professa!

Photo by kingmal06
Click https://instagram.com/p/1JfXk7EYk7/ to communicate with them.

Yoga Service Announcement: Nashville MMA East & Yoga With Profeasa are hosting a Comm-Unity Yoga class on Saturday, April 18th, 2015 from 130pm to 230pm. This class is for all levels. We will be practicing a vatta vinyasa style class. Each class will focus on a particular theme. This is another opportunity to start or continue a practice of Yoga. This is also an opportunity to tour an MMA studio & receive more information about this style of martial arts. This is a free class, but we are asking for $10 donation for Nia’s House Montessori (niahousemontessori.com) Location: Right behind Subway on Main St 711-a Main St Nashville, TN 37206 615-346-2209 Nashville MMA East & Yoga With Professa will be offering this yoga class every Saturday from 130pm to 230pm for $10 starting after the April 18th Comm-Unity class. The class is $5 for members of the studio. For more information contact Jamal Hutchinson at Yogawithprofessa@gmail.com or 6154988808 #MMA #EastNashville #MartialArts #YogaWithProfessa #KarmaYoga #PowerFlow #VinyasaFlow #Yoga #YogaforMen #YogaforBeginners #YogaforAllLevels #YogaforEverybody #YogaDiversity #HealthyLifestyle #HealthisWealth #LiveTheDream #DreamBig #TennesseeYoga #TennesseeYogis #NashvilleYoga #NashvilleYogis #MovingMeditation #Meditation #MoreThanFitness #MindBodySpirit #Spiritual #SelfWealth #SelfHelp #Namaste

BlackYogaSuperstars.com – Where Black Yogis Shine!

^.~ BlackYogaSuperstars.com will help you begin your yoga practice for $5
https://www.fiverr.com/jer21mil/advise-you-on-how-to-begin-your-yoga-practice?gig_id=3416461

VLADY OLIVER

 O texto de Branca Nunes é de oposição com “O” maiúsculo. Culpo a corja política como um todo daquilo que ela professa em parte, hoje, sobre nossos ombros combalidos. Tal como o desinteresse crônico da igreja católica por seus fiéis vai fazendo prosperar um neoevangelismo – e junto com parte expressiva dele uma “religiosidade”  tacanha e oportunista que sequer religiosidade é –, tal como a favela sem lei se organiza com suas próprias leis, afrontando um governo que não governa, são essas caras empapadas e custosas à nação que empesteiam essa foto os reais responsáveis pelo estado de coisas que somos obrigados a denunciar na ruas, por absoluta falta de tutano cívico dentro do Congresso.

É engraçado perceber como o pudor estético – velho e em desuso – contrasta fragorosamente com a absoluta falta de pudor cívico desse clube de senhores torpes que se querem elegantes. Reparem que as seitas também se utilizam da figura do “vendedor de xarope” para dar um verniz de seriedade aos seus milagres, que não passam de deslavados embustes. Pois são nessas “sessões de descarrego” que temos de confiar para que nossa democracia saia da papelada burocrática onde se esconde e ganhe as ruas, além de corpos e mentes daqueles que já não engolem facilmente todo esse entulho litúrgico e ideológico que vamos sustentando com os impostos mais indecorosos do planeta.

Que a CIA desenvolva uma bactéria nova que só se prolifere em paletós e gravatas. Com ela faríamos uma “limpeza ética” jamais vista. É claro que estou sendo irônico. Claro que a indumentaria não veste o caráter. Claro que estou fazendo uma alusão a idiotas que acham que a CIA está por trás de nossa absoluta desimportância. Mas o que estou afirmando aqui não é brincadeira, muito pelo contrário. “Político” virou um estereótipo. Uma espécie de xingamento. Uma estampa. Uma figurinha carimbada que todos já identificam com roubalheira, prevaricação, relativismo, compadrio, conversa mole e falta de vergonha. E não foi o PT que inaugurou esse carma, com sua identidade comuno-carcamana. Ele só foi a cereja podre do bolo indigesto. Este é o motivo pelo qual é tão difícil reerguer o país, meus caros.

