Então sozinha fui caminhando até a praia sentei na beirada e com as ondas batendo nas minhas pernas , olhei o céu e lá estava ela linda brilhante e onipotente lua me lembrando você, realmente como se parecem, o olhar para ela me lembrou cada momento que passamos juntos, e as lágrimas apenas foram rolando pelo meu rosto bem devagar uma a uma, se misturando ao mar, dizem que as lagrimas são salgadas, na verdade eu não sei pois a lá também havia água do mar. Amar. O amar é tão difícil, o a mar é tão difícil que eu preferia rio, mas não tinha opção, chorar era a solução. Em prantos largada no chão, fiquei até que uma sombra avistei, eu estava de olhos fechados, mas mesmo assim, tudo escureceu, não sou maluca, a sobre era da lua do poste que refletia na orla da praia. Era um menininho, seu nome era Surigam, e sua idade não condizia com seu pensar. Ele ao me vez disse - Eu senhora pare de chorar, você não é Iemanjá, então água não tem que repor no mar. - Sabe? ele tinha tanta convicção que eu ri daquela situação, ele ali tão pequeno e me dando ordem, uma mulher de seus 20 e poucos anos, chorando por amor em uma beira de praia, toda molhada e descabelada. Ele do meu lado se sentou! e então perguntou - Ei! Moça! O que houve? - Eu não sabia muito bem o que dizer, apenas sussurrei - Você não entenderia! - Ele deu uma risadinha - Senhora é por amor né? E a lua te faz lembrar seja lá quem for, que te faz sofrer! É ela sempre faz isso, mas não é sem querer moça, a perdoe por favor? - E com muito amor àquela bola gigante e brilhante no céu, o garoto pediu, para que eu a perdoasse. Sabe? Eu fiquei impressionada, não pelo fato dele pedir perdão pela lua, mas dizer que eu sofria por amor, e que a lua me fazia lembrar, como um garoto com apenas sei lá, uns 7 anos poderia dizer isso - Menino quantos anos você tem? - (O menino riu) - Eu tenho 8 anos senhora, mas já sei que sou muito pequeno para falar de amor, ou outra coisa parecida, que sua história é sofrida, e que mesmo que eu fale de amor, não iria entender, e sei também que vai ficar impressionada após eu falar isso, e fará um monte de perguntas! Sabe como sei disso tudo ? É que a senhora não é a primeira que vem aqui! - Eu simplesmente me estagnei, parei e para realçar só se ouvia o barulho do meu soluçar, tudo estava em silêncio naquela hora, eu não entendia nada, até de chorar parei. - Menino… deixa eu já sei! - Ele retrucou-me - O que sabes senhora ? - Eu não sabia o que dizer, na verdade nem triste mas estava, eu só queria conversar - Sei que quer conversar comigo - Sabe senhora eu só queria lhe falar, que em uma das histórias que a lua se pôs me contar, ela disse a seguinte frase: “Ele era sol e eu lua. trilhamos caminhos diferentes unidos por um amor impossível, amor que emocionou até Deus, que com compaixão a nós, nos permitiu um breve encontro. Ele era dia e eu noite, e juntos eramos por do sol.” Então senhora, não seja mais um reflexo da lua solitária no mal, faça por merecer, e seja mas um dos belos por dos sóis de verão que os casais tanto gostam de ver.
—  Seja um por do sol {…} O menino que Observava a Lua & Florejus.
BATATA "FRITA" DE MICROONDAS


ingredientes

  • Batata (e sal se quiser)
  • Microondas
  • Tigela e papel toalha

modo de preparo

  • Descascar a batata, fatia-la em rodelas bem finas, colocar em um prato com papel toalha e aí é só
  • colocar no microondas por + ou - 3 minutos.
  • Pode por sal, queijo ou condimentos a gosto.
  • Fica idêntica a bata frita no óleo só que muito mais saúdavel e mais rápido de fazer, conservando todas as vitaminas da batata.

Strogonoff de filé mignon

Essa é da minha mãe, não segue sites. Rende QUATRO porções.

