部首

a questão maior de se ter uma doença psicológica é que a gente nunca acredita realmente que a tem. colocamos a culpa na nossa personalidade, dizemos que somos preguiçosos demais, dramáticos demais. dizemos que é tudo nossa culpa a vida não sair do lugar, que não passamos de baitas folgados que querem vida mole, cultuamos ódio próprio. a questão maior de se ter uma doença psicológica é que ela é contraditória, sua existência nega a si própria, colocando todo o peso em nossa essência como se já fossemos desse jeito por natureza. buscar e aceitar ajuda quando você tem a impressão de que tudo isso é só drama da sua cabeça é mais difícil do que parece.

9

momos eu tô sem pc e a carol não tá podendo postar muito então tô precisando de mais uma cabeça pra ajudar com o tumblr, quem quiser me chama na dm mas precisa conquistar minha confiança e saber fazer uns icons/headers top é isto *_*

meu twitter é o @csbeIIos beijos tchau

baby você me cansa
se acha tão cheio e superior mas é tão fútil e meio merda como todos nós
não consegue aceitar um A diferente do seu
acha que todo mundo é burro e não tem opinião própria só por ter igual a de um sujeito x
e isso é tão chato
você é tão entediante
sinto muito por você ser assim
você poderia ser tão legal

Amor é eterno, as pessoas não

Tem uma coisa sobre o amor que as pessoas não entendem: ele é eterno, as pessoas é que não são.
O amor existe antes de nós nascermos e continuará depois que nossos corpos deixarem de existir. Agora, nesse momento, em qualquer canto dessa pedra redonda no meio do nada, existe uma história de amor sendo vivida por alguém. E isso é milenar! O amor é eterno porque sempre se renova. O amor morre em um lugar, mas nasce em outro. Morre em uma pessoa, mas nasce em outra. E assim será indefinidamente até que esse planeta também exploda e morra, e provavelmente, o amor irá se manifestar em outro lugar do cosmo. O amor e suas transformações é o que dá a eternidade para esse sentimento.

Nós é que não somos eternos. Nossas relações são programadas para acabar. E ainda que achemos alguém que caminhe a vida toda ao nosso lado, não venceremos a morte. Essa boa senhora irá ou levar quem amamos, ou tirar-nos delas, caso a própria vida não nos traga de outra forma esse gosto amargo antes desse inevitável natural.

Teimamos em sofrer achando que conosco será diferente, que nossa relação será diferente, que nosso amor irá perdurar para o infinito e além, que a pessoa quem amamos é diferente de todas as outras, e que nosso amor será a exceção entre bilhões de histórias amorosas que também sonham com essa utopia e que não a alcançam. E quando a relação precisa chegar ao fim, sofre-se terrivelmente porque ao em vez de termos tomado a consciência e a certeza que o fim virá, de uma maneira ou de outra, fazemos o contrário, criamos relações cujo os pilares são sonhos imateriais e sensíveis aos abalos sísmicos da realidade.

Se todos nós compreendêssemos que o “para sempre” não existe e que na realidade o amor não supera todas as coisas, iríamos ver a beleza e o valor real da pessoa que temos ao nosso lado. E ao em vez de prometer e jurar condições que jamais poderão ser cumpridas, daríamos valor a cada momento com essa pessoa porque cada momento poderia ser o último, e um dia de fato será. Como você agiria se soubesse que hoje será a última vez que vocês irão sair pra tomar um sorvete? Que será a última transa? Que aquele selinho habitual de despedida será o derradeiro? O último olhar? O último telefonema? Que o último “eu te amo" verdadeiro será dito hoje? Se tivesse essa certeza, não teria uma beleza única nas pequenas e mais íntimas coisas entre vocês? Você brigaria por causa daquela coisa idiota? O que você deixaria para trás ao saber que hoje você terá seu último momento com o seu amor, e que amanhã ele conhecerá outra pessoa, ou que você irá conhecer outra pessoa, ou que a própria morte virá buscar um de vocês e você não poderá fazer nada para mudar o futuro?

