3. The writing is darkly humorous and witty
  4. An excellent overall message

★★★☆

Read Alise’s full review on Readers in Wonderland

More of Alise’s book thoughts: Goodreads | Instagram | Twitter | Facebook

5

The Legend of St James the Moorslayer – “Santiago Matamoros”
St James miraculously appeared to fight for the Christian army during the legendary battle of Clavijo and was henceforth called Santiago Matamoros (Saint James the Moor-slayer). Cervantes has Don Quixote explaining that “the great knight of the russet cross was given by God to Spain as patron and protector”.
The Church however, views this story as a legend.
Image 1,2-Francisco Ribalta Saint James the Moor-Slayer in the Battle of Clavijo (1603); 3-Juan Carreño de Miranda; 4-Unknown; 5-José María Casado del Alisal

Marble VIII After “Three gracies”, Roman copy of a Greek original, 2d century AD. Louvre, Paris Model: Alise

Behind the mask

http://ift.tt/29Y4jKr

Photography / @Erdi_Dogan
Fashion / @Mertyoglu
Producer / Melis Ozcelik
Model / @Michelle_Meinert & Alise Prits @ Option Model Istanbul
Make Up / @GulumErzincan using @MACCosmetics
Hair / @EnginCkmk
Production / @PPRIstanbul
Photography assistant / Caner Basagac & Ali Kalyoncu
Fashion Assistant / Betul Demir
Make Up Assistant / Neslihan Erdem
Special Thanks to PPR Maslak Production

#schonmagazine #beauty #art #onlineexclusive #instagram #picture #pic #instafashion #instabeauty #photography #interview #art #interview / on Instagram http://ift.tt/29W9Pv8

when coffee turned into a playdate || eric & ariel

@becamenotseafoam

So his semi-regular coffee dates with Ariel had been going well.  They kept their topics light.  He didn’t know what her motivation was, but he knew his own: he didn’t want to send her running again.  He still wasn’t completely sure what he’d done because he’d been caught up in his own life, looked away for what felt like a flash, and she’d been gone.  He’d asked her to make the coffee a regular thing, in part, so he knew she was safe.  He couldn’t explain why he worried about her so much, but he did.  It went beyond ‘because he cared.’  He worried about her like he would worry about Lukas or, once upon a time, Alise.  Like he worried about Belle with the wedding she didn’t want to have or some of the girls who worked at the restaurant.  It wasn’t a friendly, superficial kind of worry, but it kept him checking in.  He’d absolutely treated it with the respect it deserved – until the day he was late because his childcare bailed without so much as a text message. 

He rushed in with Lukas perched on his arm, taking in the unfamilar with coffee shop with wide and thankfully quiet eyes.  He knew as soon as he spotted Ariel at a table that he should’ve somehow warned her, but it was too late at that point, so he made his way over without further adieu.  “Hey, sorry I’m late.  I, uh, had a childcare issue.  If it’s a problem, we can go,” he greeted her awkwardly, still standing and waiting for her reply.  

anonymous asked:

((Just for Rob)) "Father, what's this book with Uncle Angron and Aunt Alise?"

“DON’T OPEN THAT!” The blue clad nerd called scrambling over his desk desperate to leap over it to grab the books before it could be opened

tzeentchgodofchange  asked:

Angron was kind enough to send pictures to Guilliman of everything he and Alise banged on. There are a lot of pics, enough for a photo album......

“…….my MOTHER sits on that couch…”

And then proceeds to fire his belongings into the nearest sun.

And take another vacation.

A professora da minha filha

Capítulo 42  :

- Lua, tenho uma surpresa pra você. – ele comentou.

- O que? – soltou-se dele e virou-se um pouco de lado para olhá-lo.

- Quer passar um fim de semana num aparte -hotel em Miami comigo? – segurando a mão dela.

- Eu ia adorar, Arthur. – sorriu – Ainda mais em Miami, eu nunca fui pra lá.

