A-namorada-perfeita

Texto / Aniversário de namoro

É amor, chegou o nosso dia. Hoje comemoramos mais um mês juntos.
Sou grata a Deus por ele ter me dado você quando eu menos esperava e mais precisava. Vivo num sonho bom e eu não quero perder isso nunca, farei o que for preciso para que você fique do meu lado, e eu vou te fazer feliz todos os dias. Eu realmente não quero nunca te perder, por mais clichê que possa parecer, eu não conseguiria viver sem você, nem por um minuto. Nós já passamos por tantas coisas não foi mesmo? Muitos obstáculos, mas passamos por cima de tudo e assim provamos o quão forte e verdadeiro é o nosso amor. Sei que durante esse tempo nosso namoro passou por algumas turbulências, assim como qualquer outro, mas cada uma delas só me provou que juntos somos mais fortes, que cada sorriso teu me faz mais feliz. Sei que nem sempre fui a namorada perfeita, mas assim como todos tenho defeitos, que não são poucos, esse meu jeito abusada já deixou nosso relacionamento em cada situação ein?! Mas hoje quero te pedir desculpa por tudo, por ter brigado quando devia ter apoiado, por ter sido injusta, por cada pequeno detalhe que deixei atrapalhar nossa relação. Enfim meu amor, obrigada por todos os momentos, que a gente possa poder comemorar 1,2,3.. anos. Eu te amo muito😍


• Espero que goste, se pega dê likes ou reblog.

Pedido: Pode fazer um imagine pra mim onde ela seja médica e eles se conhecem depois de um acidente dele (nada grave) e começam a namorar e isso ai :) - Anônimo

Não foi especificado com quem é o imagine, então eu fiz com o Louis.

Obrigada por ter feito o pedido.❤

***

Imagine Louis Tomlinson:

O jogo está empatado, é a minha chance de virar isso marcando um gol. Stan passou a bola para mim e eu logo fui correndo para perto do gol, mas quando me preparei para chutar a bola e fazer um dos gols que poderia mudar a vida do meu time, Jeff, um dos jogadores do time adversário se jogou na minha frente me fazendo tropeçar em sua perna e cair em cima da minha própria perna que ficou dobrada, no mesmo instante em que cai no chão, eu senti como se minha perna tivesse sido quebrada ao meio igual um palitinho de picolé, se eu pudesse me concentrar bem e ignorar a gritaria da torcida e todo o barulho presente no local, seria possível escutar exatamente o barulho do meu osso se quebrando.

-Louis! Louis!
Tudo o que consegui ouvir foram várias pessoas chamando meu nome, meus olhos permaneciam fechados e eu tentava ao máximo não me mexer.

-Louis! Me responda, onde dói?
Alguém me perguntou, no momento da raiva e da dor eu não conseguia raciocinar. Porra! Meu time acabou de perder o jogo por minha culpa e eu estou com a perna toda fudida e ainda me perguntam onde dói?

-Minha perna!
Gritei e guinchei quando senti alguém mexer na mesma.

-Parece que quebrou, vamos leva-lo ao hospital o mais rápido possível.
Senti que meu corpo foi levantando e quando finalmente abri os olhos, eu estava em uma maca, pude ver meus amigos me olhando preocupados e minha família que estava na arquibancada tentando se aproximar.

(…)

-É garotão…parece que não foi nada grave, só alguns meses com esse gesso e logo, logo você fica bom.
Um médico estranho falou. Garotão? Quantos anos ele acha que eu tenho?

-Beleza, posso ir agora?
Perguntei impacientemente.

-Desculpe, precisa passar com uma médica ainda, ela que vai acompanhar seu recuperamento, você só quebrou a perna mas ainda sim não podemos deixar de ter cuidado.
Falou e saiu da sala.

Bufei.

-Espero que não seja uma velha chata que vai ficar o tempo todo…
Falei sozinho olhando meu celular.

-Olá, Louis.
Olhei para a porta e uma bela mulher entrava na mesma. Nunca mais falo sozinho.

-O-oi
Sorri nervoso e ela se aproximou.

