Penso em você quando acordo e penso em você antes de dormir.
Quando você me teve dessa maneira? Foi tão rápido que nem vi… Chegou de mansinho com seu jeito brincalhão e canalha e BUM! Roubou meu coração.
Confesso que fiquei com medo quando te contei isso, mas ai você me disse: Meu amor, eu a recém roubei o seu? Porque você já roubou o meu faz um tempinho.
Alma ou pinga.

Foi na enciclopédia que eu li tudo o que eu tinha que saber e uma herança eu ia recolher, mas antes tinha que ir no bar do sapo, então juntei umas moedas e fui beber, foi uma, foi duas, foi trés, foi seis doses de tequila e muito mais, com um poker e umas mulheres de satanás, foi ai que percebi que a conta ficou grande e o dono do bar disse que eu ia morrer.

Corri para minha casa e minha mulher estava acordada, fui mexer na bolsa dela e quase levei bala, com alguns trocados e embriagado eu me encontrava, fui para o cemitério procurando a tumba do meu coroa, pois um dente de ouro ele tinha, mas com a cachaça na cabeça eu escorreguei e rolei, quando eu levantei desisti de procurar e chamei o cão para me ajudar.

Então satanás veio falar comigo e me disse “Cê vai queimar no inferno meu filho”, no inicio banguei o sobrio e disse para ele chutar o rabo e cortar o chifre, que a minha alma ele só levaria se me ganhasse em um duelo, ele com o enxofre e eu com a cachaça, eu não queria perder nada, logo cai desmaiado, tinha acabado de fazer um trato com o diabo, minha alma pelo dinheiro do álcool.

Logo não tinha mais dividas do bar, então fui la beber ha espera do capeta, mas se passou dias e assim descobri que vendi minha alma por troco de pinga, mas o diabo foi mais esperto ainda e não me chamou, ao invés disso ele me deu um pequeno demônio, meu pequeno demônio, que se liberta quando eu bebo e demora para voltar a coleira, assim quando volta, eu tenho tanta coisa para desfazer, pelo menos ele podia ter simpatia e boas maneiras, mas nem isso ele contem, nunca o vejo, mas quem já viu, diz que é a cara do pai, meu pequeno demônio, inseparável e companheiro eterno, vamos indo, lado a lado, caminhando para o inferno.
Então eu peço que esvaziem meu amario, guardem uma garrafa para o caso de eu voltar, peguem cada disco meu e tendem encontrar o dono, façam o mesmo com os livros, mas não me perguntem como, não raspem minha barba porque talvez ela ainda cresça, se eu tiver dinheiro gaste antes que ele desapareça, avisem la no sapo que eu não vou pagar a conta e por fim, não me esperem sexta feira, mas bebam por mim, até que eu saiba como é que se sai desse inferno

Amaryllis

Para:noir/D.I.D.  

Letra e Música : Akane  

Se você gostou,apoie a banda comprando os cds http://www.cdjapan.co.jp/person/500004126

Romaji:

I sell a soul to even the devil
if it’s abtained something at the expence of something

Haigo ni tou mu to naru koe
Seijaku ni umeki chire
Nebayasanai furou no hito
Omae ga kono yo ni ikiru haji wo shire

Afuredasu kokoro ni togamu
Amaryllis
Kokoro kara nikushimi tsudzuke you
Like a flower language

Motto omoetara tsumugu kotonoha mo sayagi
「Todoku?」
Motto sakebetara…
I want to be not defeated to myself

Shigamitsuki kokoro ni togami kienai egumu AZA
Kokoro kara nikushimi tsudzuketa

Hana no uta, chuu ni mau koe
Shizumanu kaze, iro naku mata sumiwatari
I wish…
I wish so…

Tradução:

“Amarílis”

eu vendo uma alma até para o diabo
se algo for obtido às custas de alguma coisa

No fundo, uma voz que se torna inquestionável
Gemidos no silêncio, espalhando-se
Vagabundos que não crescem
Você deveria ter vergonha de viver neste mundo

Sentindo culpa em meu coração transbordante
Amarílis
Vamos continuar a odiar do nossos corações
Como uma linguagem de flor

Se eu pensar mais, as palavras que produzo também são brilhantes
“Ultrapassando?”
Se eu puder gritar mais
Não quero ser derrotado por mim mesmo

No meu coração que o leão morde, há feridas que não podem ser apagadas, meus pecados
Continuei odiando do meu coração

Um música de flor, um voz que dance pelo espaço
Um vento que não afunda, incolor e ainda perfeitamente claro
Eu desejo…
Eu desejo…

Romaji e Tradução : https://vijuarunosekai.wordpress.com/