Vista da estação Imperatriz Leopoldina da CPTM.

Zona Oeste de São Paulo

———

A eterna incerteza, de se um dia terei a certeza de algo…

As vezes é bom simplesmente parar, e olhar assim, para um horizonte…

Pois vejo que nao vivo em nenhum em paraiso, e sim numa enorme e violenta selva de pedra, onde poucos tem muito e muitos tem muito pouco… onde a luta diária de cada um é por destaque profissional e financeiro, onde a luta por status é algo que só chega ao fim, quando a vida de quem está nessa busca encontra a tão temida luz…

As vezes paro e penso… Atrás do que estou correndo? onde toda essa luta e todo este esforço irão culminar? …

E então só vem uma resposta na minha cabeça…

Que é:

-Tudo o que eu faço, e por tudo o que eu luto, é por um ideal de perfeição que talvez nem exista. Pois muitas vezes desisto de buscar minha felicidade em pessoas, e me conformo com a passageira alegria proporcionada por um simples eletrônico que em poucas semanas se torna obsoleto…

As decepções com as pessoa viventes ao meu redor, fazem com que eu perca, muitas vezes, a esperança de um dia, em uma delas, encontrar esta tão sonhada felicidade…

Daí as vezes me pergunto.

-E essa tal de felicidade… Ela existe mesmo?

E então só vem uma resposta na minha cabeça…

- Que isto é algo que eu só vou saber, se um dia encontrá-la… e que enquanto isso, tudo de que vou desfrutar, e de passageiros momentos de alegria…

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video