alfange

I do not choose to be a common man.
It is my right to be uncommon, if I can.
I seek opportunity, not security.
I do not wish to be a kept citizen, humbled and dulled by having the state look after me.

I want to take the calculated risk;
to dream and to build, to fail and to succeed.
I refuse to barter incentive for a dole.
I prefer the challenges of life to the guaranteed existence;
the thrill of fulfillment to the stale clam of utopia.

I will not trade freedom for beneficence nor my dignity for a handout.
I will never cower before any master nor bend to any threat.
It is my heritage to stand erect, proud, and unafraid;
to think and act for myself, enjoy the benefits of my creations
and face the world boldly and say:

This I have done.

—  Dean Alfange
O segredo do amor
—  O segredo do amor é a androgenia: somos todos, homens e mulheres, masculinos e femininos ao mesmo tempo. É preciso saber ouvir. Acolher. Deixar que o outro entre dentro da gente. Ouvir em silêncio. Sem expulsá-lo por meio de argumentos e contra-razões. Nada mais fatal contra o amor que a resposta rápida. Alfange que decapita. Há pessoas muito velhas cujos ouvidos ainda são virginais: nunca foram penetrados. E é preciso saber falar. Há certas falas que são um estupro. Somente sabem falar os que sabem fazer silêncio e ouvir. E, sobretudo, os que se dedicam à difícil arte de adivinhar: adivinhar os mundos adormecidos que habitam os vazios do outro.
- Rubem Alves
diário de bordo parte 3

Pra minha sorte, essa noite Drogon deixou a gente acender a fogueira, ele realmente é um lider muito bom, aquele primeiro dia senti mesmo que não podia confiar nele, mas depois que contou que era a Cat tudo ficou diferente, e eu senti que tudo que a gente fez de errado não importava mais. 

Só importava que estávamos todos juntos agora. 

Jolly é muito bom com crianças, ele não fala muito pra não gaguejar, mas quando esta tudo bem gagueja bem menos, Drogon passou um cursinho de espada pra gente também, ele disse que alfange é pesado então temos que ter movimentos precisos. Eu e Jolly ficamos meio de lado no grupo… então treinamos juntos quando Kraken esta dormindo e Jack cuida dela pra gente. Ele é um cara legal, mesmo sendo meio folgado. 

Bem folgado. 

Roara as vezes sai pra caçar e Jolly vai com ela, eu e Kraken ficamos no acampamento vendo Drogon treinar ou olhando pra cima, não temos brinquedos nem nada pra crianças, então ficamos olhando pras estrelas ou pras nuvens, acho que ela gosta do balanço do cavalo. 

Vou precisar achar uma tripulação quando nos separarmos, não quero, mas… acho que não pertencemos ao mundo da terra firme mais. 

Estávamos todo em volta da fogueira aquele dia, drogo treinando contra 7 inimigos invisíveis, roara usando uma pedra pra afiar o machado. Bloom passava a maior parte do tempo com Drogon, então estava só olhando pra ele. Jack também, eles competem em tudo que é coisa, até respirar enquanto olham pro Drogon com desejo, é basicamente o que os dois fazem o dia todo. 

Tentei quebrar o silencio…

-Então.. você aprendeu a lutar aonde? 

Fuga

Os três guardas a frente andavam com a mão no cabo da espada, e apesar de ainda esperarem o comando para entrar, um deles põe o pé, e mal faz isso uma flecha zune e se finca em seu ombro o derrubando. Ele grita de dor e os outros dois ficam alarmados. Então um vulto surge de trás de caixas e sombras pulando em cima de um deles que consegue sacar a espada a tempo de se proteger do alfange de um pirata. Drogon faz o mesmo, surgindo das sombras contra o seu helmet guy, que por sorte consegue tirar o corpo e ainda com metade da espada na bainha por puro reflexo se protege do golpe.

Jack aproveita a situação surpresa e saca a adaga e vira a mão em um golpe contra o olho do homem que o segurava, mas a posição o faz errar, e invés de furar o olho faz um corte ao longo do rosto dele, que larga a(o) dolorido Jack que cai ai chão.

- Puuuta! Emboscada! Emboscada!

Grita o guarda com uma mão no rosto que sangrava e o impedia de usar um olho, a outra sacando sua espada.

Fuga

Crow salta do cavalo em movimento e aterrissando de mal jeito com a perna de pau cai e rola, mas logo consegue se levantar e começa sua corrida desengonçada e mancante em direção aos amigos lá atrás. Cuidado com as flechas. Drogon também resolve voltar e puxando as rédeas dá meia volta em direção ao grupo sendo atacado, mas ainda estão longe, mas já ultrapassa Crow.

Infelizmente o katar não funciona tão fluido como um machado nas mãos de um bárbaro, e o guarda montado facilmente se defende. O outro salta do cavalo caindo em cima de Jolly. O pirata saca seu alfange e com dificuldade ainda no chão faz o que pode para se defender. Mais atrás estava o terceiro guarda montado, sua cota de malha reluzia ao brilho da lua, e ele estava carregando um arco.