acredit

tô te escrevendo de novo pra contar das vozes. outro dia me perguntaram porque eu escolho pensar coisas ruins. eu queria dizer que não era de propósito sabe? é como se tivessem esquecido um rádio dentro da minha cabeça, programado na estação paranoia.

não é bem que eu não acredite em todas as palavras que me dizem, mas as vezes as coisas são confusas dentro de mim. na verdade eu me esforço pra acreditar, pra não deixar coisas irracionais interferirem na minha vida. só que é como um relógio batendo dentro de mim e eu posso escutá-lo. “não faça isso” “não é bem assim” “ele tá mentindo” “cuidado com isso” “tá sendo enganada” tô?

a dúvida é uma tortura. a dúvida auto-infligida é uma atrocidade.

mas eu te juro, não é por querer não é por não acreditar ou desconfiar. é só aquela vozinha chata repetindo insegurança.


meu coração é uma rosa congelada na nevasca.

A dor resolveu fazer de mim a sua morada levando uma pequena parte do que era conforto. Um simples ato fez com que se instalasse um caos em meu peito: o vermelho da sua boca borrou uma outra e foi como se o outono estivesse chegado à tona para derrubar as folhas da minha primavera. A minha tarde naquele momento veio morro abaixo! Acredite, eu nunca me senti tão fraco e impotente como antes. Mas é porque eu te amo, meu bem, o coração ainda acelera quando te vejo de longe, não escondo a minha felicidade ao ir a teu encontro e os meus olhos insistem em brilhar quando veem você sorrindo, no entanto, penso ser a pior companhia para ti. Porque sou como poesia mal rimada, interpretação de difícil entendimento. Como a melodia que se toca, envolve em primeiro momento, mas logo cai no hábito entre os sentimentos e deixa se ser tão intenso dentro do coração das pessoas. Em todo caso, se voltar a passar por aqui, posso ser o inverso das coisas que antes fui, porquê quando você chega renova cada parte de mim.

esse vai pra todas as pessoas da minha vida. pra cada um que foi, que não fica, que vai chegar. é pra você que lê e não me entende porque eu sei, acredite, eu sou mesmo tão difícil que chega a dar nó entre neurônios. eu escrevo esse chorando, sem motivo e com todos os motivos do mundo. dá pra acreditar? eu que sempre me mostrei tão forte lá fora, agora desabando. eu que em 2010 lia o salmo 91 antes de dormir. eu que quando criança perdi o medo de andar de bicicleta só porque odiava rodinhas. eu que chorei escondida de noite no chuveiro no fim do mundo na rua sem saída que eu era. eu que caí, tropecei, continuei errando e ainda erro. eu escrevo com vírgulas fora do lugar, no sopro, na fala travada, no aumento da dicção. esse vai quem tentou me amar, pra quem desistiu, pra quem ainda vai ter coragem um dia de me fazer perder o medo. esse é pra quem eu deixei. pra quem eu ainda irei deixar. esse é pra mim. é sobre eu ser culpada. devorada. mastigada pelas minhas falhas. vencida pelo desespero. isso é sobre acordar e querer voltar a dormir. é sobre querer fechar os olhos e não abrir mais. é sobre os meus sorrisos desvanecidos no porão. sobre as janelas que eu tranquei e perdi o ar entrar. isso é sobre a parte de mim que evapora e não volta mais, e causa um aperto no peito e dá uma vontade louca de gritar. e viajar pra outro país. atravessar oceanos inteiros e me perder. isso é sobre eu não ser casa ninguém porque eu não moro em mim e nunca morei. é sobre sair do que eu sou porque eu não aguento. é sobre correr milhas só porque eu tenho esperanças de nunca precisar voltar. esse é pra quem bateu a porta e não olhou pra trás. é pra quem tentou abri-la e eu não deixei. é sobre o escuro no silêncio que eu disse precisar. é sobre os olhos vendados que eu dizia me proteger. é sobre ter medo de outros olhos porque me olhar em outro alguém é difícil demais e ainda dói. isso é sobre escutar “promise” e me ver no chão, em pedaços que não me fazem pessoa nem matéria enquanto escuto alguém dizendo ‘and meet me there, with bundles of flowers’. isso é sobre esse buraco dentro do peito. essa ânsia de sair por aí vestindo certezas quando eu não sei absolutamente de nada. isso é sobre me sentir sozinha, ás vezes. sobre tocar mas não sentir. isso é sobre desejar não lembrar. porque lembrar, lembrar faz tudo fica maior. 

