16-de-junho

Eu sei que as chances que você leia isso aqui são mínimas e que você está bem longe daqui agora, mas se estiver lendo…por favor não pare. Hoje, dia 16 de abril do ano de 2013, faríamos 10 meses de namoro. Lembro de todos os dias 15 em que ficávamos ansiosos e esperávamos até meia noite simplesmente para mandar um “eu te amo” ou escrever uma declaração que deixava o riso mais leve. Lembro também de todas as vezes que me dissestes “nunca vou te trocar por ninguém, pequena” e meus olhos se enchiam de lagrimas de felicidade. Hoje, meus olhos d'água pesam toneladas. Dor. Saudade, falta. Saudade do que não volta mais, saudade do que se foi. Saudade das nossas brincadeiras. Promessas. Hoje não passam de palavras. Te vi partir sem olhar pra trás, sem hesitar. Sabia que estava fazendo a escolha certa, veja agora, estas tão feliz. Você se fora. Lembro que minha boca dizia “vá embora” e meus olhos sussurravam “fique, por favor”. Não sei porque cargas d'água você resolveu escutar minha boca e partiu sem olhar pra trás
—  Aposto que nem olhou no calendário.

Fogo e gelo

A maior e a segunda maior lua de Saturno, Titã e Rhea, parecem ser empilhadas em cima um da outra nesta cena true-color da sonda Cassini da NASA.

A capa polar norte pode ser visto em Titã (3.200 milhas ou 5.150 quilômetros de diâmetro) que aparecem como uma camada separada na parte superior da lua no canto superior direito.

As imagens tiradas com filtros espectrais vermelhos, verdes e azuis foram combinadas para criar esta visão de cor natural. As imagens foram obtidas com a sonda Cassini câmera de ângulo estreito em 16 de junho de 2011, a uma distância de cerca de 1,1 milhões de milhas (1,8 milhões de quilômetros) de Rhea e 1,5 milhões de milhas (2,5 milhões de quilômetros) de Titan.escala da imagem é de 7 milhas (11 quilômetros) por pixel em Rhea e 9 milhas (15 quilômetros) em Titã.

crédito: NASA / JPL