Ingredientes:

  • 800g de filé mignon cortado em tirinhas ou cubinhos
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 cebola grande cortada em mini cubinhos
  • 1 tomate médio cortada em mini cubinhos ou molho de tomate
  • 3 colheres de sopa de ketchup
  • 2 colheres de chá de mostarda
  • 1 vidro de cogumelos
  • Óleo de soja/girassol (aquele é usado para fazer pipoca -kkk)
  • Sal

Modo de preparo:

  1. Em uma panela pequena/média coloque um fio de óleo e doure a cebola.
  2. Depois de dourar a cebola reserve e em uma panela média/grande coloque um fio de óleo e coloque a carne, acrescente mais óleo se necessário, para a carne não queimar
  3. Após esse breve cozimento da carne acrescente a cebola e o molho de tomate(se você optou em usar tomate cortado, coloque-o)
  4. Agora deixe a carne terminar de cozinha
  5. Durante o cozimento da carne acrescente o ketchup, mostarda e sal a gosto
  6. Quando a carne estiver quase cozida coloque os cogumelos
  7. Espere uns 3 minutos e coloque o creme de leite e mexa, deixe em fogo médio/baixo
  8. Deixe mais 1 ou 2 minutos, no máximo, e desligue o fogo.
  9. PRONTO para comer.


OBS.: Você pode servir com arroz e batata palha.

/nay

e então: tudo para. estranhamento inicial. há muitos meses que não parávamos. éramos fluxo constante. mas agora paramos. um certo enjoo. uma náusea provocada pela fixidez. piratas que somos. em nossas brincadeiras de cama, nossos banhos longos e cantorias alucinadas nas madrugadas salgadas. e agora paramos: acabou o vento, acabou a amizade. é simples assim? fomos simples. fluxopiratas que nos contentávamos com qualquer tesouro chinfrim. mas que nos dávamos bem mesmo assim.

- J.Castro

Lanche de forno


Ingredientes:

  • - 1 pacote de pão de forma sem casca
  • - 400 g de mussarela
  • - 400 g de presunto
  • - 3 caixinhas de creme de leite
  • - 2 tomates cortados em rodelas
  • - Orégano a gosto
  • - Azeitonas picadas a gosto

Modo de fazer

  • Em uma assadeira ou refratário faça camadas alternando pão de forma sem casca, creme de leite, presunto, mussarela, tomate, azeitona e, por último, o orégano. Repita o processo mais uma vez deixando como última camada o pão de forma coberto com creme de leite.

Dicas

  • Para uma receita mais light, troque o creme de leite por molho de tomate refogado.
  • Se preferir, leve ao forno por 15 minutos até dourar o pão.

Coquetel de camarão:

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de água;
  • 1 colher (chá) de sal;
  • 20 camarões inteiros grandes sem casca, com cauda;
  • 1 frasco (250 g) de maionese HELLMANN’S light;
  • 6 colheres (sopa) de ketchup HELLMANN’S;
  • 3 colheres (sopa) de leite desnatado;
  • 2 colheres (sopa) de conhaque;
  • 2 colheres (chá) de salsinha picada;

Modo de preparo:

  1. Retire a casca dos camarões mantendo a parte da calda;
  2. Em uma panela média, ferva a água em fogo médio e junte o sal e os camarões;
  3. Cozinhe por 3 minutos ou até os camarões ficarem rosados;
  4. Escorra e reserve;
  5. Em uma tigela, misture a maionese HELLMANN’S light, o ketchup HELLMANN’S, o leite, o conhaque e a salsinha;
  6. Coloque em uma taça, distribua os camarões reservados e leve à geladeira por 30 minutos;
  7. Sirva a seguir.

/nay

    A receita mais fácil da cidade - Polenta rápida.

    Tão fácil quando mamão com açúcar. Tão mole quanto enfiar uma penteadeira no coração. Tão simples quanto letra de composição de menos de um minuto repeita 8x. Tão barata quanto o que tem aí sobrando no final do mês. É vegana e basta uns trocadinhos e uma vendinha de esquina salvadora da pátria para salvar aquele dia com frio, pouco ânimo para cozinhar e muito menos ainda para lavar louça.

    Essa polenta rápida foi o @felds que me ensinou e meu estômago roncando num domingo 16:43 de geladeira vazia agradece. Segue aí na versão mais simples e para duas pessoas:

    Ingredientes: 

    • Meia caneca de fubá pré-cozido. 
    • Duas canecas e meia de água (obs: é sempre uma parte de fubá e cinco de água).
    • Um tablete de caldo de legumes.