Ter a certeza do fim e de que tudo acabará é libertador. Saber aceitar isso e enxergar através do véu da ilusão de amor perfeito, é conhecer uma beleza única que poucas pessoas conhecem. E ironicamente, conhecer essa certeza é a melhor chance que você tem de viver com o seu amor até o fim da vida.

Não tenham medo de enxergar a beleza do fim, porque toda verdade se esconde por trás de uma figura assustadora. A verdade não gosta de curiosos e levianos. Pensar sobre o fim e a morte das relações é algo que ninguém se ocupa pelo medo e horror, mas isso é apenas uma máscara para afugentar os intrusos ou os medrosos indignos da natureza divina da verdade. Mas ao transpor essa barreira, é como atravessar o Inferno e encontrar Shangri-La.

E mesmo após tudo encontrar o seu fim natural, aquele amor sempre ficará guardado na sua “heart-shaped box”. Alguns se transformarão em boas lembranças, outros em ressentimentos terríveis difíceis de digerir. Mas tudo é amor e ele sempre continuará vivo, independente da forma, seja ela boa, ou ruim… E se você tiver a consciência de que tudo pode ser o último momento, você viverá plenamente e evitará as banalidades que envenenam as relações.

O amor é polar, positivo e negativo. E é por isso que ele é um sentimento tão belo e sublime quando entendemos sua realidade negativa, e doloroso e difícil quando escolhemos ver somente seu lado positivo. O amor real é mais do que simples comédia-romântica. Quanto mais cedo entendermos isso, melhores relações amorosas nós teremos.

Vin.

Questo mondo fa schifo
Non vedi quante cose danno fastidio
Qualunque piano avevi in testa é fallito
Nessuno é vero, questa é l'era del finto.
—  Izi ft. Fabri Fibra (Dopo esco)
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. I Coríntios 13:4-7

anonymous asked:

M!A: genderbend

Bang Christian. 22 anos. Francês. Cigano. Curso de dança e Clube de Natação e do Comitê de Boas Vindas.

É um pouco muito convencido sobre sua aparência, por isso não nega um oportunidade para quem queira tirar um pedacinho dele. 

Se for para conquistar alguém ou até mesmo mimar, não exita em fazer as vontades da pessoa, chegando até mesmo a ser romântico. As vezes isso pode ser interpretado de forma errada, mas não é ele quem vai falar.

Adora estar com uma bebida na mão e o cigarro na outra.

Se quiser conquista-lo, um conselho: não fale mal de suas crenças. Isso faz com que o rapaz ganhe outra personalidade, chegando a ser um pouco violento quando perde a paciência.

Gosta de roupas soltas e frescas, podendo usa-las até mesmo um pouco abertas de mais.

Se ao menos conseguíssemos enxergar a infinita cadeia de consequências que resulta das nossas pequenas decisões. Mas só percebemos tarde demais, quando perceber é inútil.
—  Quem é você, Alasca?

Talvez a gente se conheça de novo um dia…
E talvez meu coração já não seja mais seu,
tenha aprendido que amar e ser amado são coisas difíceis;
Que amor não se implora e não é fácil de achar.
E que se não acontece naturalmente, vai embora repentinamente.
E entenda que é difícil, mas quando é de verdade, não queima, aquece.

