*char

I keep rewatching my favourite DR scenes and definitely one of my faves is this scene in episode 10 where Kiri shows Naegi the key she stole from monobear, so that he can distract him while she investigates and he is so worried for her safety and reluctant, to the point where he makes her pinky swear that she’ll return safely. he still goes through with it though and tries his hardest for her and i think the scene just perfectly shows how much their relationship has developed?? they become so communicative and devoted to each other and ugH I’M CRYING 

3

The girls said they wanted to spend some “girls time” like they always do lately so I spent the morning with him again. He’s really liked what I’ve done to the flat so far so we made blueberry pancakes and white tea to celebrate

— “Olha, a mensagem que você recebeu ontem foi um número errado. Definitivamente o número errado! Meu celular morreu no meio da tarde e eu não consegui achar o carregador – Eu nunca mandaria uma coisa daquelas para você!”

Earlier I was imagining Star Wars as a neighbourhood tabletop roleplay game. In it Palpatine is actually this really kind old man who plays this extremely evil character that has everyone going home and wondering about old man Sheev. It all got started when Sheev came over to offer everyone cookies when they were just getting started, and someone thought it would be funny to invite him over to join in on their game. 

He is sometimes visited by his son Maul who joins in for a couple sessions, and who plays a character who is also dramatically evil. Then you have Palpatine’s character beat down Maul’s character and everyone’s just sitting at the table in stunned silence. Basically their personalities are a complete flip of their actual selves. I just find that juxtaposition funny.

German motorcyclists have captured French tank Char B1 with its own name “CONDE I”. 13 June 1940 the crew of this tank.together with a tank Char B1 with its own name “FAIDHERBE” near the village of Souilly from ambush and shot German motorized column.Two hours of the battle the Germans lost 6 tanks and 12 armored vehicles.Having exhausted the ammunition ,the French tanks withdrew.Two days later,on June 15 tank “CONDE I” was abandoned by the crew due to a failure of the transmission.

I’ll Be Your Eyes | ABERTO

“CAÇADORES!”

Os alarmes buzinavam alto, quebrando o silêncio noturno. Luzes piscavam, pessoas corriam. E Archibald simplesmente levantava de sua cama, correndo, sem reclamar. Deixava os resmungos para seus próprios pensamentos. Calçou as botas e vestiu suas roupas pretas o mais rápido que pode. Saiu de seu quarto enquanto ainda vestia o casaco: “Kendrick! Myra!” gritou por seus filhos. A expressão era séria e de poucos amigos. Archibald não brincava em serviço. Ele pegou o rifle de longa distância e o preparou, quando os filhos apareceram. “Estamos sendo atacados por caçadores.” O seu walkie-talkie chiava como louco, e recebia péssimas notícias de cada baixa que acontecia. Apesar de feri-lo, o rosto de Archibald se mostrava impassível. “Kendrick, escolte sua irmã até o hospital, e o defenda. Certamente eles estarão atrás de remédios. Myra, leve sua pistola, preciso de você cuidando dos feridos, mas preciso de você viva. Eu amo vocês.” Ele beijou a testa de cada cria. “Agora vão!”

A passos rápidos, Archibald saiu de seu dormitório, e com o sniper rifle, sabia muito bem como defender seus homens. “Saqueadores, na escuta? Aqui é o Archibald.” Era seu dever saber de seus homens. “Kendrick, na escuta.”, respondeu seu filho, assim como outros nomes foram surgindo. “Eu quero saber porque as luzes continuam apagadas! Vocês querem ver seus inimigos ou não? Precisamos saber onde eles estão, estamos com a melhor visão, liguem esses malditos geradores!” E quando finalmente saiu para o pátio central, encontrou três homens. “Você, proteja os alimentos. Você, vá para o centro, irei te guiar lá de cima. E você, venha comigo.” Archibald subiu as escadas do prédio o mais rápido que pode, o rifle em riste. Quando encontrou o andar desejado, o melhor ponto para seu rifle, parou na janela, posicionando sua arma, assim como o soldado que estava com ele. As luzes finalmente estavam acesas, tornando mais fácil o trabalho de encontrar os caçadores. Um tiro no peito, e um deles caiu. Archibald puxou a alavanca, e a capsula da bala caiu no chão, tilintando. Menos um. “Escutem meninos, serei seus olhos aqui em cima. Façam o que eu digo, e nenhum de nós morrerá hoje.”