Não acontece na hora que você quer? Deus mostrando que os céus não se movem por ansiedade, mas por fé. Acredite mais na sua oração, confie mais no caráter de Deus. Descansa e vai viver!

anonymous asked:

Suicídio é uma boa opção quando não se vê mais graça na vida?

Vai pra igreja, lá você vai encontrar a verdadeira “graça” da vida. Sei que várias infelizmente são corruptas, mas, é onde você pode ter um auxílio, conhecer melhor da palavra de Deus. Caso você não acredite em Deus, converse com pessoas próximas, que te amem, relate seu desanimo, elas vão te ajudar. Eu não tenho religião e é muito raro eu ir em igreja, apenas acredito em Deus. 

Deus sempre tem um jeitinho de te lembrar que ainda está com você e vai permanecer sempre. Acredite meu bem, quando Deus fala, tá falado. Descansa esse coração n'Ele.
-Acredite, as coisas começam a dar certo na sua vida, quando você fecha os olhos, conversa com Deus e deixa de dividir seus planos futuros com tantas pessoas.
Não tome decisões precipitadas, não se apresse, não seja ansioso.. O sonho é seu, mas o tempo é de Deus, a espera pode ser dolorosa, mas a conquista é bálsamo para o coração, ainda que ninguém acredite mais em você, espere com paciência…. O que é seu te encontra…
—  Cecilia Sfalsin
Tentar abafar minha carência e sensibilidade não tem sido fácil. Por trás de toda ferocidade em mim exposta há alguém que grita por atenção em meio ao silêncio ensurdecedor. Acredite, cada sorriso que dou é uma superação, demonstrar estar feliz mesmo quando por dentro tudo desaba numa velocidade devastadora, tem sido minha maior batalha.
—  Jhonata Riscovisk.
Status: Variedades.

Por favor, espalhe amor, porque de dor e sofrimento, o mundo já está cheio. 😔❤️

É assustador abrir seu coração para alguém. 😨🙈

Ela já aprendeu que todo amor pode acabar, menos o próprio. 💁🏼💋

Ser segunda opção? Só se a sua primeira for Deus, meu querido. 😌💋

Entenda, eu não preciso de macho pra nada nessa vida meu bem! 😏👎🏻

Se não houver reciprocidade, pratique o desapego. 👌😁

Apenas acredite que amanhã pode ser melhor que hoje. 😉🙌🏻

Moça, rema para a fé e deixa teu barquinho nas mãos de Deus. ⛵🙏🏻

Me abraça e me beija, que eu tomo conta de você. 💏❤️

Mirando o céu, mas sempre com os pés no chão.😌🙌🏻

Deus fará de cada lágrima, um sorriso sincero. Acredite! 🙏🏻✨

Sei que Deus tem o melhor pra mim. 🙏🏻❤️

Deixa ela chorar, deixa ele sofre. Deixa ele saber que tô curtindo pra valer. 👯😏

Não era amor, era cilada. 😔💔

E mais uma noite fui dormir acompanhado da saudade. 😑👎🏻

Quem não sabe cuidar não merece ter. 😉✌🏻️

Das coisas que eu mais gostava, era encostar minha alma na tua. ❤️👫

Depois da tempestade flores voltam a surgir. 🌸🌿

Ela exala energia positiva. 🌻✌🏻️

Quem muito passa o rodo, uma hora ou outra vira pano de chão. 😂👌🏻

A gente todos os dias arruma os cabelos: por que não o coração? 🤔✨

Quem é esquecido uma dia também aprende a esquecer. 🙌🏻😋

Cuidado com as voltas que o mundo dá. Hoje você lança as palavras, amanhã sente o efeito delas. ✌🏻️💁🏼

Se gostar ou pegar dê LIKE/REBLOG no post.
Você cresce. Suas roupas ficam menores, as ofensas já não acertam na mesma intensidade. Você expande seu campo de visão, e enxerga tudo o que não passava de um grande nada. Os dias passam, problemas aumentam, e o tempo se reduz. Responsabilidades, contas, horários, prazos, preocupações, e finalmente, a tão sonhada independência. Você cresce, as piadas tornam-se cansativas, as histórias entediantes, as pessoas irritantes, os amigos antigos vão sumindo aos poucos por estarem crescendo também. Você cresce, e ironicamente se sente menor, a rotina te aperta, e saudade te engole. Todo mundo cresce, e a maturidade tem um preço, quem diria que ser livre pode custar a liberdade? Te obrigam a voar, enquanto seguram suas asas. Amadureça, mas não cresça antes do tempo. Aproveite sua juventude, e acredite, crescer tem lá suas desvantagens.