-Desculpe atrapalhar sua conversa, mas vim ver como está sua perna.
Sorriu amigável e eu apenas a observava com os olhos.

-Como quebrou a perna?
Perguntou casualmente e eu tentei formular uma frase que seja na minha cabeça.

-Estava jogando futebol e um cara se jogou na minha frente me fazendo tropeçar e cair com a perna dobrada.
Expliquei e ela sorriu.

-Então joga? Quantos anos tem?
Perguntou e eu bufei. Sei que ela imagina que tenho uns dezenove, mas já tenho vinte e cinco.

-Sim, eu sempre joguei. E a propósito, tenho vinte e cinco anos.
Respondi e ela me encarou surpresa.

-Desculpe, pensei que tivesse uns dezenove, vinte e poucos anos.
Falou e eu dei em ombros.

-Todos pensam, deve ser porque fiz a barba.
Falei humorado e ela riu.

-Bom, está tudo bem, só vou te passar alguns remédios para dor e você ficará bem.
Falou e ia se levantando.

-Espera!
A chamei e ela voltou direcionando seu olhar a mim.

-Podemos marcar de sair? Pode parecer um pouco precipitado ou até mesmo estranho mas eu realmente te achei interessante.
Falei um pouco envergonhado. Não é como se eu nunca tivesse feito isso mas, ela é completamente diferente. Me faz me sentir diferente.

-Não se preocupe, eu aceito. Podemos ir em uma cafeteria aqui perto depois que eu sair do trabalho, se puder esperar é claro.
Falou gentilmente.

-Claro que espero, afinal, não quero voltar para casa e levar um sermão tão cedo.
Falei e ela riu.

-Isso não te ajuda a manter sua pose de mais velho.
Falou humorada e eu a mandei um olhar indignado.

(…)

Assim que o seu turno acabou, S/n e eu fomos caminhando até a cafeteria que era literalmente ao lado do hospital, o que eu agradeci muito já que estava de muletas.

Nos sentamos em uma mesa e pedimos nossa comida.

-Então…sobre o que quer falar?
Perguntou.

-Gostaria de te conhecer mais…me conte sobre você.
Falei animado e ela riu.

-Bom…tenho vinte e quatro anos, trabalho como médica a dois anos, moro sozinha em um apartamento aqui em Manchester…e tenho duas gatas.
Contou e eu sorri.

-Uau! Você Parece bem independente.
Comentei e ela riu anasalado.

-Fui obrigada a ser, desde cedo minha mãe me ensinou a me virar sozinha.
Deu em ombros.

-Poxa…eu realmente me sinto um adolescente agora…tudo o que faço é jogar futebol e cantar em uma banda de amigos.
Cocei a nunca.

-Nah! Deve ser muito bom em tudo o que faz, isso já compensa sua falta de maturidade.
Falou e eu ri.

-Falta de maturidade? Está insinuando que não sei me cuidar?
Perguntei brincalhão.

-Sua perna me disse isso.
Respondeu do mesmo jeito.

-Então você também é imatura, porque estava conversando com minha perna.
Falei e ela rolou os olhos sorrindo.

-Ok, isso só foi mais imaturo ainda né?
Perguntei e ela assentiu.

-Mas não se preocupe, sua imaturidade me cativa, se serve de consolo.
Comentou.

-E além do mais, você fica fofo com sua aparência de “tenho dezoito anos”.
Sorriu e eu bufei.

| Sete meses depois |

-Viu amor? Não teríamos nos conhecido se não tivesse quebrado sua perna.
S/n falou e eu concordei.

Estávamos vendo nossas fotos na cafeteria em que tivemos nosso primeiro “encontro”, hoje fazemos sete meses de namoro e eu não poderia estar mais feliz da mulher que tenho ao meu lado.

-Nunca me senti tão sortudo em perder um jogo e quebrar a perna ao mesmo tempo.
Ri de leve.

-Sorte que agora se você quebrar sua perna, tem essa sua namorada perfeita que vai cuidar de você.
Falou apertando minhas bochechas.

-Hey S/n, por favor, estamos em público e eu já pareço mais novo se fizer isso vai parecer que sou sei lá…seu sobrinho.
Reclamei e ela riu escandalosamente.

