sb28

Episódio 28

Já era umas 5 horas da manha, Henry estava chegando em casa. Estacionou o carro na garagem, e entrou em casa silenciosamente. Jenny estava deitada no sofá, dormindo com o livro em cima da cara, pelo jeito virou a noite lendo. Henry tentou fazer silêncio absoluto para não acordá-la, mas não adiantou muito, ele tropeçou na ponta do tapete e esbarrou no vaso, fazendo um barulho baixo, mas suficiente para acordar Jenny

Jenny: Henry?  -bosejando e se sentando no sofá
Henry: Desculpa, eu não queria te acordar  -sentando do lado de Jenny
Jenny: Andasse fumando? Seus olhos estão vermelhos  -dando um selinho em Henry
Henry: Não, só bebi um pouco, mas não fumei
Jenny: Onde ta (seunome)?
Henry: Ela já não venho pra casa?
Jenny: Se venho, eu não vi  -com uma expressão preocupada

Henry se levantou e foi até o seu quarto, você não estava lá

Henry: Ela não está em casa  -voltando para a sala
Jenny: Mas, como foi lá?
Henry: Deu tudo errado, Demi não conheceu ela, encontrei ela mas dai ela saiu correndo sei lá pra aonde, eu pensei que ela tinha voltado pra casa
Jenny: Liga pro celular dela  -entregando o telefone para Henry
Henry: -encara Jenny antes de pegar o telefone-
Jenny: O que foi?  -estranhando
Henry: Não vai adiantar, se ela ta sumida, ou ela ta sumida porquê quer e não vai atender o celular, ou aconteceu algo
Jenny: Deixa que eu ligo  -discando o número

"Caixa de mensagem"

Jenny: Droga… caixa
Henry: Ela sabe se virar  -olhando para o chão, e preocupado
Jenny: Meu amor, não fique assim  -abraça Henry-  Ela é um anjo, sabe voar, qualquer um sai de uma cilada se sabe voar
Henry: -risos- Só você pra tirar risada de mim ás 5 da manha e ainda preocupado
Jenny: Vamos lá pro quarto?
Henry: Sério? -puxa Henry para o sofá, e fica embaixo dele, trocando beijos


~~enquanto isso, Demi~~

Eu não faço a minima ideia daonde  eu tenho que ir, Maddie será que está bem? Como Dallas deixou Maddie ser levada? Eu não estou preocupada, pois a (seunome) me passa uma tremenda confiança, apesar de eu não fazer a mínima ideia de quem ela seja. Para onde eu vou?  - pensando, enquanto dirige sem rumo

~Você não vai poder fazer isso de carro

Demi ouve isso sair do banco de trás do carro, olhou no retrovisor e havia um senhor dentro do carro. Demi deu um berro e freio com tudo no meio da estrada, a sorte é que não havia ninguém atrás

~ Calma! Você ta bem?
Demi: QUEM É VOCÊ?  -com a mão na cabeça
~ Você ta sangrando, na testa  -passando a mão na testa de Demi, fazendo parar o sangramento
Demi: Você está dentro do meu carro a quanto tempo?
~ Uns… 20 segundos?
Demi: COMO VOCÊ ENTROU AQUI?
~ Põe o carro no acostamento, você está no meio da rua

Demi obedeceu, e parou o carro no acostamento

Demi: Você vai me sequestrar também?
~ Não, estou aqui pra te ajudar Demetria
Demi: Mas, quem é você?
~ Sou o pai da (seunome), você já me viu antes, mas não se recorda

Demi paralisa, e encara seu pai

~ Você é um anjo agora
Demi: Por favor, me explica o que ta acontecendo… eu não to entendendo nada
~ Você tinha um tipo de demônio no corpo, minha filha salvou a sua vida, e assim você também se transformou em um anjo, só que demorou um pouco
Demi: (seunome)?
~ Oh, você se lembra?
Demi: Não, só o nome e…

Seu pai dá um apagão em Demi.

3 dias depois….

