teledramaturgia

Valéria, você acha que existe preconceito da classe intelectual contra as novelas? Eu estive pensando, será que isso provém do fato de que novela é um produto popular?

Tradicionalmente no Brasil existe (pre) conceito contra tudo o que é popular. Fomos colônia e ao nos tornarmos independentes continuamos sendo colônia em termos culturais. Tudo o que vinha de fora – primeiro da França; depois, também da Inglaterra e da Alemanha; e desde a II Guerra, dos EUA – era melhor, mesmo que você não entendesse a letra da música ou o que os atores de teatro estavam falando. Há, também, o fato da telenovela, assim como o romance Hartlequin, só para citar outro exemplo, ter sido associada ao feminino. E tudo o que tem as mulheres como alvo principal, é depreciado, é tratado como inferior. Quando os homens passaram a admitir que viam novela (*Irmãos Coragem de Janete Clair*), a novela das oito (*nove*) passou a ser vista como “cult”, como palco da discussão dos grandes temas nacionais e subiu no conceito de muita gente. Ainda assim, o preconceito persiste, mas não vejo muita diferença entre os seriados americanos intermináveis ou os mangás e as novelas brasileiras. São material popular e são em grande escala obras abertas, isto é, o público tem muita influência sobre o destino da trama e das personagens.

Isso não quer dizer que tudo o que é popular é bom, ou que se deva gostar de um produto simplesmente para fugir do rótulo de elitista ou preconceituoso. Há quem sinta culpa por não gostar de funk, por exemplo. Mas não é seu direito não gostar? O problema é estigmatizar e rotular quem gosta, veja bem, não criticar o material em si. Ninguém vai, por exemplo, me fazer sair por aí elogiando Valeska Popozuda e Mr. Catra, porque o funk é expressão da música popular brasileira – de origem pobre e nega – e eles são discriminados por causa disso. A música que eles fazem é de baixa qualidade e vulgar (*carregada de estereótipos de gênero, pornografia e palavras de baixo calão*) e eles não são bons exemplos para ninguém, mesmo economicamente bem sucedidos. A telenovela é uma mídia que ganhou contornos nacionais e tem servido para várias coisas:

1. Distrair → seja no sentido literal mesmo, você quer descansar, rir, sonhar, ou para desviar a atenção daquilo que “realmente” é importante. Nas últimas semanas, a atenção de muita gente ficou centrada em Carminha X Nina e todo o rosto parecia irrelevante.

2. Educar → Não deveria, mas como disse a Glória Perez em uma entrevista, as telenovelas acabam ocupando essa função dada a fragilidade do sistema educacional brasileiro. Assim, elas colocam valores em discussão, fazem o chamado merchandising social, e vem ajudando a mudar (*para melhor e para pior*) certos comportamentos.

3. Promover uma agenda política → Sim, porque novelas já ajudaram a eleger candidatos, criticar e elogiar governos. E isso, de novo, para o bem, ou para o mal. Autores de novelas durante a Ditadura usaram a telenovela para criticar o governo, assim como a Globo continua fazendo isso para empurrar seus interesses políticos.

4. Construir uma Identidade Nacional → as telenovelas ajudaram a fazer a transição do Brasil rural para o urbano. Isso é amplamente estudado pelos estudiosos. Houve estudos várias matérias recentes falando da questão do controle de natalidade, a diminuição do número de filhos por família ter sido estimulado pelas telenovelas, assim como a aceitação do divórcio (*a hipocrisia em relação à questão era assustadora*) e outros aspectos sociais mais contemporâneos terem sido impulsionados pela telenovela. É claro, que as novelas também vendem para o Brasil e o mundo, uma imagem de um país mais branco do que é. Além de promover o trinômio carnaval-mulher bonita-futebol ou que o Rio de Janeiro – mais especificamente a Zona Sul do Rio – seria a nossa face genérica com a praia dominando a paisagem.

Agora, isso não quer dizer que eu não perceba uma perda de qualidade na teledramaturgia, uma idiotização, uma repetição de clichês e arranjos, fora o aprisionamento de certos atores e atrizes a alguns personagens-tipo. Isso é péssimo, mas há vários fatores atuando aí, desde a burrice da classificação indicativa até os interesses econômicos que se impõem em alguns momentos. Enfim, há (pre) conceito contra a telenovela? Sim, como contra tudo o que é popular, mas há, também, o reconhecimento desse produto que ganhou contornos genuinamente nacionais. Gosta quem quer, assiste quem quer. E o bom do tempo em que vivemos é que a maioria de nós não precisa ser prisioneiro de nada. Internet está aí para isso mesmo.

Manga, Anime, Cinema, História, Feminismo, etc. Responderei se puder!

HÁ 30 ANOS O BRASIL PERDIA JANETE CLAIR, A MAIOR ESCRITORA QUE O BRASIL JÁ TEVE. 

Janete Clair foi responsável pelo reconhecimento internacional da teledramaturgia brasileira, foi em uma novela sua que pela primeira vez foi montada uma cidade cenográfica, foi uma novela sua que teve telespectador masculino e um recorde até hoje nunca batido 100% de audiência. 

Débora Bloch comenta amizade com Domingos Montagner: ‘Sempre ajuda em cena!’