-Seu bobo, ninguém tem que pensar nada.
Me selou.

-Só eu que tenho que pensar o quanto você é linda.
Sorri e ela escondeu seu rosto em meu pescoço.

Se existe alguém mais sortudo nesse mundo, sou eu.

***

Me desculpem pelo fato de que ficou pequeno, eu prometo recompensar nos próximos imagines.

Espero que tenha gostado.😘

Pedido: Queria um q eles brigam e ela dorme em outro quarto e passa mal de madrugada ai ele fica se culpando por não ta com ela a hora q ela tava mal,com o Zayn ….obg 😀😀

 

Zayn Vision

           Já passava das duas horas da manhã e s/n gritava em plenos pulmões e eu apenas tentava ignorar, mas já estava ficando impossível aguentar aquilo. Eu sei que fui errado é exagerei, mas ela poderia dá um tempo. Era para ser apenas uma festa com nossos amigos mais antigos, só que eu não esperava que minha ex-namorada fosse aparecer lá é da em cima de mim, mas eu não tinha culpa tentei falar para ela que eu não queria mais nada com ela, mas bem nesse momento s/n nos viu dois juntos e eu estava com a minha mão na sua cintura e a partir daí não ouvia nada além de berros e gritos.

           Sentei-me no sofá e peguei meu celular e abri em aplicativos aleatórios e escrevi alguns tuites, mas ela não parava por um segundo, queria ter tanto fôlego assim.

- Zayn, você está me escutando. – Ela se aproximou e puxou o celular da minha mão.

           Eu tentei controlar-me com todas as minhas forças possíveis, só que sinceramente não dava. Levantei do sofá e fui a sua direção. – Você não entende que não foi minha culpa, porra? – Peguei o meu celular de suas mãos. – Eu já disse um milhão de vezes, me deixa em paz. Esperava por mais gritos, mas ela não disse nada. Seus olhos estavam cheios de lagrimas, eu posso ter exagerado um pouco, mas estou com muita raiva para admitir isso ou pedir desculpas. Odiava a vê assim, mas o que eu posso fazer?

- Você é um idiota. – Ela empurrou meu corpo para trás.

- Eu posso ser sim, mas você é uma desesperada, louca e patética. – Aproximei meu corpo novamente do dela. – Pelo menos ela para era assim.

           As palavras saíram por impulso, eu realmente não queria dizer aquilo, mas eu não queria ficar sem resposta, sou um idiota é ela estava certa. S/n virou as costas e saiu andando até as escadas que dá acesso a nosso quarto. Pensei em ir atrás dela, mas eu sabia que assim que eu subisse ela iria está deitada na nossa cama.

 

S/N Vision

           Subi para o meu quarto e do Zayn e peguei o meu pijama. Zayn estava sentado na cama apenas com a sua calça de moletom, ele olhava-me com tristeza, mas eu estou muito chateada para dizer qualquer coisa, simplesmente vire-me e fui em direção ao quarto de hospedes. Tomei um banho e vesti minha roupa e deitei na cama. Eu não sabia por qual motivo estava chorando, mas sentia vontade chorar eu só queria e precisava chorar, estou triste por tudo isso que aconteceu, vê o Zayn segurando ela daquela maneira partiu meu coração em pedaços, ele sabe o quanto sou insegura em relação a mim mesma, e todas as suas ex-namoradas são perfeitas.

           Meu corpo esta cada vez mais quente eu sentia muito frio e eu sei que alguma coisa errada está acontecendo, meu corpo inteiro doía. Peguei meu celular e marcava exatamente quatro horas da manhã, pensei em chamar o Zayn, mas ai lembrei-me de tudo o que ele disse para mim há algumas horas atrás e resolvi apenas ficar deitada, talvez a febre passasse e de manhã tudo estaria de volta ao normal. Uma luz invadiu o quarto e eu me assustei, mas é apenas o Zayn com o seu celular, ele caminhava em minha direção com um olhar preocupado, ele olhava para mim com curiosidade.

           Senti no momento que ele sentou ao meu lado e ligou o abajur que ficava no criado mudo. Olhei para Zayn desconfiada, e ele sorriu de uma maneira fofa para mim, ele tinha na mão um copo de água e um remédio nas mãos.

