2013 09 08

¤ Pedido: Faz um do Harry que ele pega o diário dela e lê coisas de quando eles começaram a sair?

¤ Boa leitura :)

——–

  A casa estava em um completo silêncio e o tédio me consumia por inteiro fazendo com que as horas passassem de uma forma ridiculamente lenta.

  S/n havia saído para comprar alguns doces e falou para mim ficar já que ela não estava nem um pouco afim de correr de paparazzi pelo estacionamento. Porém faz mais de uma hora que ela saiu, o que me faz pensar que com certeza ela parou na casa de alguma amiga.

  Eu já não tenho mais nada para fazer, já chequei meus zilhões de e-mails, reli todas as mensagens com S/n e dei uma leve olhada no twitter. Simplesmente nada mais me interessa.

  Já cansado de toda a demora, subo para o quarto dos sonhos de minha namorada. O chamo assim pois seu teto é inteiramente pintado por uma galáxia que S/n mesma fez, e eu simplesmente adoro dormir aqui porque quando tudo está escuro as estrelas “acendem” fazendo-me imaginar milhares de coisas.

  Me jogo na enorme cama que até então estava arrumada por uma colcha na cor cinza que, propositalmente, combina com o teto.

  Meus olhos vagam pelo universo que costumo chamar de nosso e ao que descem, param na estante que se encontra ao lado da cama. Ali, reparo algo que não havia visto ainda, quer dizer, eu tinha visto apenas uma vez, mas S/n disse para mim não tocar pois era algo “confidencial”, claramente mostrando que era seu diário. Desde aquele dia eu estava louco para encontra-lo novamente, mas S/n sempre tomou muito cuidado, provavelmente esqueceu já que eu cheguei de surpresa hoje cedo.

  Me sento na beira da cama e fico encarando o caderno lilás com algumas estrelinhas, minhas mãos coçam de vontade de agarra-lo e assim fazem.

  - Desculpa S/n. - Sussurro já sentindo a consciência pesada.

  Abro o diário vendo que ele começa no dia 01/06/2012, ela provavelmente não escreve muito nele.

  No primeiro dia ela diz o quão feliz está por ter conseguido um emprego como estagiária na revista Vouge e que ia se esforçar ao máximo para se manter nele.

  Vou lendo tudo atentamente e sorrindo com algumas coisas que ela dizia sobre alguns famosos que ela tinha que falar na revista. É interessante saber que ela achava que “Niall Horan é o mais gato da One Direction.”

  Com certeza vou tocar no assunto mais tarde só pra ver sua reação.

  Chego no dia 23/04/2013 e meu coração gela um pouquinho pois, um dia antes nós tivemos nosso primeiro encontro. Meus olhos correm pelas linhas agora de uma forma mais atenta.

  “ Diário Querido,
 
  Ontem não tive tempo para dizer o quão empolgada e nervosa eu estava por sair com Harry Styles. A gente se conheceu faz pouco mais de três semanas e esse doido já quis marcar um encontro, eu recusei de começo e admito que quis me fazer de difícil, mas ele tem um charme maravilhoso e acabei aceitando…”

  Ri com aquilo, que bom saber que meu charme te seduz S/n.

  “…Ele me levou em um restaurante extremamente chique e isso me deixou bem desconfortável, eu não sou desse meio, se ele tivesse me levado para uma barraca de cachorro quente eu me sentiria bem melhor e mais a vontade para fazer meu pedido…”

  Sorrio novamente. Ela estava tão maravilhosa que nem notei seu nervosismo.

  “…mas até que Harry conseguiu me deixar mais confortável puxando assuntos sobre meu dia. Ele é realmente um fofo e ao contrário do que eu imaginei tem muito conteúdo e não só um rostinho bonito.

25/04/2013

   Diário Querido,

  Nesses dois dias eu e Harry estamos nos falando bastante, mas acho que devo estar me metendo em uma enrascada. Tenho medo de me apaixonar por aqueles olhos esmeraldas e o sorriso galanteador, não quero me machucar como me machuquei com Dylan. Sei que é errado compara-los, mas e se num futuro Harry me abandonar para ficar com a minha melhor amiga?
 
  Eu não quero mais sentir a dor de ser traída, mas também não posso passar o resto da vida sozinha. Eu liguei para minha mãe ontem e contei sobre ele, ela me disse que tenho que dar uma chance para mim mesma e embarcar nesse novo relacionamento, mas se ele tentasse algo que não deveria tomar uma atitude imediatamente.

01/06/2013

   Diário Querido,
 
Sobre não se apaixonar, eu falhei miserávelmente. Esse mês que fiquei longe de você foi porque fiquei mais perto de Harry. Ele tem sido uma pessoa incrível para mim, eu acabei contando a ele em um minuto de fraqueza sobre Dylan e ele vêm me ajudado a superar isso, eu não vejo mais as coisas como antes, agora elas parecem estar mais coloridas.

