에은

Às quatro e vinte da manhã, ela acorda e me vê sentado na varanda.
— Amor, o que tá fazendo aí? Nem amanheceu ainda.
— Lembra que noite passada seu pai falou que o nascer do sol daqui é diferente de qualquer outro, mais cheio de vida, mais exuberante, e tudo mais? — Sim, eu lembro. Mas por quê isso agora?
— Então, só queria saber se ele estava falando sobre o tempo e não sobre você.
— Ah, seu bobo. - ela me disse
Ela então pegou-me pela mão, o brilho do nascer nos guiara até a cama, fizemos amor, dormimos abraçados, e mais uma vez ela acorda, naquele momento pude ter certeza, de que o “nascer do sol” era ela.
—  Rennan Alves.
Um desabafo sobre o feminismo.

Hoje, mais uma vez foi comprovado o quanto as pessoas perderam a noção do que é o feminismo. O feminismo não é em busca de direitos iguais para as mulheres? Então se a mulher quer ser dona de casa o problema é dela, se o marido tem condições de sustentar a mulher e é opção dela ficar em casa, ninguém tem nada a ver com isso e todo esse rebuliço porque disseram que a mulher é “bela, recatada e do lar” não tem o menor sentido. E gente, vamos ser muito sinceras, é muito raro achar mulher “recatada” hoje em dia, digo até mesmo me incluindo nisso. Enfim, só queria dizer que to de saco cheio desse feminismo barato e ridiculo que só serve pra causar barulho sem sentido e que coloca a mulher como se ela fosse obrigada a ter um emprego, a saber trocar uma roda de carro ou encher a cara! Mulher tem que ser o que ela quiser e bem entender, se ela quer ser dona de casa, que ela seja. Se ela quer ser médica que seja, se ela quer ser diplomata, que seja! Eu apenas queria que houvesse menos mimimi e mais luta digna e sensata pela mulher!