Rugido

O ser humano é o único que se falsifica.
Um tigre há de ser tigre eternamente.
Um leão há de preservar, até a morte,
o seu nobilíssimo rugido. E assim o sapo
nasce sapo e como tal envelhece e fenece.
Nunca vi um marreco que virasse outra
coisa. Mas o ser humano pode, sim,
desumanizar-se. Ele se falsifica e, ao
mesmo tempo, falsifica o mundo.
—  Nelson Rodrigues