- Você acha que esse é o melhor jeito de se desculpar? – Disse sentando-me na cama e pegando o copo de água e o remédio de suas mãos.

- Não, mas pode ser o começo.

           Assim que tomei ele colocou o copo no criado mudo e pegou-me no colo como uma criança, dei risada de sua atitude, não queria demonstrar que o tinha perdoado, mas é impossível. Quando chegamos ao nosso quarto, ele me cobriu e se deitou ao meu lado e eu coloquei a minha cabeça sobre o seu peito, Zayn fazia carinho em minha cabeça.

- Aquilo que eu disse é uma mentira, você é a mulher que eu amo.

           Apenas mexi a cabeça para ele saber que eu estava ouvido tudo. – E eu sou um idiota mesmo, você tem razão, mas sou um idiota que te ama.

           Sorri para mim mesma, não queria que ele soubesse, mas de alguma forma pude o sentir sorrindo.

Me joguei por completa em um abismo, pelo qual eu mal conhecia, era um abismo profundo que aparentemente não haveria um fim bom. mas eu não contava que você estaria lá do meu lado, segurando na minha mão apesar de tudo, mesmo sabendo que aquilo doeria você estava lá junto a mim, junto a nós.
No começo eu pensei que você desistiria fácil e seria apenas uma qualquer cheia de insanidade que quis enfrentar o caos que existe em mim, mas não, você ficou. Porque diabos você ficou?
Você é tão sensacional, existem tantas outras por aí, mas você quis ficar aqui e resolver todos os problemas que vinham me atormentado. Você chegou com uma paz tão intensa que meu mundo voltou em órbita, tudo começou a ter sentido, as coisas cujo eu acreditava que eram impossíveis de tornaram um observador que eu sei que posso passar, mas preciso estar ao seu lado, a todo momento eu preciso de você para ser minha fonte de energia. Seus braços agora são meu porto seguro onde eu sei que posso descansar sempre que algo estiver errado, seu sorriso abre as portas do paraíso cujo eu jamais teria noção de ver, sua voz é tão intensa que me traz vontade de viver novamente. Você faz com que tudo tenha um significado á mais, tudo deixe de ser monótono e vire adrenalina. Com você sei que posso ir para qualquer lugar, sou capaz de mover montanhas ao seu lado, então eu apenas te peço para que não me deixe.
Não! Eu não sou a namorada perfeita, muito menos pretendo ser… mas sou aquela que realmente demonstra e que cuidar de voce, sou quem passa as madrugadas em claro imaginando você dormindo ao meu lado, sou aquela que vai sempre estar ao seu lado quando tudo parecer ser o fim… Dói, mas é claro que dói essa distância maldita, eu não me importo de chorar várias vezes e gritar seu nome aos ventos para aliviar a dor. Eu sei que logo estarei novamente nos seus braços e você nos meus, logo tudo vai ter fim e restará apenas nós duas em um infinito e complexo fim.
Moça olha a ironia da vida

Sabe eu te amava e você sabia e maior ironia era que você também dizia que me amaria , me fazia acreditar ate com algumas doces atitudes , passeava , brincava eramos felizes , pelo menos pra mim era assim , eu me sentia ‘’ correspondida ‘’ era perfeito, quer dizer tínhamos nossos momentos de discussões , mas quem não tem ? não e mesmo ! Até que um dia você simplesmente se afastou , eu te respeitei até porque todo mundo precisa de um tempo , mas esse tempo não passava NUNCA até que eu entrei na minha rede social e vi seu nome em um relacionamento serio com outra ! Tem noção do quanto doeu ? EU TE AMAVA  , VOCÊ SABIA E O  PIOR ME ‘’ CORRESPONDIA ‘’  Sofri , Me culpei , Me perguntava o Por que , Por que ele haveria me trocado , eramos felizes, você dizia que me ‘’ amava ‘’ eu não entendia , eu apenas chorava . Mas eu sabia que ia passar … E passou resolvi que não ia sofrer por uma ESCOLHA SUA , não iria colher as decepções que você plantou , eu não merecia ! Eu não fui uma má namorada , eu não sou perfeita e nem você era ! Mas eu te aceitava assim mesmo pq eu te amava , mas pelo visto você escolheu a outra , tudo bem eu finalmente aceitei , sabe quando ? Quando eu parei para lembrar de nós , todos os nosso momentos juntos e então eu vi que não fui eu que errei , não fui eu quem não lutou . Você simplesmente escolheu ! e doeu ! mas passou , não vou dizer que não te amo mais ate pq quando dizia que te amava estava sendo sincera , mas não doi mas e daqui a pouco você não existira mais dentro de mim , Eu sei , EU superei não cem porcento mas quase e logo logo aquela que só chorava , Ira sorrir , Eu Sei ! e o meu sorriso sera o meu troféu , e será a sua derrota . Há é não e ódio não e Vingança e apenas o Mundo seguindo em frente . o Meu mundo . 

