©©©

Kapag may sinabihan ka ng "I love you" at gustong umangal,

Sabihin mo na “Huwag kang umangal. You’re just an object to my sentence. Wala kang magagawa because you’re just an object. Gumawa ka na lang ng sarili mong sentence.”

Vamos lá, me dê um motivo para sorrir. Me dê um motivo para sorrir por você, pra você. Quero dar aquele sorriso só teu, mas preciso de um motivo muito bom mesmo. Nesses dias nem sorrir que é bom e fácil estou conseguindo mais. Quero um motivo concreto, imutável. Ainda estou esperando o motivo, anda, você sempre conseguiu isto tão fácil. Sempre arrancou-me sorrisos de toda à parte. Sabe, aqueles dias em que não tínhamos nada para fazer, e você dizia-me algo, mas algo bem idiota e eu sorria ? Lembras disto ? Lembras de como meu sorriso era naquele dia ? Aquele sorriso era verdadeiro, oh se era. Você dizia-me que ele era lindo, e era mesmo. Estou à sentir saudades dele, já. Mas que estranho, não ? Sentir saudade de seu próprio sorriso. Podemos matar à saudade à qualquer momento, já que o riso é nosso, alguns poderiam dizer-me. Mas não, não estou com saudade de qualquer sorriso. Mas sim de meu sorriso mais verdadeiro, espontâneo. Aquele dedicado à ti e à nossos momentos mais felizes juntos. Quero eles de volta. Quero momentos bons ao seu lado, momentos novos, velhos, vividos… Vamos revive-los, recriá-los e criar outros novos. Vamos ?
—  Aquele meu sorriso teu, Verbalizando Sentimentos