aliceseixas

Borboleta Negra

Essa diferença me deixa louca, com raiva e muita tristeza, junto com isso vem as lagrimas, e o sonho de uma aceitação, um sonho distante e talvez impossível.  Em meio tantas criticas supostamente “construtivas” que chegam como uma facada em meu coração, volto para o meu casulo, a qual estou aprisionada a anos. Não se preocupe é tudo questão de metamorfose, a borboleta um dia vai sair de seu casulo e voar em conquista da liberdade, mesmo que pra bem longe daqui.

                                         Alice Seixas

Ultimo adeus

Lagrimas de despedida junto com uma enorme agonia, um projeto de revolta que some e logo volta. Aquele nó na garganta sinto minhas pernas bambas. Difícil aceitar a realidade, sinto falta da doce e velha esperança de que tudo vai ficar bem. Pensando bem talvez assim tenha sido melhor, sem sofrimento, sem dor. Chegou a hora do seu descanso, espero que nunca esqueça o quanto te amo.

                                                        Alice Seixas

Ovelha Negra

Saudades dos tempos de paz se é que existiram. Meu nome é medo, meu destino sumir, o motivo? A felicidade alheia. Não veja como drama, se trata da realidade, não pertenço a esse lugar, nada aqui me pertence, meu lugar é a beira da estrada, cada mês em um estado, seguindo sempre minha caminhada. 

                                                              Alice Seixas