    Como preparar:

    Misture o fubá, a água e o tablete esmigalhado em um pirex, com uma colher. É importante que o pirex vá ao microondas (óbvio) e que seja alto para a mistura, pois ela “subirá” bastante. Leve ao microondas por cerca de dez minutos (depende do aparelho, o meu leva esse tempo, qualquer coisa na primeira vez pare de três em três minutos para conferir a textura. A polenta deve ficar molenga, mas não líquida).

    Incrementando a receita:

    • Salsinha e cebolinha picada.
    • Um pouquinho de arroz.
    • Salsichas de soja.
    Panqueca Americana

    image

    Ingredientes:

    1 1/4 xícara de trigo
    1 colher de sopa de fermento em pó
    1 colher de sopa de açúcar
    1/2 colher de sobremesa de sal
    1 ovo batido
    1 1/4 xícara de leite
    1 colher de sopa de óleo

    Modo de Preparo:

    Misturar o ovo, leite, óleo e juntar com os ingredientes secos peneirados, mexendo apenas para umedecer a farinha.

    A massa deve ficar grossa e um pouco empelotada. Jogar as colheradas numa frigideira quente.

    Servir com geleias, melado ou manteiga.

    Panquecas de carne moída nhom nhom

    Aaah panquecas são uma delícia e fáceis de fazer, demora um pouquinho, mas é de dar água na boca :9

    Essa receita eu faço aqui em casa e alimenta muito bem quatro pessoas que são esfomeadas, ou seja, é uma porção beeeem grande.

    Ingredientes:

    Para a massa:

    - 1 e ½ xícara de chá (180g) de farinha de trigo

    - 1 xícara de chá (240 ml) de leite

    - 2 ovos

    - 4 colheres (20ml) de óleo

    - Sal a gosto

    Para o recheio:

    - 400 g de carne moída

    - 2 colheres de cebola picadinha

    -  ½ tomate cortado em cubos

    - 1 lata de extrato de tomate

    - Sal a gosto

    - 400g de mussarela fatiado

    - Queijo ralado a gosto

    - Azeitonas picadas a gosto

    Como fazer:

    Massa:

    1) Coloque no liquidificador: os ovos, o leite o e óleo, bata durante alguns minutos, acrescente aos poucos a farinha de trigo.

    2)  Após colocar toda a farinha de trigo coloque sal a seu gosto

    3) A massa deve ficar pastosa não muito grossa.

    4) Com a massa pronta, você vai começar a fritar as panquecas. Uma boa dica é passar o óleo na frigideira (de preferência antiaderente) com uma papel toalha, e a cada panqueca que você terminar de fritar passar outra vez o papel toalha com óleo.

    5)  Você pode usar uma concha de servir feijão como medida

    6) Despeje no meio da frigideira e vá girando, espalhe bem a massa na frigideira.

    7) Eu aconselho deixar o fogo baixo, pra não ter perigo de queimar ou grudar a massa na panela.

    8)  As bordas vão começar a se soltar, quando toda a massa se soltar da panela está no ponto de virar.

    Obs.: Cuidado pra não quebrar a panqueca.

    Obs².: Quanto mais fina ficar a massa, melhor.

    Recheio:

    1) Doure a cebola com o óleo e depois acrescente a carne

    2) Você irá perceber que vai sair uma água da carne, quando isso acontecer, tampe a panela e deixe cozinhar até que a água diminua.

    3) Acrescente então o tomate picadinho e as azeitonas picada, tampe novamente, deixe mais uns 3 minutos e depois mexa um pouco

    4) Deixe o fogo em temperatura média

    5) Acrescente o extrato de tomate e os temperos que você preferir.

    6) Deixe então cozinhar por mais ou menos uns 10 minutos mexendo de vez em quando

    7) Quando o molho estiver engrossando, desligue e deixe esfriar um pouco.

    Daqui fica fácil…

    Preparo:

    1) Pegue uma panqueca, coloque uma fatia de mussarela, uma porção de carne e enrole.

    2) Faça esse processo com todas as panquecas

    3) Coloque um pouco do molho no fundo do refratário para untar.

