acesas

Ela era engraçada. Sempre teve medo do escuro, na casa dela, sozinha, todas as luzes ficavam acesas. Era quase um pavor, ficava aos gritos se algo acontecia e tudo ficasse escuro. Me ligou várias vezes, soluçando de tanto chorar de medo, quando faltava energia. Mas quando dorme comigo, me abraça, fecha os olhos e não se importa se está escuro ou claro. Simplesmente fica ali, e fica bem.
—  A culpa é mesmo das estrelas? 
Sabe quem eu sou? Sou aquela que escuta The Scientist do Coldplay e chora por ainda gostar de você. Continuo sendo aquela garota boba de dois anos atrás, que apesar de ter o coração partido diversas vezes, ainda se importa com você. Sou aquela que tem fé, que ainda tem esperança acesa de que você vá voltar logo após a sua partida.
Sou o seu porto, ainda esperando o momento em que você vá ancorar o seu barco definitivamente no meu cais.
—  Gabriela.
Ainda que você se sinta esquecido, Deus nunca te esqueceu. Ainda que o seu problema tenha ofuscado a sua visão, olhe para Cristo. Olhe para Ele, veja a cruz, veja a humilhação que Ele passou e veja também a Sua ressurreição. Através disso Ele te diz: olhe para Mim, fui humano como você, estive sujeito as mesmas coisas que você é sujeito mas veja, e as venci e você também pode vencer, sabe porque? Porque Eu estou contigo!

Lâmpada acesa

Não precisa me lembrar, não vou fugir de nada. Sinto muito se não fui feito um sonho seu. Mas sempre fica alguma coisa, alguma roupa pra buscar, eu posso afastar a mesa quando você precisar. Sei que amores imperfeitos são as flores da estação. Eu não quero ver você passar a noite em claro, sinto muito se não fui seu mais raro amor. E quando o dia terminar, e quando o sol se inclinar, eu posso por uma toalha e te servir o jantar. Sei que amores imperfeitos são as flores da estação. Mentira se eu disser que não penso mais em você, quantas páginas o amor já mereceu. Os filósofos não dizem nada que eu não possa dizer. Quantos versos sobre nós eu já guardei. Deixa a luz daquela sala acesa e me peça pra voltar.
—  Skank.
Eu não posso ficar sem você, porque tudo sem você é escuridão. E o incrível é que desde criança eu gostava de dormir com a luz acesa.
—  Vercitario.
Tempo Perdido
  • Tempo Perdido
  • Legião Urbana
  • Como é que se diz Eu Te Amo
Play

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo

Todos os dias antes de dormir
Lembro e esqueço como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder

Nosso suor sagrado
É bem mais belo que esse sangue amargo
E tão sério, e selvagem
Selvagem, selvagem

Veja o sol dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega é da cor dos teus olhos
Castanhos

Então me abraça forte
E me diz mais uma vez que já estamos 
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo

Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes acesas agora
O que foi escondido é o que se escondeu
E o que foi prometido, ninguém prometeu

Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens
Tão jovens, tão jovens

by Renato Russo

Por que há tão poucas pessoas interessantes? Em milhões, por que não há algumas? Devemos continuar a viver com esta espécie insípida e tediosa (…) O problema é que tenho que continuar a me relacionar com eles. Isto é, se eu quiser que as luzes continuem acesas, se eu quiser consertar esse computador, se eu quiser dar a descarga na privada, comprar um pneu novo, arrancar um dente ou abrir a minha barriga, tenho que continuar a me relacionar. Preciso dos desgraçados para as menores necessidades, mesmo que eles mesmos me causem horror. E horror é uma gentileza.
—  BUKOWSKI, Charles. O capitão saiu para o almoço e os marinheiros tomaram conta do navio.