*viu

No momento da traição, Jesus chamou Judas de amigo. Eu não sei como, mas eu tenho certeza que Jesus nunca mentiu. A bíblia chama Judas de traidor, ladrão… e de fato ele era tudo isso. Mas quando Jesus olhou para Judas Ele viu um amigo, Ele olhou além dos erros e defeitos de Judas.
É dessa mesma forma que Cristo nos olha. Ele olha além dos nossos erros, e eu acredito que é assim que Ele quer que nos olhemos para as pessoas também. Então seja capaz de olhar além dos erros e defeitos das pessoas. Seja capaz de ver nos outros o que ninguém mais vê.
—  Baseado em Mateus 26.50
mal te vi, bem te quis.

sabe aquele dia que a gente se viu pela primeira vez, mas não podia se beijar porque as coisas eram complicadas demais e tinha ela? comecei a te escrever e sorrir pras coisas lindas que você me trazia. mas você já conhecia todas as músicas que te apresentei, enquanto me estragou pelo menos 160 de uma só vez. mas olha, tente não me esmiuçar por gostar tanto de você. é que eu realmente adoro seu gosto secreto para músicas antigas, e as metáforas ridículas que você me lembra. 

28 de maio, 2017. 

Imagine - Liam Payne

Hoje era para eu estar publicando um pedido, mas aconteceu uma coisa muito triste ontem. Me desculpem pelo clima bad do imagine, mas a única maneira que eu tive de “desabafar” foi escrevendo. Ah, ficou curtinho, mas amanhã tem mais! Como um pedido de desculpa pela ausência. 

Eu ainda preciso de pedidos, hein?! To esperando vocês na ask! 


- Liam! – Eu gritei. Eu via Olaf se debatendo na minha frente e não sabia o que fazer.

- O que foi?  - Ele apareceu correndo na minha frente e viu Olaf o recolhendo no chão e o aconchegando no seu colo.

Eu ainda estava estática quando Liam voltou com ele enrolado em uma coberta e com as chaves do carro nas mãos.

- Segure ele, vamos agora para um veterinário. – O gato persa foi posto em meus braços com os olhinhos fechados e com a respiração agitada.

Lagrimas escorriam uma a uma dos meus olhos. Eu me sentia enjoada e angustiada. Liam andava apressado por entre os carros até chegar na imensa clínica veterinária. Eu segurava o bichinho da forma mais protetora e segura que eu conseguia.

Avisamos o caso emergencial a recepcionista que em seguida trouxe a veterinária para que socorresse Olaf.

- Bom dia, me chamo Vanessa e preciso que me expliquem o que aconteceu. – Ela pediu com calma enquanto fazia os primeiros exames no gato que agora estava na maca.

- Eu não sei. – Engoli em seco segurando as lágrimas e Liam me olhou assustado correndo para meu lado. – Quando o encontrei ele estava se debatendo no chão de maneira brusca e eu não soube o que fazer. Foi Liam que o pegou e então viemos direto para cá.

- Bom, não posso dar certeza do que aconteceu. Por isso vou precisar fazer alguns exames e ver o que eles dizem. Vocês podem aguardar?

- Claro! – Liam disse, os braços ao redor do meu corpo me tiraram do consultório e me levaram para a recepção.

As lágrimas voltaram e tudo que Liam conseguiu fazer foi me apertar mais forte e me aconchegar melhor próximo dele.

- Eu não sabia o que fazer. – Murmurei chorosa.

- Ei, não – ele me virou para ele. – Não foi culpa sua.

Se passaram longos minutos que acabaram virando horas quando a doutora voltou até nós. Com uma cara péssima que fez meu coração apertar.

- Eu sinto muito. – Ela começou. – O gato teve, inicialmente, uma convulsão que acabou virando uma coisa pior. Demorei para retornar pois ele teve duas paradas respiratórias e infelizmente não conseguimos resgata-lo durante a última.

Eu me agarrei ao casaco de Liam de forma brusca e deixei as lágrimas inundarem sua camisa. A doutora pediu licença e saiu da recepção para preparar a papelada. Preferimos pagar para que eles enterrassem Olaf em uma propriedade própria par isso; seria sofrimento demais ter que carregar o corpo morto do meu gato.

Fomos para casa de forma lenta, ao contrário da ida. Eu me sentia vazia, como se faltasse algo no meu corpo. Em casa, Liam até fez almoço, mas eu não consegui comer; não sentia vontade de fazer nada.

- Podemos adotar outro. – Liam disse rompendo o silêncio que havia se instalado na casa;

- Eu não quero mais nenhum bichinho. Não quero sofrer dessa maneira. – Me encolhi no sofá.

- Eu sinto muito, (S/A), eu sei quando ele era importante para você! – Ele sentou ao meu lado no sofá. – Se eu pudesse, arrancaria essa dor que você está sentindo. Sei como é perder um amigo dessa forma.

A noite foi mais agitada do que o dia.

Primeiro, custei a dormir. Estava agitada. Nervosa.

E então, no meio da noite, os pesadelos. Eu via Olaf se debatendo como se o “vídeo” estivesse no replay. Era agoniante. Liam me acordou mais de três vezes a noite para saber se eu estava bem por que estava me mexendo demais na cama.

Liam passou dias e noites comigo. As coisas já estavam mais calmas e eu conseguia dormir sem ter pesadelos.

Em um dia pela manhã em que eu fui tomar café na varanda, um enorme gato cinza veio chamar minha atenção esfregando-se contra minhas pernas. O peguei no colo, levando para dentro de casa. Estava sem coleira e sem nenhum tipo de identificação, o que era muito estranho.

- Mas você não disse que ia ficar sem animais em casa? – Liam perguntou meio perdido.

- Vou trocar de roupa e ver se é de alguém da vizinhança…

E assim e fiz. Andei com a bola cinza em meus braços e passei de casa em casa para saber se era de alguém. Mas nenhum dos meus vizinhos reconheceu o gato. Voltei com ele para casa e expliquei a situação para Liam que me olhava paciente.

- Fique com ele, amor. – Ele me aconchegou em seus braços e acariciou as orelhas do gato. – Talvez seja a sua chance de tentar de novo.

O gato estava dormindo em meu colo.

- Você só precisa escolher um nome. – Liam me instigou.

- Cookie. Eu amo cookies, então vou amar ele também.

Calma garota, vai ficar tudo bem, não se torture por quem​ não quer ver o seu bem, você é melhor que isso, ninguém é mais que ninguém, a vida é uma coleção de não, entenda isso, se aconteceu hoje e está te machucando, o propósito é o amanhã.Calma garota, ele é apenas alguém no meio de milhões.
Ei, vai ficar tudo bem viu, num dia você tá triste noutro não, e assim a gente vai vivendo e sobrevivendo, essa é a lei dá sobrevivência, é vencer sem temer, e sempre com a cabeça erguida, e pra ser mais exata, a vida é isso, é aceitar Alegrias e tristeza em uma só pessoa como eu, você,nois. Bem vinda ao mundo real.
—  Eu
JUNGKOOK SMUT RECOMMENDATION LIST

I just posted earlier that it’s gonna up so here it is! I promise to make one for the whole group! Some of these are already completed lol i was too lazy to sort it up thus, I will continue to update this! 

tmi, i have thousands of likes and most of them are smuts about jugkook hah thirsty bitch haha I just have to find them

LEGEND: its a smut recommendation list so smut haha but

 - au/ series

☾ - one shot smut



    these 3 are by @plumblackjeon  



     by @btssmutgalore