Rubro-Negro

Bio - Flamengo

Acima de tudo rubro-negro, amor maior não tem igual.

Sou flamengo com muito orgulho e com muito amor.

Eu sou flamengo de corpo, sangue, alma e coração.  

Meu sangue é rubro-negro, clube de raça e conquista.

Teu manto é minha pele no meu peito tem teu escudo.

Meu mengão, quero cantar ao mundo inteiro a alegria de ser rubro-negro.

Flamengo sempre, eu hei de ser.

Uma vez flamengo, sempre flamengo.

Uma vez flamengo, flamengo até morrer.

Teria um desgosto profundo, se faltasse o flamengo no mundo.

Quando a raça canta, galera se levanta, só dá mengo.

Eu sempre te amarei, onde estiver estarei. Oh, meu Mengo!

Tu és time de tradição, raça amor e paixão. Oh, meu Mengo! 

Simplesmente porque a vida não lhes permite com a mesma frequência estar do lado de quem assiste o milagre. Rubro-negros estão quase sempre sendo parte dele.

Tem gente que não acredita em milagres. E tem gente que torce pro Flamengo.

—  RicaPerrone

Quem me conhece sabe que depois de Zico, você foi o cara que mais conseguiu me emocionar vestindo esse nosso manto. Digo “nosso” pois sei que o sentimento de 40 milhões de rubro-negros é compartilhado por você também. Não tenho muito o que dizer, é difícil escrever qualquer coisa que se relacione a sua despedida. Ainda não acredito que você realmente vai embora, a ficha não cai de jeito nenhum. Não iria me pronunciar sobre o assunto, mas mesmo que você não vá ler isso, preciso agradecer. Me faz muito feliz saber que você se preocupa com nossas cores tanto quanto nós. Então obrigada por toda a garra, suor e raça. Obrigada pelos gols, pela dedicação, por sua entrega total ao Flamengo. Me faltam palavras, mas obrigada principalmente por ter sido jogador e torcedor todo esse tempo.

Fernanda Barreto, adm.