陸軍大学校

Dimenticarti è poco e non ha senso,
niente mi sposta dal punto che mi hai dato.
Sono troppe le cose a cui,
di colpo, hai tolto luce e fiato:
sono pezzi di vita che,
a fatica, avevo costruito.
Grazie di tutto, eternamente grazie.
—  Biagio Antonacci
Eu lembro, te vi tão longe e você falava com alguma amiga sua, então você sorriu e algo em mim surgiu.
—  Beatriz Nascimento

O cenho de Jin se franzia conforme a garota era trazida de volta a realidade após seu longo momento de distração. Não fazia ideia do que a pessoa a sua frente falara, nem mesmo se havia se dirigido a ela de fato, por isso resolveu tirar a dúvida. — Vou ser bem sincera e dizer que não prestei atenção em nada do que falou… Tampouco sei se era comigo. — Bufou desviando o olhar por um segundo. — Vai repetir ou posso voltar para minha paz de espírito momentânea? E por paz eu quero dizer bebida alcoólica.

A noite estava apenas começando e Sayu já estava mais que entediada, andava por entre o festival a passos despreocupados não prestando atenção em nada especial, já tinha ido a tantas dessas festas que conseguia prever a maioria das coisas que aconteciam normalmente, precisava de algo novo para se entreter e talvez fazer o tempo passar mais rápido. “Será que é pedir muito pra algo interessante acontecer?” Pensou alto para ninguém em especial sendo logo seguido por um longo suspiro da mesma, se sentou em uma calçada perto do mar onde aparentava ter menos pessoas, mas ainda assim tendo uma boa quantidade delas. “As pessoas são tão previsíveis, chega a ser entediante.” Disse com a voz neutra enquanto encarava um grupo de pessoas gritando e derramando bebidas uma nas outras, rolou os olhos com a imagem.

Não era o primeiro tão pouco o segundo elogio que recebia naquela noite. Humanos encaravam a figura radiante de Saeron com uma admiração descontrolada, como sempre. O sorriso perfeito de Saeron quase se desfez ao encontrar os olhos de um dos humanos que a observava. Seu rosto era idêntico ao de um homem que matara rescentemente. Naquele momento pôde ter certeza de que viu o sangue vívido escorrendo pelas roupas claras do jovem, assombrando-se pela imagem por alguns breves segundos. “Hoje não”, murmurou para si mesma, enquanto segurava as saias transparentes com uma das mãos enquanto caminhava pela areia. O cabelo ruivo sendo iluminado generosamente pelas tochas em meio ao povo. Amava aquele festival como amava poucas coisas na vida, e sua mente agradecia pelo descanso de seus deveres com a bruxa do mar. Mesmo que o pingente em formato de ostra que carregava no pescoço, responsável por sugar os corações que arrancava, emitisse vibrações como se fosse um animal faminto. Estava tão distraída com seus próprios pensamento que chegou a se assustar com a mão que tocou seu ombro. Apenas por alguns segundos, tão logo, exibia um sorriso no mínimo assombroso. — Os deuses do mar não acatam pedidos, mas ouvi dizer que as sereias gostam de se alimentar em festivais.

7

Do you remember the Shapeshifter AU?
Yes, we are still super into this hellhole ( ͡◉ ͜ʖ ͡◉)
More character [ HERE ] ❤