12ème traversée de paris

“… Ai ele disse assim: “Pardon, mademoiselle, mais il faut le mettre dans votre sac à mains.” E eu não entendi nada. Foi desesperador. Fiquei olhando o senhor com uma cara de tacho, ai ele teve que encenar. Foi tão bonitinho, eu vou imitar.”