Lamento constatar que essa geração precisa morrer para que outra assuma o controle da situação. A questão é de mentalidade. Uma visão de mundo. Há um cadáver que insiste sobreviver à morte para nos assombrar. É uma pena que a nova geração esteja indo a pé para Brasília: vai levar um mês para chegar lá. Nessa toada, voltaremos a ter democracia que preste só quando eu já estiver com idade para me aposentar. É tempo demais para esperar. Meu filho, como os filhos de todos aqui leitores, definitivamente não merecem o que estamos fazendo com o país. Um beijo, Branca Nunes !!! Obrigado por ainda acreditar e trabalhar por nossa liberdade com tanto talento. Vocês definitivamente são o futuro.

cattòlico agg. e s. m. [dal lat. tardo catholĭcus, gr. καϑολικός «universale», der. di καϑ’ὅλου «universalmente»] (pl. m. -ci). – 1. Propr., universale: tiene questa gente [i Peripatetici] oggi lo reggimento del mondo in dottrina per tutte parti, e puotesi appellare quasi c. oppinione (Dante). Con questo stesso senso, è attributo spettante alla Chiesa romana (Chiesa c.) e quindi anche alla religione e alla dottrina che ne sono l’espressione. 2. a. Che professa la religione cattolica apostolica romana: popoli c.; nazioni c.; sacerdote c.; lavoratori, intellettuali c.; la gioventù c.; donne c

Quando as pesquisas revelam que dois em cada três brasileiros consideram o governo ruim/péssimo e três em cada quatro afirmam não confiar na presidente da República, o segundo mandato de Dilma Rousseff se torna deslegitimado de fato logo no seu início. Em consequência, o País mergulha num processo que se pode chamar de “bordaberryzação”, por  por analogia na forma – e tão somente na forma – com o que ocorreu no Uruguai na década de 1970. Lá, o presidente conservador Juan María Bordaberry, principalmente por ter-se revelado incapaz de combater a ação guerrilheira dos tupamaros, para permanecer no cargo teve de ceder o comando de fato do país aos militares.

Aqui, a presidente petista Dilma Rousseff, incapaz de controlar a crise criada pelo acúmulo de seus erros na condução da economia e da política, se vê constrangida a entregar o comando da economia a quem professa convicções opostas às que sempre defendeu e a condução da política a forças que, embora formalmente aliadas, ela sempre tratou com certo desprezo e, mais recentemente, como inimigas.

Joaquim Levy à frente do Ministério da Fazenda e o vice-presidente Michel Temer no comando plenipotenciário da articulação política, se não significam exatamente a “renúncia branca” de Dilma à Presidência, como definiu o senador Aécio Neves, traduzem, de qualquer forma, a rendição da chefe do governo à evidência de que não é mais capaz – se é que algum dia o foi – de comandar o País com suas próprias forças e ideias. E essa rendição – concretizada sem que do episódio se possa extrair mérito ou grandeza – poderá vir a ser considerada, de uma perspectiva histórica, o marco da falência do projeto de poder que o PT criou para durar para sempre.

Notícias e comentários veiculados em todas as mídias, ainda sob o impacto dos acontecimentos dos últimos dois dias, dão conta de que Lula teria ficado aliviado e satisfeito com o desfecho da crise da coordenação política – uma crise dentro da crise. É realmente admirável a capacidade que o ex-presidente tem de fazer repercutir nos veículos de comunicação – a “mídia golpista” que o PT não se cansa de denunciar – suas tentativas de transformar limão em limonada. Mas aliviado deve ter ficado. Afinal, o novo protagonismo de Michel Temer arrefece o tiroteio que dominava a cena política e permite ao ex-presidente planejar melhor seus próximos passos para tentar evitar a crescente ameaça do naufrágio de suas pretensões de voltar à Presidência. Satisfeito, porém, é improvável que Lula tenha ficado.

Em primeiro lugar, porque o fracasso da criatura é o fracasso do criador. E até os eleitores do PT já processam a ideia – e as pesquisas o revelam – de que Lula tem tudo a ver com a lambança em pauta. Além disso, foi o próprio ex-presidente quem colocou na cabeça de Dilma a ideia que se revelou impraticável de nomear Eliseu Padilha para a articulação política. Era perfeitamente previsível que Renan Calheiros e Eduardo Cunha se oporiam a essa nomeação, como o fizeram, porque a presença de um correligionário de reconhecida competência política no lugar do trapalhão Pepe Vargas certamente comprometeria a posição de força que ambos exibem em sua relação política e institucional com o Palácio do Planalto.