    4) Coloque as panquecas já prontas no refratário e despeje sobre elas o resto do molho

    5) Polvilhe sobre as panquecas queijo ralado

    6) Leve ao forno pra gratinar em fogo médio por mais ou menos 15 a 20 minutos ou até ferver o molho e derreter o queijo

    Obs.: A massa vai absorver o molho, por isso é importante que o molho não fique muito grosso, se não as panquecas vão ficar com um aspecto seco.

    Bom apetite!


    Macarrão chiquetérrimo aos três cogumelos

    Recebi a incubência de preparar o almoço de Dia das Mães da casa da “sogra”. Minha família tem uma tradição de não celebrar essas datas (tanto é que não sei mais quando recebi meu último presente de Natal e aniversário dos meus pais. Sei que foi meu Playstation 2, e que faz muito tempo), mas decidi que seria bacana cozinhar algo aqui para a família do meu namorado-que-mora-junto-geral-chama-de-marido.  Sem falar que ontem a “sogra” fez farofa especialmente para mim, fiquei super feliz com isso e quis retribuir.

    Como eles gostam bastante de macarrão e eu ando a louca do shiitake, decidi por um macarrão todo firulento, mas que saiu barato. A receita para seis pessoas saiu 36 reais certinho, ou seja, 6 dilmas para cada um. Achei bom negócio. E ainda de quebra atualizo o blog (semana corrida no trampós - apelido carinhoso da minha mistura de trabalho e pós graduação) e mando uma polêmica aqui. Ah, e receita para seis, não se assustem com as quantidades:

    Ingredientes:

    • Um pacote e meio de macarrão tipo penne. Usei espaguete, mas o mais recomendado é o penne mesmo.
    • Dois punhados de cogumelhos shimeji
    • Dois punhados de cogumelos brancos
    • Seis (eu sou tarada por shiitake) punhados de shiitakes
    • (Eu arranjei uma bandeijinha de três cogumelos no supermercado e usei essa quantia. E peguei uma bandeja de shiitakes extra e usei inteira).
    • Duas cebolas médias picadas
    • Três dentes de alho picados
    • Três latas de creme de leite de soja
    • 1/4 de copo de leite vegetal de sua preferencia misturado com meia colher (sopa) de maisena
    • Três castanhas de caju picadinhas
    • Pimenta branca
    • Nós Moscada (lembre-se da primeira regra: Não comente sobre o Clube da Luta molho branco bom tem pimenta branca e nós moscada)
    • Pimenta do reino
    • Sal
    • Azeite
    • E a polêmica do dia: um tablete de caldo de carne

    Que merda de blog de receitas ovolactovegetarianas/veganas é esse?

    Segunda regra: Nunca, jamais comente sobre o Clube da Luta. Leia a composição dos alimentos. É chato? Não, é muito legal e emocionante, a melhor parte é quando você encontra um glutamato e… óbvio que é chato. Mas necessário. Muito necessário. 

    E de acordo com as composições existem caldos de carne sem origem animal.

    Desculpa, mas mesmo sem nada de origem animal eu acho hipocrisia usar algo que “imita” o gosto da carne.

    Sem problemas. O caldo de legumes também serve, mas, no caso de um molho de cogumelos, fica com menos “pegada”, “agressividade”, “gosto marcado”. Mas gosto é algo que depende muito da pessoa. São muitos os produtos que se assemelham à carnes e tentam resgatar auqilo que é apetitoso mas, por diversos motivos, abre-se mão do consumo. Eu sou grata à cozinha vegetariana e vegana por provar comida baiana *__* Nunca comi por detestar o gosto dos frutos do mar, só depois de ter me tornado vegetariana. 

    Produtos que se assemelham aos derivados de animais: Glutadela (equivalente à mortadela), diversos queijos (a vegarela é o mais famoso, semelhante à mussarela apesar do certo ser muçarela eu acho esquisito demais), bacon vegetal, formas de preparar a soja ou seitan… aí vem da terceira regra: quando alguém gritar “pare!”, sinalizar ou desmaiar, a luta acaba não consuma nada que lhe pareça ruim ou errado. Seja fiel aos seus motivos. Pense e reflita sempre, mas não permita que uma hora de prazer (preparo e consumo de alimentos) se torne uma dor de cabeça. Por amor próprio.