- FrasesGirlTumblr 

* Se Pegar de like ou reblog 

E você dizia que eu não sabia te valorizar

Vamos as verdades meu bem, você só faz me rebaixar, aponta meus defeitos e ainda quer exigir muito de mim… Não sou a namorada perfeita, ok, mas quem é? Você diz que eu não me importo com você, diz que eu só penso em mim, será que sou eu? Eu depositei confiança demais em você, foi tudo em vão, você não sabe como me senti quando vi aquilo, eu queria destruir todo sentimento que eu tinha por você, queria quebrar todas as coisas para ver se a combinação de sentimentos dentro de mim sumia, eu só tinha raiva, tristeza e decepção, queria te dizer pra ir embora da minha vida, mas eu não conseguia, eu te amo, não quero conversar hoje, não quero dizer coisas com a cabeça quente, para de tentar insistir, não quero atender o telefone, não quero ouvir sua voz hoje, só olhe para trás, veja seus atos, não somos um casal perfeito, aprenda a aceitar.

Eu sempre sonhei com a namorada perfeita e sempre tive comigo que quando eu a encontrasse, casaria com ela.  Porque muitas vezes deram errado meus relacionamentos, e se deu errado, é porque não era pra mim. Fiquei sozinho por muito tempo, sempre sonhando que meu dia chegaria. Não posso ainda te dizer que chegou, mas sinto que sim. A cada dia que passa eu te amo mais, e esse amor está sendo correspondido de uma forma que nunca foi. Você consegue me deixar feliz em fração de segundos. Um amor que nunca senti, um amor totalmente distinto de qualquer um antes. Você não me mudou, acrescentou o que faltava.
—  Meu nome é André. 
Imagine com Harry Styles
  • Eu peço desculpa a todos por não ter postado ontem mas é que eu tive que sair e cheguei muito tarde, mas hoje quando acordei tentei dar o melhor de mim para este imagine porque é uma forma de demonstrar o quanto eu amo esse cara e que ele é muito especial não só para mim mas para todas nós. Só de pensar que ele não tem mais 16 anos acaba comigo mas quando vejo uma foto dele atualmente tudo que eu consigo sentir é orgulho por tudo que ele conquistou, por ele ser quem ele é hoje. Parabéns meu amor.
  • Vou dar o melhor de mim para postar mais um hoje mas se não der, eu posto vários amanhã.

  - Precisamos nos ver, mas o Harry não me dá sossego! Eu acho que ele está desconfiando.. Ok, eu estou indo para aí. - ouvi minha namorada dizer ao celular e no mesmo tempo meu coração parou mas logo voltou a bater rapidamente mas de raiva. Eu sabia que ela estava me escondendo algo mas não tinha pensado na hipótese de estar me traindo até agora… Ouvi ela se despedir com a pessoa com que falava ao telefone e não pensei duas vezes em voltar para a sala correndo sem ela perceber. Me joguei no sofá e fingi que estava vendo algo na TV. Eu iria até o fim para ter certeza.

  - Hey baby. - falei quando vi ela aparecer na sala e pegando sua bolsa que estava em cima da mesa.