É claro que, do ponto de vista de Calheiros e de Cunha, Michel Temer é uma ameaça até maior do que Padilha. Mas nenhum dos dois pode se opor abertamente ao vice-presidente da República e presidente de seu partido, o PMDB. Por isso mesmo ambos fizeram declarações anódinas de apoio à decisão de Dilma. Lula está em posição semelhante. Se, na articulação política, preferisse Temer a qualquer outro peemedebista, teria dito antes a sua pupila. Mas ele é esperto o suficiente para não encher a bola de quem sabe que tem cacife para lhe criar problemas mais para a frente. Tais espertezas contribuem para tornar imprevisível o futuro do governo petista.

Apenas a título de curiosidade – e feita a imprescindível ressalva de que aqui os militares permanecem nos quartéis –, não custa lembrar que no Uruguai o presidente Bordaberry acabou sendo defenestrado por quem o mantinha no poder.

“Businesses must view people not as resources but as sources.” “Negócios deveriam ver as pessoas como fontes e ñ como recursos."Debashis Chatterjee, diretor do Kozhikode. O capitalismo consciente professa a criação de valor para todas as suas partes interessadas de forma intrínseca ao sucesso do negócio. Criar valor para as partes interessadas é, portanto, uma parte da filosofia empresarial e do modelo negócio. É diferente da responsabilidade socio-ambiental praticada por empresa cujo enfoque principal é a maximização de lucros. Elas tendem a enxergar essas praticas como programas a parte, fora de sua cadeia de valor. Geralmente os realizam para melhorar sua reputação ou como medidas defensivas para afastar crítica. A lógica é simples: toda empresa precisa de lucro para existir, assim como toda pessoa precisa de comida para viver. No entanto as pessoas ñ vivem para comer, assim como as empresas precisam de um propósito maior do que o lucro para existirem de maneira sustentável na sociedade. O retorno social ñ é uma "meta fora”, trata - se de um mutualismo. Indicação de leitura por Irene Ciccarino.

anonymous asked:

Ciao, sono sempre l'anon dell'oroscopo... In fondo se uno ci pensa è un po' come credere in Dio, forse è perfino più semplice credere alle costellazioni (inventate da noi) che a un essere superiore invisibile. È sorprendente quanti si professano atei e poi consultano l'oroscopo, non trovi? :-)

Sì, credo che tu abbia ragione. E’ una forma di religione (a mio parere molto più carina e interessante delle note religioni monoteiste e tradizionali) anche credere nell'oroscopo e chi si professa ateo non dovrebbe crederci o consultarlo, per coerenza. Poi vabbè molto sono atei per moda, ma hanno comunque la superstizione dentro perché è più facile credere che ci sia qualcosa di molto più forte di noi che regoli l'accadere delle cose, ci sentiamo meno responsabili e abbiamo qualcuno da pregare/incolpare. E questo vale per Dio e vale per l'oroscopo che, ops, mi aveva avvertito che oggi avrei avuto una giornata di merda. Vabbè ho un po’ blablato, avrei un sacco da scrivere sull'argomento “religione e superstizione”, mi è sempre interessato moltissimo capire perché le persone hanno la necessità, da sempre, di credere in un qualcosa di superiore. Ci si può pure non credere ma volere studiare la teologia o interessarsi dei meccanismi dell'oroscopo. E’ un po’ lo stesso. Blablabla. Vabbè scusami se ho fatto una riflessione sconclusionata.

#RespectforZayn

e poi ci sono quelli che criticano senza conoscere, l’ignoranza e i pregiudizi come questo mi fanno schifo.

pensare che un ragazzo dolce come Zayn possa essere definito “terrorista” solo perchè professa una certa religione o, comunque, perchè ha origini arabe è segno di una grande ignoranza e fondo di grande bigottismo.

PENSATE prima di PARLARE per sparare cazzate.

grazie

Yoga With Professa is designed to help people develop a Practice of Being Present, Letting Go, Finding Peace In Uncomfortable Situations, Breathing In Positive Energy, & Inspire People To Live Their Life To The Fullest through the practice of yoga.

The goal is to promote a holistic life on & off the mat. This page is for upcoming classes, workshops, retreats, & all things pertaining to yoga.

Do me a favor and go like my fb page. www.facebook.com /yogawithprofessa

#Yoga #YogaWithProfessa