adpg

É só.. Difícil. Eu quero ter algo que não posso, te manter de uma forma que não consigo.. Parece que tudo o que eu posso fazer é te ver seguir em frente. E eu só queria estar com você. Nem que seja pra dizer “vai, você consegue”. Eu realmente só queria poder olhar pro seu rosto e sorrir, mesmo que seja diferente de antes. Eu queria poder te ver de longe e não ter que desviar a cara, e ficar olhando estática para o chão, pensando em tudo o que houve. É estranho. Eu só queria te ver rir de novo, e esquecer todo aquele papo de “você foi embora, você vai me deixar”. Porque você estaria aqui, igual eu sempre imaginei que seria. Talvez não da forma que eu imaginava antes, porque aconteceu tanta coisa.. Mas eu não sei. Não importa o que as pessoas me digam. Tanta gente me falou tanta coisa.. E mesmo assim, ninguém conhecia você como eu. Ninguém vai sentir sua falta por mim.. Nenhuma das pessoas que disse “siga sua vida” sabe como é ter que te esquecer, te apagar. Ninguém sabe… E eu queria não ter que saber como é também. Eu te disse, eu não vou te esquecer. Um pouco de você vem comigo, e um pouco de mim vai com você. E parece que eu só queria esse meu pedaço de volta, sei lá. Só queria não ter que transformar você em lembrança. Eu disse a mim mesma várias vezes que eu conseguiria, que daria tudo certo.. Eu sei que não estou sozinha, tenho plena certeza. Mas eu não entendo porque eu sentiria falta de uma única pessoa, estando rodeada de várias que eu gosto. E é exatamente o que vem acontecendo. Eu começo a achar que minha única opção é sentar, e esperar que aquilo que as pessoas chamam de “superação” chegue.. E enquanto ela se demora, eu vou aguentando, e aguentando, e aguentando…