PRONTO

Acho que a pior pancada, é a pancada da indiferença. É perceber que todo o esforço não passou de uma perda de tempo absurda, uma eternidade investida em algo que não deu certo por pura ignorância ou falta de consentimento. Dói muito olhar pra trás e ver como você costumava ser e te observar hoje e ver o monte de lixo que você se tornou. Acredite, é muito duro pra mim suportar a ideia de que estava com alguém tão vago todo esse tempo, que chorava por alguém tão vazio, tão formado de osso, carne e vento. É desesperador observar em silêncio a forma como você tenta se sair das situações, daria um ótimo ator, digno ao mais raro oscar - como uma pessoa consegue interpretar um sentimento, um alguém tão bem sem ao menos ter um script? Ou será que você sempre teve e eu nunca soube? Não sei, tudo de você sempre foi fruto de um grande mistério. É fácil demais explicar a origem dos seres humanos, quero ver conseguir explicar a existência de alguém tão manipulador. Vou sentar na mesa de um bar e pedir a um garçom um simples copo vazio como companhia para a minha refeição, é fácil te comparar a ele, assim a ausência se torna menor. Deve estar confuso ao te comparar a um copo vazio, não é? Te explico, você se diz frágil como o vidro, mas não passa de um copo de vidro de bar, daqueles que aparentam ser super frágeis, mas cai diversas vezes e não quebra, apenas deixa o líquido escapar (quando tem algum), por isso a ideia do copo vazio, não tem nada em você que possa ser derramado, você não tem nada por ninguém, você não tem nada, você não é nada, você nunca foi nada. Um brinde.
—  Tickets of Cassie, alguém como um copo de vidro vazio.

*raises hand in church* uh yeaH WHEN CAN I RUN MY FINGERS THROUGH MICHAELS HAIR ¿

¿Qué haces cuando el amor de tu vida aparece y tú estás en una relación? ¿Cómo enfrentas la pérdida de un ser querido? ¿Qué hacer cuando tu vida se desmorona y nada queda en pie? 

Catalina es una joven como muchas, salvo una excepción: nos cuenta su historia en este relato lleno de romanticismo, decisiones difíciles y muchos recuerdos.

Pronto:

“Recuerdos fantasmas”

Una historia que no te querrás perder. Lanzamiento el 31 de octubre.

Será gratuito y sólo deberás “pagar” la descarga con un post en Facebook o Twitter. ¡Quédate atento a las novedades! ¡No te lo pierdas!

Eu gosto desses amores sem métrica,
simétricos de verso decassílabo.
Amores arrítmicos,
guiados pelo acorde da liberdade.
Amores apáticos,
autofecundes dos formatos mínimos.
Eu gosto desses amores súbitos,
com o compromisso de ser apenas,
amor.
—  versografia de araque