- Ficarei encantado em te mostrar tudo. – sorriu e alisou o rosto dela – Seremos só eu e você.

- Vai ser perfeito, pode apostar. – beijou-o.

Ela estava bem mais à vontade com ele, e seria nessa viagem que iria se entregar a Arthur, tendo certeza de que ele era o homem certo. Após ele ir embora, Lua tomou um banho e se meteu na cama, pronta para encarar outra semana de trabalho.

~~-~~~~

Como prometido, Arthur a levou a um aparte -hotel e Melinda havia ficado na casa de Kátia. Ela entendeu muito bem que o pai precisava de um tempo ao lado de Lua e por gostar muito da namorada dele, concordou na mesma hora. Melinda adorava ficar na casa da avó, pois tinha todos os mimos que queria. O hotel era lindo, enorme e com uma piscina que despertou a vontade dela de pegar sol. Arthur fez o registro de ambos e os dois subiram para a suíte que ele havia reservado. Era espaçosa, com um grande sofá, TV, escadas que levavam até o quarto na parte superior, era realmente um apartamento. O melhor de tudo era a varanda que tinha uma bela vista da praia de Miami.

Ambos tomaram um banho para relaxarem da viagem e resolveram descer para comer alguma coisa, estava perto da hora do almoço e já estavam com fome. Comeram devagar enquanto Arthur contava algumas coisas sobre Miami, sobre onde levaria ela e o que pretendia fazer naquele dia ao lado de Lua. Após a refeição ele a levara para dar uma volta na praia e caminharam de mãos dadas enquanto o cabelo de Lua voava na direção do vento.

- É tão lindo aqui, Arthur… – ela comentou olhando o mar.

- É o lugar que mais gosto para descansar. – com a mão livre no bolso.

- Costuma vir muito aqui? – olhou para ele.

- Algumas vezes quando Melinda está de férias. Fico nesse mesmo aparte -hotel, tem um ótimo serviço e uma vista maravilhosa.

- Eu pude notar quando fui até a varanda. – encostou a cabeça no braço dele – Melinda realmente não se chateou que não tenha vindo?

- Não… – alisando a mão dela com o polegar – Ela até achou bom que a gente tenha vindo sozinho com você. Além do mais, ela adora os mimos de dona Kátia. – sorriu.

À noite, Arthur a levou para jantar em um restaurante de frutos do mar ali perto, o clima era bastante romântico e ambiente muito agradável. Lua usava um vestido tomara que caia da cor salmão, com a saia solta um pouco acima do joelho. Os cabelos soltos e uma maquiagem para a noite. Arthur usava calça jeans escura e uma camisa social branca, dobrada até os cotovelos. Lua não quis abusar do vinho, queria estar totalmente sóbria pra aproveitar a noite longa ao lado dele.

- Venha, querida. Vamos dar uma volta. – ele levantou-se assim que terminaram a refeição.

Lua o acompanhou, enlaçou os dedos nos dele e caminharam pela rua bem iluminada à caminho do hotel, com o barulho das ondas que quebravam logo ao lado deles, ali no mar.

 

- Está com frio? – perguntou à ela devido ao vento.

Bait HC by Duncan Fegredo

Bait HC
Chuck Palahniuk (W), Duncan Fegredo (A/Cover), Lee Bermejo (A), Alise Gluŝkova (A), Kirbi Fagan (A), Marc Scheff (A), Steve Morris (A), Joëlle Jones (A), and Tony Puryear (A)
On sale Oct 26
b&w, 128 pages
$19.99
HC, 8 ½" x 11"
New York Times bestselling novelist Chuck Palahniuk presents Bait: Off-Color Stories for You to Color, his first ever coloring book for adults. Bait is both the coloring book debut and the second short story collection for Palahniuk, author of Lullaby and Fight Club.
Palahniuk invites readers to collaborate on this unprecedented hardcover edition: “Maybe between your colors, the artists’ designs, and my stories we can create something that endures. Something worth keeping. Let’s create a well-bound book that can sit on any shelf and be available for a new generation to discover and enjoy.”
• Contains eight bizarre tales, illustrated in detailed black and white by Joëlle Jones (Lady Killer), Lee Bermejo (The Suiciders), Duncan Fegredo (Hellboy), and more.
• Chuck Palahniuk’s first ever coloring book for adults.

anangelicmess  asked:

Alise, for the playlist thing.