  Semana passada fui conhecer sua família, sua mãe me tratou tão bem que fez com que eu me sentisse em casa. Sua avó é adorável e disse que já me considera sua neta (esse comentário me fez ficar super envergonhada pois ela disse isso em voz alta na frente de todos!). Apenas Gemma, que é irmã dele, pareceu não gostar muito de mim, talvez seja impressão minha, mas ela não fez questão nenhuma de conversar comigo ou tentar uma aproximação.

27/06/2013

   Diário Querido,

  Harry me disse que deveríamos tentar algo mais sério, mas para mim parece cedo ainda então pedi para ele um tempo.

07/07/2013

   Diário Querido,
 
 
  Sei que pedi um tempo a ele, mas semana que vêm nós vamos para Phoenix para ele conhecer minha família. Contei a minha mãe sobre conhecer a mãe dele e ela disse que achava aquilo injusto com ela, mas sei que isso é ciúmes.

  Quando o convidei seu sorriso faltou rasgar o rosto, sei o quanto isso é importante para ele e isso me deixou feliz.

09/08/2013

  Diário Querido,

  Faz um bom tempo que não escrevo, então agora é a hora de lhe contar as novidades; Harry me pediu em namoro, oficialmente. Ele fez isso com a ajuda dos meninos da banda, aliás, Niall é realmente um gatinho. Harry sempre fica bravo quando faço brincadeiras com ele e isso é muito engraçado. Gemma também ajudou, nós estamos nos dando bem, não é como se fôssemos melhores amigas mas já é um grande passo.

  Anteontem nós tivemos nossa primeira vez e eu não sei direito como descrever, foi um momento bem mágico, sentir suas mãos em meu corpo e seus beijos em meu pescoço foi como estar no céu. Ele foi tão carinhoso comigo, sua forma atenciosa fez com que eu me derretesse mais ainda. No fim da noite ele me disse que pela primeira vez estava amando de forma intensa, mas não sei se ele disse isso para me agradar, mas parecia ser sincero e eu sei disso pois também estava sentindo o mesmo.

  Talvez eu esteja amando Harry Styles.”

  Minha respiração estava um pouco acelerada, ler todas aquelas coisas fez algo dentro de mim se abraçar de felicidade. Eu não havia chego nem na metade do diário, provavelmente ela escreveu mais coisas sobre nós.

  - Eu não acredito Harry Edward Styles! - A voz zangada falou assim que eu ia mudar de página.

  Lentamente meus olhos subiram para a figura da mulher brava no batente da porta.

  -E-eu, só… - De repente, de uma forma bem patética, as palavras sumiram da minha mente.
 
  Isso está sendo pior do que quando ela me pegou batendo uma enquanto gemia o nome dela.

  - Eu não acredito que você fez isso!  - Caminhou até mim retirante de forma bruta o diário da minha mão.

  - Desculpa, eu só…

  - Estava bisbilhotando algo particular. - Me interrompeu de forma magoada.

  Suspirei e me levantei ficando de frente com ela. S/n me encarava brava o que me fez sorrir. Era legal saber que ela já escrevia anos atrás e sobre como ela se sentia sobre nós dois, pois era algo sincero.

  - Me desculpa. - Falei mancinho para tentar acalma-la.

  Vai que ela resolve escrever sobre isso.

  Seu suspiro alto soou pelo quarto.

  - Eu falei para você não mexer nesse negócio. - Façou balançando o diário.

  -Eu só estava curioso, me desculpa. - Subi minha mão para fazer carinho em seu rosto mas ela afastou. - S/n…

  - Eu te pedi para não ler Harry, poxa, são coisas bobas. - Guardou o caderno na gaveta da estante.

  Ela estava bem chateada, mas sinceramente eu não entendo o porquê dela estar TÃO magoada, são coisas sobre nós.

  - Eu gostei de ler sobre nós e não acho que seja coisas bobas. - Ela me encarou como se não acreditasse nas minhas palavras.  - Ah S/n, qual é? Eu gostei! 

- Você está falando sério ou está fazendo isso para me agradar? - Perguntou desconfiada.

- Amor… -Falei rindo enquanto revirava os olhos. -…eu gostei de verdade! Eu adorei ver você falar sobre mim e você, além de você ter uma ótima escrita. - Reforcei vendo um sorriso contido surgir no cantinho de sua boca.

- Se você estiver mentindo… - Falou de forma ameaçadora.

- Eu juro. - Levantei minha mão mostrando meu dedo mindinho. - De dedinho. - Ela sorriu e levantou seu dedinho cruzando com o meu.

- Seu idiota! - “Xingou" se jogando em meus braços.

Ela com certeza vai escrever sobre isso.

anonymous asked:

Hey Flo! How would you style a pair of loafers similar to these? Thank you so much xx cdnb(.)lystit(.)com/photos/2013/08/09/tods-nero-leather-loafers-product-1-12615804-080602007(.)jpeg

here are a bunch of ideas xx

nytimes.com
Grand Jury Decides Not to Charge Officer Who Fatally Shot Unarmed Youth in Bronx

A grand jury has declined to bring criminal charges against Officer Richard Haste, who fatally shot Ramarley Graham, 18, inside his home last year.

A white officer, barges into a black teenager’s house. Follows him into the bathroom, shoots him and kills him. Grand jury? Failed to indict. Is anyone really surprised?