  - Eu tenho que ir para o trabalho, sabe como é, hora extra! - ela riu fraco e veio até mim me dar um beijo, pensei em recusar mas ela perceberia. Ela me deu um selinho e eu senti um gosto amargo em minha boca, não foi como antes em que eu sentia mais vontade de lhe beijar e eu sabia o motivo disso, nojo pois ela estava com outro e eu descobriria agora quem era. - Te amo.

  - Sei.. também te amo. - falei com deboche e ela pareceu perceber mas deu de ombros.

  Ela saiu e eu levantei e peguei a chave do meu carro e fui até a garagem. Eu devia segui-la? Meu coração dizia que não mas minha cabeça dizia que sim, e eu sabia o que veria caso fosse atrás dela. Eu precisava enxergar com meus próprios olhos a mulher que eu acreditava que me amava me traindo. Balancei a cabeça tentando me afastar desses pensamentos e entrei no carro. Tirei o carro da garagem e comecei a segui-la, o carro estava um pouco afastado do dela, o suficiente para que ela não percebesse.

  Paramos no sinal vermelho e comecei a me lembrar de nós. Oh, (S/n), por que você teve que fazer isso? Tentei me distrair com a musica que tocava e logo o sinal abriu.

  Depois de alguns minutos, ela parou o carro e eu também. Vi (S/n) sair do carro e entrar na cafeteria desacompanhada. Ela estava linda com o cabelo solto, o óculos que eu dei, sua calça jeans rasgada nos joelhos e um sobretudo preto que escondia sua blusa branca simples. Simples, mas linda. Meu coração apertou e eu me toquei porque estava ali, ela estava me traindo e eu precisava saber com quem. Tinha estacionado meu carro em uma vaga que ficava de frente para a grande janela da cafeteria. Quando (S/n) entrou na cafeteria todos os homens olhavam para ela e eu sabia o motivo. Seu corpo tinha curvas lindas mas nada superava seu sorriso, seu rosto. Linda, mas não é minha, não mais.

   (S/n) sentou em uma mesa e meu mundo parou quando vi quem estava acompanhando ela. Meus olhos estavam lacrimejando mas eu não iria chorar, eu não iria dar esse gosto à eles. Eu queria sentir raiva e nojo deles mas tudo que eu sentia era desapontamento, tristeza. Vi meu mundo ficar preto e branco quando (S/n) sorriu para Louis que retribuía o gesto sem pensar duas vezes. Queria entrar naquela cafeteria e bater tanto na cara de Louis que ele se arrependeria de ter roubado a minha garota, mas eu sabia que a culpa não era só dele e mesmo que eu quisesse sair do carro, meu corpo não correspondia a minha vontade. Engoli o choro e todo desapontamento e tirei o carro da vaga e fiz o caminho de um hotel. Eu não conseguiria olhar para ela depois disso, não mesmo.

  Quando menos percebi já estava deitado na grande cama do hotel, meu telefone tocava instantemente e eu ignorava todas as chamadas, sem nem mesmo olhar a tela do celular eu já sabia quem era. Depois de uma hora, (S/n) desistiu de saber onde eu estava. Olhei para o relógio do celular e me arrependi amargamente. Parabéns Harry, você agora tem 22 anos e está sem a mulher que você ama pois ela está de caso com o seu melhor amigo/colega de banda. Peguei meu celular e entrei no Twitter. Em segundos já tinham milhões de mentions me perguntando o porque do meu tweet. “Eu queria tanto que hoje tivesse sido um pesadelo.”

   Suspirei e fechei meus olhos me deitando. Tentava dormir mas não conseguia, tentava mudar de posição diversas vezes mas não conseguia resultado, suspirei frustrado pois saber o que estava errado, ela não estava aqui comigo.

   Já havia amanhecido e eu não tinha pregado o olho a noite inteira. Meu telefone tocava e eu sempre atendia quando eram números de amigos de verdade pois sabia que eles só queriam me desejar parabéns e eles não tinham culpa dos obstáculos que a vida tem. Levantei da cama e fui tomar meu banho, já havia tomado café da manhã e mesmo que eu não estivesse com fome, comi o suficiente para não passar mal. Já bastava tudo isso, não precisava de ficar doente agora.

