aguentou

E eu pensava que não precisava mais de você, doutor.

Pois é, eu tenho um limite. Assumo isso. Eu tenho um limite e ele fica bem perto de onde tudo começa, não aguento muita coisa não. O detalhe é que ninguém ver isso, ninguém sofre a explosão comigo. Nunca tem alguém para segurar a minha mão. Ninguém entende, ninguém me nota. Outro detalhe é que a explosão me dilacera toda e nesses momentos me vejo capaz de chorar sangue, porquê realmente me rasga de dentro pra fora. Vejo-me diante do abismo que sou e só queria poder me jogar daqui, sair de dentro de mim e correr até encontrar algum braço que aguente o peso que sou, que aguente essa tormenta toda

suportamor || tu suporta?
Tchau querido!

Tínhamos tudo, tudo o que um casal precisava para ser feliz. Tínhamos tantos planos, guardados à sete chaves para que ninguém pudesse invejar e quem sabe um dia realizá-los, não deu tempo. Tínhamos o dia e as vezes até à noite inteira ao nosso favor, infelizmente não foi o suficiente para que fizesse você ficar. Tínhamos muito amor, mas como nem tudo é um mar de rosas pude descobrir que só era da minha parte, amar não é tão simples quem dirá amar por dois. 

Tínhamos o principal de tudo, um ao outro, e o resto não tinha tanta importância assim, mas volto a dizer não existe amor no mundo que aguente sustentar dois corações, pior ainda quando o outro não está na mesma frequência que o seu. Tínhamos tudo, e você preferiu ir buscar outros amores - achando ser amor - e não pensou no que pudesse acontecer, só pensou em si próprio, nas suas vontades, nos seus desejos, nas suas tentações que na verdade só escancararam o teu verdadeiro caráter, que há tempo estava escondido sem que ninguém percebesse o quão baixo alguém pudesse ser. 

Sinto em dizer, cuidado com a Lei do Retorno pois não costuma falhar, já ouviu dizer que tudo o que vem fácil vai fácil? Pois é querido, cuidado com quem tu anda se esfregando pelas esquinas, pode sem querer encontrar o seu clone em forma de mulher em busca de aventuras sendo ambos comprometidos, e cuidado o companheiro  do seu clone pode estar passando pelo mesmo e não ter a mesma paciência que tive. Tínhamos tudo e você preferiu não ser nada, nada além de uma pedra no caminho que já chutei para bem longe sem ao menos dar aquela olhadinha para trás. 

Difícil é lembrar que valorizei cada gesto teu, afastei amigos que queriam me ver bem e olha só no que deu? Agora é tarde para pedir desculpas! Poderia ter pensado antes e só se arrependeu quando foi descoberto, caso contrário estaria tudo numa boa e eu estaria sendo enganada novamente, te digo que não mais. Tchau querido, passar bem!

Crontol

A Ana quer meninas fortes ao seu lado! Que aguente horas ,dias de Nf e que sabe que se comer irá engordar e ficar feia , pretty girls dont eat. A Ana ta treinando largatas para serem borboletas e voarem leve por aí se você quer virar uma borboleta então venere a Ana , Não coma! Seja forte e acima de tudo acredite no jejum eterno.

Originally posted by goalskinnyperfection

Eu não faço a menor ideia do que vejo em você, mas também não faço ideia do que não vejo. Eu posso dar para um cara mais gostoso, como de fato já fiz milhares de vezes. Mas por alguma razão prefiro suas piadas velhas e seu jeito homem de ser. Você é um idiota, uma criança, um bobo alegre, um deslumbrado, um chato. Mas você é homem, você é pai, você é chefe, você segura o tranco da vida. E talvez seja só por isso que eu ainda te aguente: você pode ter todos os defeitos do mundo, mas ainda é melhor do que o resto do mundo.
—  Tati Bernardi.
Ela me falou que estava me deixando. Não entendi muito bem a razão, e também não perguntei. Se você não quer saber a verdade, faça como eu, não pergunte. Apenas abra caminho, sorria e aguente o tranco.
—  Gabito Nunes.
Então você retorna. Retorna e me desarma. Minha cara amarrada se desfaz, o nó se desfez, em laço se transformou. Você volta, e com isso minha única certeza prevalece: a que nunca vou deixar de te amar. Sua voz é música que eu deixo no repete, e ouço sem me enjoar. Sou pedra. Mas com você, me transformo em flor. O coração calejado renasceu, a decepção já removi. Dos vestígios de ilusão, já me livrei. Você retorna, e me faz voar novamente como uma águia, que necessita entrar num buraco sem fundo para se refazer, foi assim comigo também. Você foi embora, e eu resolvi me refazer. Cavei um buraco fundo, e fiquei por lá. Me joguei contra a parede, chorei, troquei minhas asas, minhas penas, meu bico, meu coração. Esfriei. Mas ai você surge e me ergue sua mão. Não tem águia que aguente, resolvo voar com você então. Você me faz sobrevoar em lugares inimagináveis. O amor tem dessas, te fazer tirar os pés do chão. Me reergo toda vez que você volta pro meu abraço, teu lar. Eu sou tua águia. Não me permita cair no chão de novo, por favor, meu amor.
—  Bem vindo, amor. 
Agora mesmo ele deve estar com outra garota, mas e daí. Não estou pensando no quanto era bom acordar e vê-lo pedir para dormir mais cinco minutos, e deixá-lo dormir sem reclamar, porque ele não sabia como se tornava irresistível com os olhos fechados e o rosto calmo - ou sabia, e usava a seu favor. E em como era bom passar esses não exatos cincos minutos olhando aquele cabelo bagunçado, e as sobrancelhas que se franziam com pequenas sequências e longas pausas, que davam a entender que continuaria incrivelmente bonito mesmo tendo pesadelos enquanto sonhava. Pois é, tinha certeza de que seria capaz de me acostumar a ver essa cena se repetir por toda a vida. E é claro que a vida podia acabar amanhã, que seja. Só queria ter isso até o fim. E de fato, eu tive até um fim. O nosso fim. Respira, seja forte, menina. Já aguentou coisas piores. Faz parte não dar certo, está tudo bem. Amanhã nem vai mais querer isso tanto assim. Respira, respira.
—  Os porquês de Amélia Roswell.

