Sussurro

Os olhos dele eram como órbitas negras. Absorviam tudo e não devolviam nada. Não que eu quisesse saber mais sobre ele. Se não gostei do que vi por fora, duvidava de que fosse gostar do que espreitava lá no fundo. O único porém é que isso não era bem a verdade. Eu adorei o que vi. Estava difícil convencer mim mesma de que deveria ignorar algo que já começava a parecer irresistível.
—  Sussurro