Nos conhecemos no dia 19 de agosto de 2011. Vi teu sorriso de longe e achei-o lindo.. Perguntei as minhas amigas, se te conheciam, me falaram que tu eras um “idiota” que não valia a pena tentar nada, eu nem tinha pensado nisso, mas tudo bem. Então, desde ai, todas as manhãs de quinta-feira, na aula de educação física, eu te via, com teus amigos, e continuava achando teu sorriso lindo, e agora, mais decididamente, queria-o pra mim, porém, não tive coragem de ir falar contigo.. Até que, no dia 10 de outubro, a gente se esbarrou no final da aula, cairam todos os meus livros, você me ajudou a pega-los, então, nós começamos a conversar, desde este dia, viramos muito amigos, melhores amigos, e você nunca soube desse meu amor, sempre quis contar, mas havia muitas coisas no caminho. Você me contava tudo, e eu sabia que não daria certo. Pois então, passou-se dois anos. Meu amor só ficou maior. E a vontade de contar também. No dia 5 de março de 2012, você estava na minha casa, eu queria te mostrar algumas fotos e quando fui pegá-las, meu diário caiu junto, foi ai, que você o pegou, entrou no banheiro, eu quis muito que tu lesse mesmo, mas ao mesmo tempo tentei impedir.. Mas não funcionou. Você se trancou no banheiro e só saiu de lá 20 minutos depois, assustado, porém, com um aquele sorriso lindo que estava na primeira vez que te vi. Veio ao meu encontro, me abraçou, e disse que me amava muito, que sentia o mesmo, desde sempre, fiquei muito feliz, nos beijamos, então, ai então, fui a menina mais feliz do mundo. E hoje, estamos fazendo 1 ano de namoro, com nossas brigas, desacertos, beijos, sorrisos, sorvetes, brincadeiras, filmes, fotografias, pensamentos, mensagens, ligações, e tudo mais que passamos juntos, e juro, que não posso ser mais feliz.
—  Nosso final feliz foi o mais lindo que já vi, Nathália (S-e-n-t-ir).
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video