Wilmer: Calma dona Dianna, Demi e Maddie estão bem!
Dianna: MINHAS DUAS MENINAS!! PORQUE SEQUESTRARAM MINHAS DUAS MENINAS?
Policial: Estamos fazendo o possível para encontrá-las
Dallas: Os fãs já estão desconfiados de que aconteceu algo, eles são espertos
Policial: Mas o segredo é importante, não informem a imprensa, isso só irá nos atrapalhar

Demi entra tranquilamente em casa, e se depara com a sala cheia. Os pais, Wilmer, Dallas, Nick, Miley (que tinha acabado de virar amiga de Demi), Marissa…

Demi: Olá?
Dianna: DEEEEEEEEEEMI   -abraça Demi forte
Wilmer: Onde você tava Demi? Estávamos preocupados!
Demi: -corre abraçar Wilmer- Wilmer…

http://media.tumblr.com/tumblr_lrhbocG9651qg1vyk.gif


Dallas olha sem jeito para Demi

Demi solta do longo abraça de Wilmer, e abraça Eddie, o padrasto

Eddie: Onde você estava? Você viu Maddie?
Demi: Não… Dallas? Não vai me abraçar?

Dallas abraça Demi, e logo seguida os outros também

Demi: Mãe, precisamos conversar
Dianna: Tudo bem querida, vamos conversar

Demi e Dianna vão para o quarto de Maddie

Dianna: O quarto ta como ela deixou, nao mexi em nada
Demi: Você ta com olheiras, mãe, você tem comido e dormido direito? Tem que cuidar de sua saúde
Dianna: Como? Dallas, você e Maddie são a minha vida, se acontecer alguma coisa com uma de vocês, a minha vida acaba
Demi: Não fala assim mãe…
Dianna: -suspira- O que você queria conversar?
Demi: Eu sei de tudo
Dianna: Tudo?
Demi: Aham
Dianna: Mas, como assim? O que é tudo?
Demi: Do que aconteceu comigo, de todas as coisas, de (seunome) e o pai dela, de tudo que aconteceu comigo, antes de eu voltar pra casa
Dianna: …
Demi: Ningupem me contou, eu não sei onde eu estava nos últimos 3 dias, eu estava num lugar onde eu pude assistir tudo que houve
Dianna: Eu… eu nunca soube da verdadeira verdade, (seunome) me mandou uma carta explicando umas coisas, mas mesmo assim fiquei confusa, e nunca me esclareceram as coisas direito
Demi: Mãe, você tem essa carta?
Dianna: Tenho, vamos lá no meu quarto ,ta na minha gaveta  -puxa Demi pela mão


"Dona Dianna,

Eu não tive a oprtunidade de conversar com a senhora quando eu entreguei a Demi, não por falta de tempo, mas por causa de meu emocional.
Demi é uma menina brilhante, ela sofreu grandes coisas, assim como ela provocou muitas coisas, ela estava totalmente fora de sí nos últimos tempos, ela tinha uma espécie de demônio no corpo, não sei explicar da onde venho, mas sei explicar como saiu.
Meu pai é um anjo, de verdade! Eu herdei isso dele, e não foi por acaso que sua filha cruzou meu caminho, ela era a minha missão de vida, eu salvei a vida dela, acredito que os vícios não foram libertados, pois isso ela adquiriu como consequência de uma depressão causada pelo bullying que ela sofreu na escola, não tem nada haver com o que ela tinha de mal no corpo, porém, ela está livre agora, libertada para conseguir superar tudo que ela passou. Recomendo interná-la em uma cínica de reabilitação, fique de olho nos pultos dela, e sempre fique na porta do banheiro quando ela for usá-lo após as refeições, cuide bem dela! Não sei se ela irá se lembrar de mim algum dia, mas fomos muitos felizes nos últimos tempos, mas eu quero que ela seja muito feliz, independente de com quem ela esteja.  

Beijos de luz!  (Seunome)”

Demi lê a carta, e se desaba em choros no colo de Dianna, deitada na cama.


