KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

dailymotion

SE RIR VAI PRO INFERNO

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK 

eita-marrentaa  asked:

TO FUDIDA NO CUZINHO BEM LÁ DENTRO AMOR KKKKKKK ESSE VÍDEO, DEUS ME ARREBATE, É MELHOR

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK EU TÔ RINO MT E EU QUERO VER ESSES VÍDEOS E FOTO, FAVOR ME MANDAR MOZI ❤️

Cap 42


Clara narrando…

Sai daquela sala despedaçada, eu não acredito que eu fiz isso com ela, posso ter perdido o amor da minha vida pela minha estupidez, fui desesperada pra minha sala, hoje ainda seria o anuncio que ela seria a nova chefe do setor, hoje esta sendo o pior dia da minha vida… mandei minha assessora avisar a Vanessa sobre o anuncio, marcamos a reunião, agora ia ficar tudo pior, eu teria que estar uma vez por dia com ela com certeza, porque ela teria que me passar os relatórios de todos do setor todos os dias…meu deus que inferno…

Ou eu lutava por ela ou esquecia de vez, ela agora so ia querer a segunda opção, mas eu resolvi fazer alguma coisa que preste uma vez na vida, ia terminar com Juliana e ia tentar recuperar o tempo perdido com Vanessa…


Vanessa Narrando…

Agora eu tinha que seguir minha vida, sem Clara. Alias não queria nem mais falar sobre ela, vou seguir em frente. ou eu tentava voltar com Claudia ou seguia minha vidinha que no momento estava sendo a mais medíocre possível. Continuei meu trabalho aquele dia, desanimada, desiludida pra ser mais sincera. No fim da tarde de trabalho cansativo, o entregador da empresa me trouxe um buquê de tulipas, sem muita empolgação e fui ver o cartão “e esse amor não vai sair de mim por nada e nem tente se afastar de mim, Vai ser muito ruim se eu não puder te ver… Clara!

Ela so pode estar brincando comigo, aquilo estava passando do limite, nesse momento Claudia entrou na sala, olhou na mesma hora pro buquê, balançou a cabeça negativamente…

Claudia – já estão em lua de mel?
Vanessa – nunca estivemos…
Claudia – bonito buquê…
Vanessa – são horríveis… (joguei no lixo do lado da minha mesa)
Claudia – porque isso?
Vanessa – Claudia a gente tem que conversar…
Claudia – pra que? Pra você me dizer que a ama? Obrigada, to bem sem ouvir isso…
Vanessa – eu quero que você volte pra onde nunca deveria ter saído…
Claudia – pra onde?
Vanessa – pra minha casa…
Claudia – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é piada neh?
Vanessa - ……………………………………(muito seria e irritada)
Claudia – você é uma comedia…
Vanessa – então sai daqui de uma vez, não me tira do sério…eu quero ficar com você, se você não quer, beleza, saia da minha vida de uma vez…
Claudia – desde quando você se tornou um pessoa bipolar?
Vanessa – desde que mulheres como você estão me enlouquecendo…
Claudia – não sou eu que te enlouqueço…
Vanessa – é você que eu quero que fique comigo…
Claudia – você não sabe o que quer?
Vanessa – agora eu sei, e é você…só você que eu quero, tenho certeza absoluta disso!
Claudia – tem certeza?

Me aproximei dela e disse em seu ouvido…

Vanessa – quero passar o resto da vida com você ao meu lado!

Ela não resistiu ao meu charme, obviamente, se entregou em meus braços mais uma vez, foi so um beijo, mas foi bom, ela me amava, aquilo agora seria o suficiente, não seria sacrifício algum ficar com uma mulher daquela…

Clara narrando…

Mandei um buquê, ia cercar ela por todos os lados, ela ia ceder mais uma vez, ela sempre cedia… poderia demorar mais tempo que o normal, mas ela ficaria comigo, eu ia terminar com Juliana quando pudesse, por enquanto ia passar mais um tempo com ela pra não ficar sozinha, tenho certeza que Vanessa não ia ficar com Claudia por muito tempo, eu ia fazer alguma coisa pra elas poderem se afastar, não seria muito difícil, mesmo Claudia sendo uma mulher linda, Vanessa me amava e era comigo que ela ia ficar, era questão de honra agora.

