Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.
Carlos Drummond de Andrade
—  Ausência - Carlos Drummond de Andrade
Ah, que porcaria! Eu queria estar do seu lado todos os dias. E queria dormir, e acordar com você. Queria ver teu sorriso todos os dias. Queria que saíssemos pra tudo que é canto, e fizessemos viagens longas e incríveis. Na verdade, queria qualquer lugar com você, o tempo todo. Agora. Sempre. Queria. Queria e queria. Só queria. Porcaria!
—  Iolanda Silveira
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video