Dianna: Tem mais uma, que ela disse para te entregar quando chegasse o dia, eu nunca soube que dia era esse, mas acho que é hoje  -entrega para Demi

Demi da um suspiro, abre a carta e começa a ler

"Talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida. Vai haver aquela história de casal fofo,  eu vou pedir pra namorar, você vai pedir pra pensar, mas no fim vai deixar, sem ter mais mentiras pra viver, sem amor antigo pra esquecer, sem nada pra esconder, tudo vai dar certo!
Quando você lembrar, tenta me amar? Tenta sorrir, sei lá, tenta fazer alguma coisa. Eu queria que você fosse minha vida, ainda nesta vida”
(seunome)
Dianna: Demi, querida… você é um anjo?

Demi enxuga as lágrimas


http://31.media.tumblr.com/tumblr_lptwfqm0Hn1qhk84go1_500.gif


Demi: Sim mãe, eu sou, e eu não fazia ideia de como isso era possível, mas…
Dianna: Mas?
Demi: Eu preciso usar esse poder, para salvar Maddie
Dianna: Não, deixe que a polícia resolva isso
Demi: Não mãe, a polícia não ta fazendo nada, ta muito devagar, precisamos ser rápidos
Dianna: Eu te proibo de sair daquele portão, você quase me deixou louca 3 dias fora, sem dar noticia

Demi se levanta, enxuga as lágrimas e vai para a sala, Dianna vai atrás

Dianna: NÃO QUERIDA, NÃO VAI! POR FAVOR!
Demi: Mãe, vai dar tudo certo!  -beija a testa de Dianna

Demi sai correndo pela porta

Todos ficam parados, olhando para Dianna

Wilmer: Aonde ela vai?
Dianna: Atrás de Maddie

Todos se olharam, Dallas deu uma risada, Wilmer saiu correndo, pegou o carro e seguiu Demi

Você estava no mesmo porão, 4 dias seguidos, junto com Maddie. eles estavam enviando a comida por um minúsculo buraco que havia no teto do porão, você não queria que Maddie soubesse que você era um anjo, não queria assustá-la

Maddie: To com saudade da minha mãe  -comendo um pão seco com água
Você: Eu também to com saudade da minha
Maddie: Você não tem namorado?
Você: Não, não tenho

Um barulho muito forte, de estouro vindo da casa, assustou vocês duas

Maddie: O que é isso?  -se amontoa num canto
Você: Eu não sei   -levantada, olha para cima
Maddie: AI MEU DEUS
Você: O que?
Maddie: Olha la naquele canto! É SANGUE!

Tinha sangue escorrendo do assoalho para o porão, provável que alguém tinha sido morto

Você: Maddie! Calma!
Maddie: AI MEU DEUS, MATARAM ALGUÉM E A PRÓXIMA SOU EU
Você: MADDIE! Não berra, calma! A gente nem sabe se aquilo é sangue de verdade!   -abraça Maddie



Eles abrem a porta do porão, e jogam o corpo do cara no porão, ele havia levado um tiro na cabeça e dois no peito.

Maddie: -grito-
Você: Calma! Fique calma, logo a gente vai sair daqui   -abraça Maddie fortemente

Demi parou o carro na frente de um enorme prédio, estacionou e subiu as escadas laterais do prédio, que davam acesso ao terraço, lá no topo do prédio. Demi, ao chegar no terraço, se posicionou na beirada, suspirou e se jogou do prédio.

http://29.media.tumblr.com/tumblr_lniyv1hy4m1qgod0vo1_500.gif

continua…. Obrigada por lerem, e muito obrigada pelos ótimos comentários ;)

This is my first time mixing FOH on the “full” KUDO rig in an open air outdoor space. The SB28s are incredible (as always). We’re using 9 boxes per side and I pushed the amps to limiting around 112dB. I’m not really impressed with it to be honest. It sounds good at lower levels but there’s not a ton of headroom and it kinda falls apart once it’s approaching limit. It’s a shame we couldn’t land an order of K2s this year. I’m not terribly surprised that this rig wasn’t enough for UMF despite being the biggest that we own.

With that being said, I like D&B J12s, but I still think I’m in the Meyer camp for now. Some day I will mix on LEO and my head will explode.