THATS THE COOLEST NAME I LOVE IT 

A- All the small things by Blink 182, its a jam

L- Legit Tattoo Gun by the Front Bottoms!!

I- I dont care by Fall out Boy!!

S- See ya sucker by Modern Baseball!!

E- Everyday by Modern Baseball!!!

!!!!!

A professora da minha filha

 Capítulo 41  :

 - Quero que seja especial. – olhou para ele e colocou uma das mãos em seu rosto – Não fique chateado comigo, Arthur.

- Jamais. – alisou o rosto dela – Sei que me quer tanto quanto te quero, mas você realmente merece algo especial.

- Obrigada. – abaixou o olhar.

- Não me agradeça. – levantou seu rosto segurando-lhe o queixo – Tenha uma boa noite, querida.

- Você também. – sorriu.

Arthur foi embora e Lua deitou na cama após um banho, sentindo-se pronta para finalmente sentir-se dele por completo. Tinha algumas dúvidas, mas conversaria com sua amiga Susan, que sempre a ouvira com relação aos seus problemas e incertezas. Sonhou com aquele homem que estava lhe roubando os pensamentos dia e noite, seu namorado.

~~-~~~~

No dia seguinte, depois do almoço, Lua estava sentada no sofá com Susan, as duas comiam pipoca e assistiam a um filme. Comentando suas inseguranças com a amiga, Lua desabafou tudo que sentia para ela.

- Então você ainda não foi pra cama com Arthur? – Susan perguntou surpresa.

- Exatamente. – suspirou – Tenho medo de não conseguir ser o que ele espera. Arthur já esteve com muitas mulheres e eu não tenho experiência nenhuma.

- Ele sabe disso?

- Sabe.

- E se ele continua com você, é porque não se importa que seja inexperiente, um dia ele também foi, Luinha. – Susan comentou – Além do mais, você é linda, Arthur terá o maior prazer em te ensinar o que precisa saber. – riu um pouco – E com todo o respeito, amiga, ele é um deus!

- Tem razão. – sorriu – Ele é lindo demais!

- Então vai lá e pega logo esse homem, porque eu no seu lugar já teria feito de tudo com ele! – riu batendo palmas.

- Ei! Respeito com meu namorado! – tacou a almofada nela, mas sabia que Susan estava brincando – Além do mais, você tem o seu namorado. E falando nisso, como vão as coisas?

- Ótimas! Ontem ele me deu um sapato que eu tanto queria. – sorriu – Eu jogo umas indiretas sabe… – cutucou a amiga – Faz o mesmo! Arthur tem dinheiro pra comprar uma fábrica inteira!

- Ah, você sabe que não gosto de pedir. Até porque, gosto de surpresas. – pegou mais pipoca.

- Não sabe o que está perdendo. Meu próximo alvo é um vestido lindo que vi semana passada.

- Você é louca, Su. – riu.

Susan havia começado a namorar o homem que estava indo em seu restaurante todos os dias e que a convidara para sair. A relação dera certo e eles já estavam pouco mais de um mês juntos. Parecia que dessa vez a amiga tinha encontrado um homem do qual gostava de verdade e Lua torcia para que ela fosse feliz.

~~-~~

Durante à noite, ela jantou com Arthur no restaurante de Susan e por sorte ele gostara muito da comida, e prometendo que levaria Lua ali mais vezes. No apartamento dela, ambos ficaram abraçados no sofá conversando enquanto passava um programa na televisão.