vasti

85 dias: Ester ou Vasti?

"Porque a notícia do que fez a rainha chegará a todas as mulheres, de modo que desprezarão a seu marido, quando ouvirem dizer: Mandou o rei Assuero que introduzissem à sua presença a rainha Vasti, porém ela não foi." Ester 1:17

Nesta história temos um marido já bastante descontrolado por causa da bebida que manda chamar sua esposa. E, esta se recusa a obedecer. Não era um homem qualquer. Era o rei. Não era uma esposa qualquer, era a rainha. Ambos eram muito observados por todos. Além da desobediência, houve  desrespeito. Respeitar ao marido é um mandamento de Deus para as mulheres.  

“… a esposa respeite o marido”.  Efésios 5:33b

Quando uma rainha não obedece ao seu marido, o rei, está ensinado a todas as demais mulheres que podem fazer o mesmo. Deu exemplo. Este exemplo já é um desrespeito. Não importa se o homem está alcoolizado, se o homem é ou não é convertido. A mulher tem que sempre respeitar seu marido tanto no falar como no agir. Falar com cordialidade, mesmo que ele não o faça. Agir com serenidade mesmo que ele faça o oposto. 

"Pelo contrário, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça." Romanos 12:20

Se agindo assim com um inimigo, amontoa brasas vivas em sua cabeça, imagine fazendo com quem se ama, com o homem de sua mocidade, seu amado. 

"Mulheres, sede vós, igualmente, submissas a vosso próprio marido, para que, se ele ainda não obedece à palavra, seja ganho, sem palavra alguma, por meio do procedimento de sua esposa, ao observar o vosso honesto comportamento cheio de temor." 1 Pedro 3:1-2

Não é com o muito falar que se ganha alguém para Cristo. Mas com o proceder diário, com o respeitar constante. Sim uma esposa prudente agindo assim, poderá ganhar para Cristo o seu marido naquilo que ainda não obedece a palavra.

Como você quer ser? Como Vasti ou Ester? Vasti perdeu tudo. Ester salvou o seu povo e glorificou a Deus!

ROBERT.

the only positive thing i have to say about this photograph is that your wife is, as ever, incredibly lovely because YOUR OUTFIT IS THE MOST TRAGIC THING I HAVE EVER SEEN.  (excepting, possibly, your other tragic outfits and/or the film lawrence of arabia.  but i digress.)

do you know how many insipid greeny browns you are wearing robert? 

seven.

you are wearing seven different shades of the same color.

i honestly thought i had plumbed the horrific and unfathomable abyss of your color incompetence but NO, IT HAS REACHED APPROXIMATELY THE DEPTH OF THE MARIANA TRENCH, robert this is appalling.

here is a handy bullet list of all the horrible browny greens.

  • the wide stripe on the hat
  • the thin stripe on the hat
  • the hideous hat itself which would honestly be much improved by a good soaking of gasoline and perhaps a match
  • the background of your tshirt
  • the pattern on your tshirt which robert i cannot even tell what that is.  it seems vaguely vinelike in nature and looks like something my enormously unartistic little sister would draw
  • the fact that you have owned this shirt for ages which is inexcusable robert because you are a multimillionaire and can afford better clothes than this
  • the background of your pants
  • THE CROTCH-LEVEL STRIPE ON YOUR PANTS. honestly robert that stripe is incredibly ill-placed and also completely unnecessary.  you are a movie star.  everyone is going to be looking at your crotch anyway.  there is NO NEED TO DRAW ATTENTION TO IT PARTICULARLY.

in fact the only thing on your body that is not an insipid greeny brown is the stripe of what might be your man purse, which i have to SIDE-EYE ON PRINCIPLE.

robert.  just….just stick to purple for me, will you? 

Another side I

—Desde que te fuiste, en esos pequeños 6 meses, atravesé cientos de cosas.
Algunas personas me abandonaron, otros me rechazaron, otros me hicieron reír como no lo hacia en algún tiempo. Otras veces conocí lugares hermosos por mi propia cuenta, escribí cuentos y poemas bellos, otros baratos, y otros que no vale la pena mencionar que existieron. Lloré, grité, sonreí, disfruté, me plací entre las caricias de mujeres bellas como nunca has visto, y me regocijé con la compañía de viejos conocidos.
Pero sin importar lo que estuviese viviendo, el lugar donde estaba, la felicidad del momento, la agonía por la que pasaba o la belleza de la mujer que estaba frente a mí, nunca dejé de pensar en una sola cosa.
— ¿En qué? Tu no eres la clase de persona que piensa demasiado en a…
—En ti.

Pensé que bromeaba; no sería la primera vez. Pero la manera en que miraba directamente a mis ojos y el brillo que había en ellos me hacía dudar de ello.

—Basta. Sabes que no me gusta que bromees así—respondí.

Di media vuelta y me dispusé a irme pero, como si él pudiera leer mi mente, me tomó del brazo, y con fuerza y gentileza me forzó a voltearme hacia él una vez más. Esta vez, sin embargo, no dijo nada, sólo me golpeó con una profunda mirada a los ojos, pusó su mano en mi otro brazo y entonces… sucedió.
El hombre al que yo le había robado tantos besos, tanto tiernos como pasionales, me besó a mí con labios adivinos que me mostraban un futuro aún más surreal que el de mis fantasias, un mundo en el que él y yo caminábamos tomados de la mano bajo el atardecer, un destino en el que sus miradas profundas y amorosas serían el desayuno de mis ojos cada día que despertáramos viéndonos el uno al otro.
Sus manos descendieron de mis brazos a mis manos tan sólo para poner sus dedos en cada uno de los pequeños huecos que se forman entre los míos, como si de un sencillo rompecabezas de 20 piezas se tratara.
Y, finalmente, antes de separar su cuerpo del mío mordió mi labio inferior para mostrarme una última visión, la más importante: vi un mundo en el que nunca más estaríamos separados.

Escova progressiva a Base de Caviar e 0% de Formol.
Apenas Rs 100,00 (qualquer tamanho de cabelo).
Vasti - Centro de Beleza e Estética.
(82) 3357-9025
Av. Álvaro Calheiros, 228 - Jatiuca.
#beleza #escova #estética #vasti

© Christian Schloe, Fly me to Paris


[…]
Felice chi con ali vigorose,
le spalle alla noia e ai vasti affanni
che opprimono col peso la nebbiosa vita,
si eleva verso campi sereni e luminosi!

Felice chi lancia i pensieri come allodole
in libero volo verso i cieli nel mattino!
Felice chi, semplice, si libra sulla vita e intende
il linguaggio dei fiori e delle cose mute!

- Charles Baudelaire, Spleen e Ideale III - Elevazione