Vanessa narrando…

Eu e Claudia saímos juntas do trabalho, ela foi pra minha casa, que já era tão dela também, fizemos um sexo pra esquecer de tudo, ela queria saber o que tinha acontecido na outra noite, eu contei omitindo inúmeras partes, mas disse que tinha chegado ao fim, que agora eu tinha decidido ficar com ela, porque gostava dela,e ela me fazia realmente melhor que aquela cachorra.

Claudia – porque eu te amo tanto meu deus?
Vanessa – eu sei que sou irresistível kkkkkkkkkkkkk
Claudia – idiota
Vanessa – eu também gosto muito de você…
Claudia – mas não ama…
Vanessa – você quer que eu minta?
Claudia – não…
Vanessa – quando eu realmente estiver sentindo vou ter muito orgulho de dizer, você merece tudo isso e muito mais…


Passamos uma noite maravilhosa, depois da briga, a reconciliação é a melhor parte de um relacionamento, no meio de nossa conversa na madrugada ela me disse algo que me deixou triste…

Claudia – eu não vou voltar pra cá…
Vanessa – porque não? (assustada)
Claudia – amor, a gente acabou de brigar e já voltamos, eu acho que fomos muito precipitadas quando decidimos morar juntas…
Vanessa – não entendo… esta arrependida?
Claudia – claro que não… mas olha só, na nossa primeira briga realmente seria, você sumiu, eu sai da sua casa como se estivesse fugindo de algo, isso não esta certo, temos que ter mais certeza sobre nossos sentimentos, você não tem.
Vanessa – amor…. eu já disse que eu adoro você demais…
Claudia – eu sei Vanessa, mas eu te amo, quando as coisas ruins acontecem eu sofro muito mais que você, então é melhor eu ficar com minha mãe por um tempo… ela sente falta de mim por perto…
Vanessa – você que sabe…quando quiser é so pegar suas coisas e voltar…

Ela dormiu comigo abraçadinha, aquela segurança que Clara nunca me passou, ela me passava com a maior facilidade do mundo, era incrível como ela tentava ser perfeita sempre, me arrependi demais de ter ficado com Clara naquela noite, não deveria ter acontecido mesmo. Eu estava com uma dificuldade enorme pra dormir, lembrei do buquê que aquela cachorra me mandou, é muito cara de pau.

O sábado chegou, na sexta eu não pude sair porque tive reunião ate tarde na empresa, fiquei super cansada, detalhe, reunião com Clara, eu já tinha sido anunciada como a nova chefe, ou seja, contato direto todos os dias com ela, espertamente eu sempre dava um jeito de alguém estar comigo quando eu tinha que passar algo pra ela. No sábado a tarde Claudia foi la pra casa, ficamos vendo um filminho em dvd, meu telefone toca com Junior me procurando como louco, algo estava errado em algum relatório que passamos pra Clara, ela estava um pilha de nervos e disse que não tinha conseguido falar comigo, mentira, meu telefone estava funcionando perfeitamente, ela não quis ligar pra mim.

Eu tive que ligar pra histérica, ela atendeu o celular já sabendo que era eu e irritada…

Clara – ate que enfim me ligou…
Vanessa – o que houve?
Clara – você e o Junior cometeram um erro num relatório, quero um novo ainda hoje, você que tem que resolver isso, Junior só te ajudou a errar mais…pode fazer isso agora neh?
Vanessa – poder eu até posso, o problema que os gráficos estão todos no meu Noot e ele esta na empresa, eu não trouxe esse fds.
Clara – PQP…. eu vou ligar pra alguém da segurança do prédio pra abrir pra você e te ligo de novo, tchau.

Nossa, mas ela tava um poço de educação hoje, que coisa. Claudia já estava me olhando irritada, mas ela sabia que era coisa de trabalho, chamei ela pra ir comigo na empresa, sei la neh, vai que eu chego lá e a Clara ta lá, olha a merda, eu agora penso em tudo, ela é louca.