Meus amigos não querem mais sair comigo. E eu entendo todos eles. Eu também não me levaria para jantar. Eu não me pagaria uma cerveja, nem ao menos um pingado na padaria mais próxima. Eu não dividiria um lugar no trem para não correr o risco de ser meu ombro-amigo. Eu não perguntaria “o que foi?” para não suscitar nenhum principio de desabafo cansativo e regado de culpas e sofrimentos. Eu também não suporto os neuróticos. E todas as facetas, e vícios, e pseudo piadas que não valem uma preciosa noite de folga. Eu não me daria um colo para chorar. Porque sei que – ao supor pelas últimas crises e pela grande ausência – não ter um corpo que aguente a minha massa. A minha falta de concretude. O meu querer compulsório e a minha indecisão. Por isso eu entendo que os telefones tenham ficado mudo de repente, e as portas permanecerem fechadas. Eu só queria que fosse fácil comigo também. Não existe um jeito para mudar de si mesmo e só voltar quando tudo estiver no eixo. Não existe um jeito de fugir de si.

Luan Santana

Mas aconteceu, foi mais forte que eu e você…

Quer que eu faça um café? Ou faça minha vida, se encaixar na sua?

Era pra ser agora, quando é pra acontecer, tem dia, lugar e tem hora.

Eu tô com saudade do nosso beijo gostoso.

Sem querer querendo eu te liguei, discou sozinho!

A sua boca vale o preço pra perder o sossego que eu tinha!

Se tá pensando isso, por favor não se ilude…

A lua até beijou o mar, pra não ficar de vela.

Eu, você, o mar e ela.

Meu coração não aguentou, juro…

Mas foi só te ver, caiu a ficha do quanto eu te quero.

Que recaída, eu tô falando sério!

Seja onde for, eu tô aí, mesmo sem estar.

Quando anoitece lá fora, aqui dentro faz tédio!

Quanto tempo demora, pra eu poder ficar louco.

Mas pra ser feliz, preciso de uma razão e o motivo é você!

Sempre foi você, o fantasma do meu coração…

Enquanto eles tão indo trabalhar, a gente faz amor gostoso de novo.

Aonde foi parar o seu juízo!

 eu sei muito mais do que você imagina…

Vê se para de falar e vem fazer!

Me põe nos seus planos, da meia noite.

Venha como um arco írism, me cobrir da tempestade.

Tô juntando grana pra voltar no mês que vem…

Princípio de amor, e o padre da cidade diz que a gente combinou ♥

Amor de interior, no interior do peito já bateu, saudade!

Não foi por acaso, que a gente se escolheu em meio a multidão…

São sotaques diferentes, mais é só um coração ♥

Me apaixonei por um geminiano.

Eu tentei te entender, tente te decifrar, tentei te aceitar do jeitinho bipolar que você é, tentei não ficar magoada pelas horas que você demora pra me responder, tentei não perder a fé em nós, em você. Mas moço, não há esperança que aguente a tortura que é ficar nesse talvez em que você me deixa. Estou sendo obrigada pelo amor próprio á por um fim nisso, seja lá o que for, não sei porque uma coisa que tinha tudo pra dar certo deu errado, talvez seja o fato de que você me tem fácil demais e bom, você adora ser pisado, ser ignorado e ser tratado mal, é só pisar que você gama mas eu não sou assim e interpretar esse papel, pra mim não vale a pena. Sinto muito por ter me deixado levar, por ter me esforçado tanto por uma coisa que eu sabia que nunca teria futuro porque eu e você somos de mundos completamente diferentes, e eu estava disposta a entrar no seu mundinho de balada todo dia mas você não estava disposto a amadurecer, nem por você e muito menos por mim. E eu sinto muito porque eu vejo coisas lindas na sua alma enquanto você tenta esconder.