adoravelperfeicao

Oi, “gêmea”! Lembra de como me conheceu? Eu sei, nós nos lembramos muito bem. Você era a pessoa mais doce e gentil que eu tinha conhecido, e eu gostava disso, por isso você era uma das únicas pessoas que eu chamava de melhor amiga com toda a certeza que as palavras eram verdadeiras. Mas as coisas mudaram muito, e a garota gentil, educada e louca que eu conheci também mudou, e sem motivo aparente. Eu sei do quanto você sofreu com seu ex-namorado e com a morte do seu pai, mas não era motivo para tanto … Lembro da primeira vez que te vi esse ano e quase não te reconheci mais. Além de tudo, sei que você não é isso que você quer que as pessoas vejam, uma rockeira drogada, não tem coragem nem mesmo de experimentar orégano. Lembro da primeira vez que me chamou de poser de Jogos Vorazes, quando na verdade quem se tornou poser foi você, fingindo ser algo que não é. Você se tornou exatamente o que diria que nunca seria: falsa, mentirosa, egoísta. Incrível como foi capaz de inventar uma outra história da sua vida, tudo pra entrar na modinha escrota de que sofrer é legal. Eu sinceramente nunca pensei que a pessoa que eu mais confiava fosse se transformar nisso. E com o tempo, vi quem eram os verdadeiros e os falsos … Infelizmente não consigo mais te ver como aquela melhor amiga …