Uma dupla de talentos consagrados na teledramaturgia da Globo está prestes a retornar às telinhas. Domingos Montagner e Débora Bloch contracenam em Sete Vidas, próxima novela das seis. Em entrevista à revista Tititi, a atriz, que vai viver Lígia na trama dirigida por Jayme Monjardim, não economizou elogios à parceria com o amigo.

“Eu…

Conheça mais sobre "Mil e Uma Noites", nova novela da Band, sucesso mundial

Conheça mais sobre “Mil e Uma Noites”, nova novela da Band, sucesso mundial

A Band leva ao ar a partir do dia 9 de março a novela “Mil e Uma Noites”. Sucesso absoluto no mundo todo, a atração gravada nas belas paisagens da Turquia será exibida de segunda a sábado, às 20h20, logo após o “Jornal da Band”. Com essa estreia, a emissora volta a apostar na teledramaturgia em sua programação. “Com uma trama simples que fala de amor, ódio e desejo, a produção resgata a fórmula…

View On WordPress

New Post has been published on Jornal Manchete Digital - Notícias Online

Novo post foi publicado em http://manchetedigital.com.br/2015/02/25/band-volta-a-apostar-na-teledramaturgia-com-novela-gravada-na-turquia/

Band volta a apostar na teledramaturgia com novela gravada na Turquia

Daniel Marcusso”Mil e Uma Noites” estreia na Band no dia 9 de março. Novela é um fenômeno mundial e foi comprada pela emissora
Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

Cenas da novela ‘Mil e Uma Noites’
Foto: Reprodução

A Band volta a apostar na teledramaturgia. A partir do dia 9 de março, às 20h20, estreia “Mil e Uma Noites”, novela produzida pela TMC Film, comprada pela emissora após se tornar um fenômeno mundial.
Lançada em 2007, a trama, que tem como título original “Binbir Gece”, conta a história de Sherazade, uma arquiteta viúva, mãe de um menino de 5 anos portador de leucemia e que precisa de muito dinheiro para bancar o tratamento da criança. Odiada pelo sogro milionário, que se nega a pagar o tratamento do neto, ela recorre ao chefe que faz uma proposta indecente: paga o que for preciso se ela passar uma noite com ele. Isso fará com que Sherazade reflita se vale a pena abrir mão de sua honra para salvar a vida do filho.
Com um enredo simples, a atração alcançou números de audiência expressivos no Oriente Médio, no Leste Europeu e mais recentemente na América do Sul. No Chile, por exemplo, o canal Mega costumava registrar cinco pontos de audiência antes da exibição da novela. Após a estreia, no ano passado, os números chegaram a 35 pontos de média.
Na Argentina a situação foi parecida. A trama está sendo exibida pelo Canal 13. A emissora dobrou sua média de audiência na faixa horária da novela, chegando aos 20 pontos e vencendo a concorrente Telefe, que exibe no mesmo horário a novela Leia mais

Source: Band volta a apostar na teledramaturgia com novela gravada na Turquia

    

Cássia Kiss Magro aposta em vestido floral para fazer compras em shopping carioca

Cássia Kiss apostou em um modelito bem despojado para poder circular por um shopping carioca, na tarde desta quinta-feira (26).

De vestido com estampa flora e tênis, a atriz, que é um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira, fez algumas compras e passeou, aproveitando um tempinho livre na sua agenda corrida.

Recentemente, Cássia brilhou no papel de uma…

Cássia Kiss Magro aposta em vestido floral para fazer compras em shopping carioca

Cássia Kiss apostou em um modelito bem despojado para poder circular por um shopping carioca, na tarde desta quinta-feira (26).

De vestido com estampa flora e tênis, a atriz, que é um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira, fez algumas compras e passeou, aproveitando um tempinho livre na sua agenda corrida.

Recentemente, Cássia brilhou no papel de uma…

Cássia Kis aposta em vestido floral para fazer compras em shopping carioca

Cássia Kis apostou em um modelito bem despojado para poder circular por um shopping carioca, na tarde desta quinta-feira (26).

De vestido com estampa flora e tênis, a atriz, que é um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira, fez algumas compras e passeou, aproveitando um tempinho livre na sua agenda corrida.

Recentemente, Cássia brilhou no papel de uma…

Dani Calabresa entra na mira de autor de novela, segundo jornal

Dani Calabresa pode fazer novela na Globo, diz jornal AGNews

Dani Calabresa pode seguir o caminho de Tatá Werneck e Monica Iozzi e acabar na teledramaturgia da Globo.

Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, desta quinta-feira (26), já tem autor de novela de olho da nova integrante do Zorra Total.

Monica Iozzi está no ar em Alto Astral, enquanto Tatá Werneck, após fazer sucesso em Amor à Vida, está gravando I Love Paraisópolis.

Leia mais

Doente, Dani Calabresa desfalca bancada do CQC 

Após ser flagrado traindo Dani Calabresa, Marcelo Adnet se irrita com assédio de paparazzo

“Os filhos virão em três ou quatro anos”, avisa Dani Calabresa sobre família com Marcelo Adnet

Fabíola Reipert: Dani Calabresa está sendo hipócrita:

Record exibe nesta terça (24) último episódio de ‘Milagres de Jesus’; Confira resumo

Após a volta da série ‘Milagres de Jesus’, o canal chega ao fim um ciclo de grandes realizações, tanto em âmbito de audiência tanto em âmbito de reconhecimento na teledramaturgia.