Eu e Claudia fomos na empresa, peguei meu Noot, voltei pra casa e perdi meu sábado, Claudia dormiu me vendo trabalhar, tarde da noite eu acabo de fazer, liguei pra Clara na mesma hora…

Vanessa – Clara ?
Clara – fala… (ela estava com uma voz estranha, acho que estava bêbada)
Vanessa – acabei de fazer o relatório, vou te mandar por e-mail tah?
Clara – tah bom!
Vanessa – ta tudo bem? (olha a idiota preocupada)
Clara – claro… ta tudo ótimo, a mulher que eu amo me ignora, esta tudo ótimo!
Vanessa – você esta bêbada…eu vou te mandar a parada ok?
Clara – porque você não trás pessoalmente?
Vanessa - …………. Clara , computador existe pra facilitar a vida das pessoas, eu não vou sair da minha casa essa hora pra te entregar nada, vou te mandar por email.
Clara – então eu vou buscar…
Vanessa – ta louca?
Clara – to, completamente louca por você.
Vanessa – haha já chega Clara , não apareça na minha casa, não quero problemas entre você e Claudia…
Clara – hum ela ta ai ainda? Ate quando essa palhaçada de vocês duas vai durar?
Vanessa – palhaçada? ……………….(me irritei) a única palhaça aqui é você, eu e você agora só temos uma relação de trabalho, então por favor não tenta atrapalhar mais a minha vida do jeito que já atrapalhou, você não vem aqui de jeito nenhum, eu não vou ate aí e ficamos assim. Boa noite pra você!

Desliguei o telefone sem deixar ela falar nada, que mulher irritante, ainda vem falar que meu relacionamento é uma palhaçada, que ódio. Ainda bem que Claudia dormia que nem uma pedra e não viu essa cena via telefone.

Enviei o que tinha que mandar pra ela e fui deitar ao lado da minha mulher.

Clara narrando….

Ela me disse palavras tão duras, parecia mesmo decidida, eu bebia meu copo de Wisky na beira da piscina, estava sozinha, Juliana me disse que ia sair com uns amigos, sei bem que amigos são esses, mulher é foda, agora ela vai me colocar mais chifres do que não sei o que, olha minha cara de preocupação? Haha hoje estava me sentindo mais sozinha que o normal, comecei a reparar que Vanessa não queria nem me olhar, fazia tudo por obrigação mesmo, eu não iria desistir tão rápido assim, eu amava aquela mulher demais, muito mais que eu imaginava, aquilo era muito novo pra mim, sempre tive minha aventuras, eu nunca sofri por ninguém, me sentia um lixo, é normal isso? Não sei, mas eu estava muito mal pela forma que tratei Vanessa, eu tinha que ter terminado com Juliana na frente dela, assumido ela, mas não, eu fiz tudo errado.

fabian estava quase casado com Edu, então eu me sentia mais sozinha que de costume, não tinha nem ele pra conversar, agora ficava no hotel direto, Edu ficava com ele por lá, minha vida estava desmoronando literalmente, queria poder ligar pra minha mãe, mas o que eu ia dizer? Que estava sofrendo por que? Pelo fabian? Haha não dava neh! Vanessa tinha razão em tudo que me disse, ninguém nunca me amou, eu não tenho amigos, eu não sabia pra quem ligar, pensei ate na Mayra…mas vou falar o que também? Minha vida não tinha nenhum sentido, eu estava a beira de uma depressão e só reparei isso hoje.

Liguei pra Juliana no meio da madrugada, ela atendeu o telefone numa barulheira do caralho, tentei falar com ela nem sei o que, eu estava bêbada e sozinha, ela bêbada e com um monte de gente, pensei em Vanessa, na verdade ela não sai da minha cabeça nunca, existem apenas momentos em que minha cabeça se ocupa com outras coisas, imaginei que ela deve ter feito amor com sua namorada, so de imaginar aquela mulher beijando sua boca que era tão minha, lembrar seu toque me dava frio na barriga, como é estranho senti essas coisas por uma pessoa.

Desliguei o telefone sem falar muita coisa, so disse que a gente tinha que conversar, fui pro meu quarto cambaleando, liguei o pc pra imprimir o relatório, eu poderia fazer isso amanha, mas estava sem sono, lembrei de pegar uma coisa na minha bolsa, assim que abri dei de cara com a foto, minha e de Vanessa bebendo naquela noite, olhei pra foto e meus olhos encheram de lagrimas, desisti na hora de fazer qualquer coisa em computador, me joguei na cama com a foto nas mãos, apertei contra meu peito, chorei lembrando da primeira vez que ouvi da boca dela ‘eu te amo’, ela achava eu que dormia, mas quando ela esta ao meu lado gosto de vê-la dormindo, ouvir sua respiração, fazer carinho, ver seu semblante enquanto dormia era uma das coisas que eu mais amava, na noite que ela me disse tais palavras, eu esperava que ela dormisse pra poder fazer meu ritual de vê-la dormindo, aquilo não aconteceu naquela noite, mas eu pude ouvir algo que foi a melhor que ouvi em anos. Adormeci com a tristeza no meu coração.

