Legião Urbana

Gosto de ver você dormir que nem criança com a boca aberta. O telefone chega sexta-feira. Aperta o passo, por causa da garoa. Me empresta um par de meias, a gente chega na sessão das dez, hoje eu acordo ao meio-dia amanhã é sua vez. Vem cá meu bem, que é bom lhe ver, o mundo anda tão complicado que hoje eu quero fazer tudo por você. Temos que consertar o despertador e separar todas as ferramentas, a mudança grande chegou com o fogão e a geladeira e a televisão, não precisamos dormir no chão, até que é bom, mas a cama chegou na terça e na quinta chegou o som. Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo e até que é fácil acostumar-se com meu jeito, agora que temos nossa casa é a chave o que sempre esqueço. Vamos chamar nossos amigos, a gente faz uma feijoada, esquece um pouco do trabalho e fica de bate-papo. Temos a semana inteira pela frente, você me conta como foi seu dia e a gente diz um pro outro: ’- Estou com sono, vamos dormir!’ Vem cá meu bem, que é bom lhe ver, o mundo anda tão complicado que hoje eu quero fazer tudo por você. Quero ouvir uma canção de amor que fale da minha situação de quem deixou a segurança do seu mundo por amor.
—  Legião Urbana