   Quando terminei de me vestir, ouvi baterem na porta e a abri achando que era a faxineira mas senti o gosto amargo em minha boca quando vi (S/n) enfurecida entrando em meu quarto sem pedir licença.

  - Me desculpe, Sr. Styles, mas ela disse que era urgente, e eu pensei que não havia problema pois ela é sua namorada. - o gerente do hotel disse e foi só ali que notei sua presença em frente a minha porta. Sua voz transmitia medo e não era por menos, ele havia cometido um erro grave.

  - Ex. - disse firme e nessa hora (S/n) arregalou os olhos juntamente com o gerente. Ele engoliu em seco e pediu desculpas novamente e eu disse que estava tudo bem se isso não acontecesse novamente. (S/n) ainda estava ali em meu quarto e estava com os braços cruzados esperando alguma explicação quando na verdade quem me devia explicações era ela. Eles.

   - Quando ia me avisar que agora sou sua ex? - ela debochou e eu respirei fundo para não expulsa-la dali. Meu dia não havia como piorar.

   - E quando você ia me avisar que sou corno? - disse. Minha voz estava rouca e ela era o motivo disso. (S/n) arregalou os olhos novamente, depois de alguns segundos ela começou a rir, mas rir muito.

   - Como é que é? - ela disse tentando parar de rir e isso só estava me tirando ainda mais do sério.

  - Não ouviu? Você é surda, garota? - ela parou de rir quando percebeu que eu estava falando sério.

  -  Baby, do que você está falando? Eu nunca te trai! - ela tentou chegar perto de mim mas me afastei.

  - Ah, não? Eu sou maluco então? - ri debochado quando tudo que eu queria era que ela estivesse falando a verdade. Eu a amava e não queria acreditar que ela estava me traindo mesmo tendo visto com meus próprios olhos.

  - Bom, pelo visto sim! - ela disse aumentando o tom de voz.

  - (S/n), não minta para mim. Eu vi com meus próprios olhos! - gritei. Ela chegou perto de mim e eu deixei. Fechei meus olhos quando senti sua mão fazer um leve carinho em meu rosto. Abri meus olhos e vi que estávamos perto demais, sua mão parou com o carinho mas permaneceu ali.

  - Harry, eu nunca te trai e nunca faria isso. Acredite em mim, amor. Quando eu disse que te amo não estava mentindo. - ela disse e senti sinceridade em seu olhar, mas minha mente cismava em me lembrar do que vi na cafeteria e eu não sabia se a agradecia por isso.

  - Eu vi você e Louis. - ela pareceu continuar confusa. - Na cafeteria, ontem à tarde.

  - Oh. - ela parou de me olhar e eu senti uma vontade enorme de tirar sua mão de mim mas eu não conseguia, meu corpo precisava do toque dela, eu precisava dela. - Sobre isso… Eu posso te levar em um lugar? - ela sorriu e voltou seu olhar para mim. Fiquei confuso, eu digo que ela está me traindo e ela quer me levar em um lugar? Que merda está acontecendo?

  - O que? - disse confuso. Ela se afastou e puxou minha mão com ela para que eu a seguisse e eu o fiz, sem reclamar, eu precisava entender o que estava acontecendo e só ela podia me dar as respostas nesse momento.

  Ela me fez pagar o hotel pois dizia que eu não precisaria mais disso, fiz sem reclamar ainda confuso. Entramos em seu carro e vi que já estava anoitecendo. O dia havia passado rápido sem a presença dela comigo. (S/n) sorria para a estrada e dirigia bem rápido mas em consideração meu coração estava lento ainda tentando saber se confiava nela ou não. Em dez minutos estávamos em frente à nossa casa. Estava tudo apagado lá dentro, ela deve ter dispensado as empregadas por hoje. Saímos do carro sem falar nada e ela correu até mim para me dar a mão, não sabia se deixava mas decidi deixar, pelo menos pela ultima vez eu precisava sentir ela perto de mim. Antes de abrir a porta, ela olhou para mim e sorriu. Estava confuso demais para sentir alguma coisa a não ser admiração pela beleza dela. Alguma coisa dentro de mim dizia que não era o nosso fim.