Vanessa narrando…

Acordei cedo pra fazer minha caminhada, Claudia ainda dormia, estava quase pronta pra sair quando ela acordou…

Claudia – amor?
Vanessa – Bom dia minha linda(fui dar um selinho nela)
Claudia – vai aonde?
Vanessa – hoje é domingo amor…
Claudia – não vai hoje não, fica deitada aqui comigo fica?

Ela foi tão fofa pedindo, tirei minha roupa de correr e voltei pra cama com ela, fizemos amor e adormecemos, esse negocio de namorar as vezes começa a ficar um pouco monótono.

Clara narrando…

Acordei cedo com uma ressaca básica, wisky acaba comigo. Coloquei meu biquíni e fui dar um mergulho na piscina, mandei a empregada preparar um almoço legal, so pra mim, mas não é porque minha vida estava uma merda que eu vou deixar de comer neh?! Juliana me ligou logo cedo, eu mandei ela ir la pra casa pra gente poder conversar, eu nem sabia o que eu queria falar com ela, acho que eu não queria era me sentir tão sozinha. Fiquei vendo tv muito entediada ate a hora que ela chegou, na hora do almoço, fomos almoçar antes de qualquer coisa, ela falava da noite dela com as amigas animadamente.

Clara – humm…. mas e ai? Você foram pra onde?
Juliana – uma boate.
Clara – que boate?
Juliana – ahhhh…. (ela enrolada toda vida) aquela que a gente se conheceu.
Clara – hum… legal.
Juliana – você esta chateada?
Clara – não.
Juliana – também neh,nem pode.(falou muito baixo)
Clara – o que?
Juliana – nada
Clara – repete
Juliana – ihh amor não é nada…
Clara – não posso neh? Acho que a gente que não pode mais…
Juliana – que?
Clara – eu e você, nós duas…acho que vai ficar muito difícil Juliana.
Juliana – não estou te entendendo.
Clara – ai meu deus… Ju, acho melhor a gente dá um tempo.
Juliana – tempo?…………….. tempo? (irritada) você quer me pedir um tempo? Você so pode esta brincando, eu te pego na cama com outra, te perdôo e você quer um tempo?
Clara – é… não vamos voltar nesse assunto por favor Juliana.
Juliana – é claro que vamos voltar, eu te pego na cama com uma vadia de quinta…
Clara – ela não é vadia…
Juliana – não vem defender aquela lá não, você fala um monte, diz que gosta de mim, que quer ficar comigo, que ela não é nada pra você e agora você quer um tempo? Tempo pra que?
Clara – na verdade eu não quero um tempo…. (ela se levantou irritada e fui atrás dela pra sala)
Juliana – não?
Clara – eu quero terminar de vez! (ela me deu um tapa na cara)
Juliana – não trate as pessoas assim Clara , você não tem esse direito.

Ela saiu da minha casa que nem uma louca, eu fiquei em estado de choque, levei um tapa na cara, magoei mais uma pessoa, como eu tenho habilidade pra essas coisas. Fiquei meio desconcertada, liguei pro Fabian me da aquele auxilio, ele ia ligar pra Juliana pra vê como as coisas iam e tal, me retornou logo depois.

anonymous asked:

Qual maior mico que ja passou?rs

Foram tantos kkkkkkkkkkkkkkkk

isso que eu vou falar agora, já aconteceu com minha amiga e agora aconteceu comigo!!!!!!!

Bom, no primeiro dia de aula, chegou um menino na sala novo, e o professor mandou ele sentar comigo para fazer um trabalho, ai tudo bem, ai quando a gente tinha acabo eu fiquei no celular no whats com minha amiga, ai eu estava falando com ela que tinha chegando um menino na sala lindo, ai ela disse: “Tira foto dele e manda!!" 

E O QUE ACONTECEU?????

eu tirei foto foto, só que estava com o flash kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

minha cara foi no chão depois disso, mas o bom e que depois ele me chamou pra sair. HUEHEWUWEHUEW

anonymous asked:

Meu namo fico grilado pq mijei na boca dele me ajudaaaa ele nao ta falando comigo mais ):

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK EU FIQUEI IMAGINADO VC FAZENDO ISSO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ~~RESPIRA ~~ KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK E AINDA N SABE PQ ELE NAO ESTA FALANDO COM VC?? KKKKKKKKKKKKKKKK