ailaoliveira4

Carta esquecida e conjuntamente encharcada de lágrimas, para alguém considerado demais pelos limites do coração, e que não é de mesma forma entendido.

E num caminho longo, cansativo e indiferente, inúmeras vezes pensei em desistir. Desistir da alegria da vida, da tristeza que se transformava repentinamente em felicidade, das esperanças que se armariam em meu peito … simplesmente decidi desistir. Costumam dizem que os sofrimentos das pessoas lá fora são maiores que os nossos, mas não há motivos para comparar, pois aquelas que choram em meio ao breu são as mesmas que riem e compartilham uma forçada delicadeza a todo instante. Havia desistido de encontrar alguém que me entendesse, que me completasse afinal e que acima de tudo não me julgasse por atos incertos. Acostumei-me com o segundo lugar com uma força abalavelmente estridente, algo imposto pela vida, sem objeção sequer definida ou qualquer questionamento prévio. Havia desistido de ser única, de ser feliz desde então, pois nada pesava mais do que a dor de não ser o suficiente para meus amados. Assentada na estrada que dava para solidão, cheia de lágrimas aos olhos, cheia de raiva de minha imagem, notei uma aproximação iminente, um delicado e agridoce mistério, uma flor que de tão clichê conseguiu tirar-me da sujeira, das traças. Ela foi capaz de me levantar com sua alegria e disse-me que estaria sempre ao meu lado, para as maiores bobeiras existentes. Tornou-se amiga, confidente, companheira, “amante das desvantagens” e todo um conjunto de beleza e harmonia que nunca havia sequer imaginado. Me mostrou lugares, montes, barreiras, belezas num lugar existente dentro de mim, que nunca havia enxergado, trouxe-me uma paz e uma confiança tão grande que de tão forte me faz chorar e lamentar por não tê-la descoberto antes. Só de pensar em magoar ou perdê-la, meu coração se enche de uma agonia tão grande, e as lágrimas escorrem por sobre minha face de maneira involuntária, incomum. Querendo ou não, sou dependente de sua alegria, de sua infantilidade, não posso vê-la chorar, meu coração vaza de tanto desespero, tanto horror. Sim, ela me reergueu, e agora, com lágrimas aos olhos, posso dizer que quero seguir até o final dessa estrada ao seu lado, segura em tuas mãos minha confidente mais fiel, para todo o sempre, ou até quando o infinito durar.


Aíla❈Oliveira   para a pessoa mais linda do mundo.