  - Eu te amo, Styles, nunca duvide disso. - ela depositou um beijo calmo em meus lábios e eu aceitei sem reclamar. Eu amo essa garota e eu estava pensando seriamente se desculpava ela ou não. Eu não poderia viver sem ela, não mais.

  - (S/n)… - eu tentei dizer mas ela me interrompeu.

  - Shh… só veja. - e então ela abriu a porta. A luz que antes estava apagada se acendeu e revelou todos os meus amigos e parentes. Eu não sabia o que fazer sem antes puxar (S/n) para um abraço que rendeu vários “Awn”, me afastei dela e a beijei. Eu devia ter confiado dela desde o início. Olhei para todos os meus amigos e familiares e do meio da multidão veio Louis e eu o abracei, eu deveria saber que eles dois nunca fariam isso comigo.

  E ali eu percebi que tinha tudo que precisava e que queria. Eu tenho uma família incrível, uma namorada perfeita, amigos leais e fãs mais que especiais e não importa o que aconteça eu sempre os amarei.

Gabi

Já olhei pra várias minas na rua quando estava com minha namorada rsrs ela me bateu, me beslicou, chingou. Ela não entendia o porque eu as olhava, eu não as olhava com desejo, nem adimirando-as, eu olhava e pensava: QUE SORTE EU TENHO, DEUS É TÃO PERFEITO, ME DEU UMA NAMORADA LINDA E ESPECIAL PRA MIM, NENHUMA DESSAS VAI CHEGAR AOS PÉS DELA HAHA COITADAS;

Homem que é Homem, não precisa ter varias, e muito menos desejar outras Mulheres ao seu redor, Homem de verdade valoriza, cuida, e mostra pra sua namorada que ela é unica, e suficiente pra ele.

- Palloma te amo <3

—  prazerciumento by Thales Allan
9 meses de namoro; Os melhores meses ao lado da guria que me ensinou o que é amar de verdade, ao lado da guria que sempre me deu forças pra nunca desistir, ao lado da guria mais incrível que eu já conheci. Ela mais do que ninguém sabe como me deixar bem mesmo não estando perto, ela sabe cuidar direitinho de mim, ela tem o dom de me fazer sorrir feito uma boba com simples palavras e tem um dom de me fazer feliz que só ela tem. Só nós duas sabemos tudo que tivemos que passar pra chegar até aqui e ainda vamos ter que passar por muitas outras barreiras mas juntas somos capazes de tudo. Eu nunca tive uma pessoa tão complicada como ela e acho que é essa complicação toda que ela é que fez eu me apaixonar tanto por ela, eu amo esse jeito complicado dela, eu amo o sorriso dela, eu amo quando ela fica com vergonha e até mesmo a carinha de sono dela, amo aqueles olhinhos lindos, perfeitos como ela. Eu nunca amei tanto uma pessoa como a amo, se for preciso eu faço por ela o que nunca fizeram por mim. Eu quero que você saiba que desde que você entrou na minha vida tudo mudou pra melhor, você fez desses simples meses serem os melhores da minha vida, você fez de mim uma pessoa melhor, você cuida de mim como ninguém, você me dá carinho, você é a guria que qualquer pessoa gostaria de ter ao lado e eu tive essa sorte de você ter me escolhido, obrigada meu amor por ser tudo aquilo que eu sonhei pra mim, por ser tudo que eu preciso, obrigada por ser a minha força, obrigada por ser o motivo do meu sorriso bobo, obrigada por ser a razão da minha vida, obrigada por tudo que você fez e continua fazendo por mim. Nunca se esqueça que eu só estou aqui ainda porque você está me ajudando, você é a razão de tudo isso, se não fosse por você eu nem sei o que seria de mim, você é a namorada mais perfeita do mundo e eu tenho orgulho de te ter ao meu lado; Eu te amo coisa mais perfeita desse mundo. Minha princesa, minha bebê, minha chatinha, minha filhinha de papai, minha bravinha, minha ciumenta, mulher da minha vida, mãe dos meus filhos, meu tudo ♥ EU TE AMOOOO!
—  Sem você nada faz sentido.