Lutero

‘Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.’ (Mateus 20.16). Eis, portanto, o resumo desse Evangelho: ninguém está tão elevado, nem atingirá um ponto tão alto, que não tivesse que temer de vir a ser o mais baixo. Por outro lado, ninguém está tão baixo ou pode cair tão fundo que não pudesse ter a esperança de vir a ser o primeiro. Aqui fica eliminado todo e qualquer mérito e se glorifica unicamente a bondade de Deus.
—  Bíblia Sagrada com Reflexões de Lutero.
Martinho Lutero, em um de seus sermões, construiu uma ótima argumentação para nos lembrar frequentemente do evangelho e de seus efeitos sobre as nossas vidas: “Você está entre aqueles que dizem: ‘Eu já ouvi tudo isso [o evangelho] anteriormente; por que devo ouvi-lo novamente?’ Se assim for, seu coração se tornou insensível, saciado e sem vergonha, e essa comida não tem sabor para você. Essa é a mesma coisa que aconteceu com os judeus no deserto, quando se cansaram de comer o maná. Contudo, se você é um cristão, nunca se cansará, mas desejará ouvir essa mensagem muitas vezes e falará sobre ela para sempre”.
Os israelitas se cansaram de comer o maná. Você se cansou de banquetear sua alma nas verdades do evangelho?
—  Livro “Vislumbres da Graça”, de Gloria Furman.
FELIZ 500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE.

Glórias ao Senhor pelo dia de hoje! Há 500 anos Ele levantava um homem e incendiava seu coração para recuperar as verdades da Escritura! Recuperar o Verdadeiro Evangelho, onde só há espaço para a glória de Deus!

Sola Scriptura!
Sola Gratia!
Sola Fide!
Solus Christus!
Soli Deo Gloria!

“Visto que Vossa Majestade Imperial e Vossas Senhorias me pedem uma resposta categórica, vou dá-la claramente. A menos que eu seja convencido pelas Escrituras e pela razão pura, já que não aceito a autoridade do papa e dos concílios, pois está mais do que provado que eles erram e se contradizem mutuamente, eu não posso e não vou me retratar de nada, pois não é seguro nem certo ir contra a consciência. Minha mente está cativa à Palavra de Deus. Eis-me aqui. Que Deus me ajude. Amém.” (parte do discurso pronunciado por Lutero em 18 de abril, 4 anos mais tarde, em 1521, na Dieta de Worms)

Deixa de lado tuas fantasias e sentimentos e considera esta Escritura como o mais elevado e precioso de todos os santuários, como o mais rico de todos os mananciais de riquezas que jamais poderá vir a ser suficientemente sondado. Então poderás encontrar a sabedoria divina, que Deus aqui coloca diante de ti de modo tão simples e puro para moderar toda altivez.
—  Martinho Lutero – Prefácio ao Antigo Testamento, Bíblia Sagrada com Reflexões de Lutero
Deus me prometeu e deu um sinal certo de Sua graça nos sacramentos: a vida de Cristo venceu a minha morte em Sua morte; Sua obediência aniquilou meu pecado em Seu sofrimento; Seu amor destruiu meu inferno em Seu desamparo. O sinal, a promessa de minha salvação, não mentirá nem me enganará. Deus o disse e Deus não pode mentir.
—  Martinho Lutero – Obras Selecionadas Vol. 1, citado em “Bíblia de Sagrada com Reflexões de Lutero”