    Eu nem caldo de legumes uso, quanto mais de carne. Muito sódio. Aprendi a fazer caldo de legumes natural e quando estou com muita pressa apelo para aquele caldo de legumes de potinho da Knorr (o que dói é o preço, sorte que tenho alguém pra dividir as contas e fica mais leve). Carrego mais em outros temperos para compensar. Dessa vez utilizei esse caldo, mas é algo que raramente utilizo…

    Como preparar:

    Laves os cogumelos, pique e deixe em molho em água quase fervendo - a água não deve cobrir os cogumelos. Deixe por dez minutos aproximadamente, separe os cogumelos e reserve a água.

    Ferva água para macarrão, fogo alto. Quando começar estiver fervendo jogue um pouco de sal grosso ou sal de cozinha mesmo, caso não tenha. Não jogue azeite. Coloque o macarrão e deixe por quatro minutos aproximadamente. Pince um macarrão, assopre e verifique se a massa está firme, mas não durona, dando para morder. Outra forma de testar o ponto é jogando um fio de espaguete na parede de azulejos: se precisar deixar mais, ela “bate e volta”. Se passar do ponto, ela gruda. O “al dente” é grudando na parede e escorrendo.

    Todo o preparo do molho em fogo baixo, k? Doure as cebolas e alhos em azeite. Jogue o creme de leite de soja, retirando antes o soro (deixe a lata previamente gelada, abra, desloque o creme para cima com uma faca -estará durinho - e despeje o soro em um pote). Adicione os cogumelos, nós moscada ralada, pimenta do reino e pimenta branca (ao gosto), castanhas picadas, a ricota e o caldo de legumes/carne.

    Esquente por 10 segundos o leite vegetal em microondas, misture com a maisena e jogue no molho. Jogue também uma concha da água dos cogumelos. Misture, pegue um pouco, assopre bastante e prove no dorso da mão. Verifique o que está faltando para seu paladar: se muito apimentado, coloque um pouco de leite vegetal.

    Escorra o macarrão, misture com o molho, torce pra não ficar ruim e decepcionar a família (PS: ficou ótimo, aprovado!) e comam até sair rolando!

    Torta Pizza Burguer

    Ingredientes:
    Massa: 

    • 2 ovos 
    • 1 xícara de leite
    • 1/2 xícara de óleo
    • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
    • 1 xícara de farinha de trigo
    • 1 colher (sopa) de fermento em pó
    • 1 pitada de sal

    Recheio:

    • 6 hambúrguer
    • 200 g de presunto ralado
    • 200 g de mussarela ralada
    • 2 tomates em rodelas
    • óregano a gosto
    • margarina e farinha de trigo para untar e queijo parmesão ralado para polvilhar.

    Preparo:

    • Bata no liquidificador os ingredientes da massa até ficar homogêneo. Despeje a metade da massa em uma forma de aro removível untada e enfarinhada.
    • Coloque o presunto ralado, a mussarela, o tomate e salpique o orégano. Por ultimo coloque os hamburgueres e despeje o restante da massa. Salpique queijo parmesão ralado e leve ao forno preaquecido por 30 minutos ou até dourar.
    • Desenforme e sirva!

    LOMBO COBERTO POR LARANJAS

    Nunca fiz essa receita, mas achei interessante para o fim do ano. 

    Ingredientes

    • 2kg de lombo de porco
    • 1 cebola ralada, 
    • 1 colher (sopa) de manteiga, 
    • 1 e 1/2 colher (sopa) de maisena, 
    • 1/2 colher (chá) de gengibre em pó, 
    • 1 copo de suco de laranja, 
    • 1 tablete de caldo de carne.

    Modo de fazer:

    1. Coloque o lombo em assadeira com a parte gordurosa para cima e asse durante 1:30 hora, mais ou menos, em forno brando.
    2. Frite a cebola na manteiga até que fique macia. Junte os ingredientes mexendo sempre. Cozinhe até engrossar um pouco e pincele o lombo com essa mistura, assando-o por mais 1 hora, aproximadamente. Sirva com fatias de abacaxi e rodelas de laranja.

    /nay

    Text
    Photo
    Quote
    Link
    Chat
    Audio
    Video