Você precisa entender o meu jeito. Às vezes ficarei sem palavras por um minuto ou dois. Ficarei triste quando houver algo de errado com o meu dia. Eu ficarei cansado e me sentirei mal por causa do estresse que me rodeia. Posso ficar com raiva por dias, quando alguém me diz algo que não gostaria de ouvir. Eu jurarei nunca mais criar expectativas, mas sempre que uma nova chance aparecer estarei lá para quebrar a cara outra vez. Quando tudo dar errado eu vou surtar, da maneira mais incrível que você já viu. Agora quando tudo dar certo, serei a pessoa mais iluminada que seus olhos já enxergaram. Sim, às vezes eu serei uma tempestade para sua vida ensolarada ou uma onda perturbadora para suas marés calmas. Sei que muitas vezes eu serei uma incógnita para você, passarei uma imagem fria e deslocada, mas, entenda, a minha intensidade para com a vida me esgota, nada aqui é de mentira, tudo é oito ou oitenta. Tenha paciência comigo, pois, mesmo eu tendo esse jeito todo estabanado de ser, aqui dentro é puro amor. Às vezes a vida pode ser inimiga, nos fazendo passar por fases tão difíceis, mas saiba que eu estou aqui. De cara fechada, um humor quase insuportável, mas estou aqui para o que você precisar. Pode deitar no meu colo, eu te faço um cafuné e você me ajuda a relaxar e a estampar um sorriso largo em meu rosto. Eu sou tormento, eu sei, mas estando ao seu lado e sabendo que você se dispõe a me compreender, meu bem, com o tempo os dias serão os melhores que poderemos viver.
Lidando com a realidade, sou difícil e complicada. Jamais negarei isso, faz parte de quem sou e do que me tornei durante esses anos. Eu garanto a você que se pudesse ser perfeita eu seria, durante anos tentei e me comprometi em ser a melhor pessoa que eu poderia mas jamais consegui. Porquê? Óbvio que perfeição não existe. Aí me apareceu você com esse errado tão certo que me encheu os olhos e me fez ansiar por um toque que nunca tive, por um momento que sempre esperei. Aguardei de olhos fechados sua espera e então, com a sua chegada aguardei pelo momento em que um seria eternamente do outro. Sem títulos, denominações e coisas impostas, apenas nós, juntos com um nó apertadinho. Desde o primeiro momento eu senti aquela sensação estranha dentro de mim, como se estivesse sendo preenchida da melhor maneira possível.  E se preencher com banalidades é tão simples, gostar de alguém também é… mas então quando chegam as dificuldades e os problemas, é fácil virar as coisas e desistir, contudo eu te fiz uma promessa e não estou cumprindo-a apenas pelas palavras que eu disse mas sim por ter a consciência de que é com você que eu quero estar, até o final dos tempos. Posso dizer que percebo que quando as coisas são abstratas é fácil querer, prometer, ansiar, almejar, sentir vontade de… mas é difícil de organizar tudo na mente e no coração. Nós somos abstratos, é um mero desejo, vontade e querer que carrego comigo diariamente desde que reconheci que não existia simplicidade no nosso relacionamento. Ansiar por algo que pode nunca chegar pertinho de você machuca o coração sabe? E eu te anseio, preciso de você de maneiras incompreensíveis aos olhos, mesmo que os olhos sejam as portas da alma me sinto pequenina perto de você porque você controla tudo, você me tem como ninguém teve não é algo de coração e sim de alma. Quando duas almas estão entrelaçadas pelos fios invisíveis tudo ganha um novo brilho. Não é apenas a cor, não é sair de um escala cinzenta para ser colorido, é um brilho e viscosidade diferente. Nem tudo que tem cor é bonito, é necessário aprender a apreciar os tons escuros para pertencer um ao outro. É um querer completamente insano que faz perder a cabeça. Meus defeitos poderiam ser melhores, ou se não existissem seria o ideal. Eu odeio a maneira de não ser completamente perfeita aos seus olhos, de não ser a sua menina, de não ser o que completa cada parte sua. Quero fazer você feliz, quero que não sejamos apenas uma promessa ou um ideal formado na minha mente conturbada, quero que seja real e não falo apenas de toques ou sensações e sim falo do sentimento, de olhar nos seus olhos e sentir tudo isso esbaldando-se dentro de mim. Minha maior vontade seria um nós concreto e render minha vida a você, sem os medos do que virá depois e ser apenas o momento, aproveitar os dias, ter a sensação de que pertenço a ti não apenas meu corpo mas também minha alma. Um nós impossível de ser destruído, intocável aos seres e abençoado por Deus.
—  Enquanto esperava você.