”Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes e comer mais pipoca, ler mais. Sair mais. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Quero ser feliz, quero sossego, quero outra tatuagem. Quero me olhar mais. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais, quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente e só o necessário para trás. Quero olhar nos olhos do que fez sofrer e sorrir e abraçar, sem mágoa. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero aceitar menos, indagar mais, ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.”

(Fernando Pessoa)

Queria saber porque essas coisas do coração são tão complicadas. Você encontra uma pessoa, uma pessoa mais que especial, do tipo que te faz sorrir quando tudo o que você quer é chorar, aquela pessoa que por mais distante você sente a presença por ela estar no seu coração, a pessoa que você ama. E se as coisas não são por acaso, queria saber porque eu te encontrei, porque você me faz tão bem, mas eu não posso te ter aqui? Mesmo sendo recíproco o sentimento, os outros fatores interferem, me impedem de te ter aqui comigo. A gente espera, sabe que valeria a pena, mas cada dia que passa é um dia que eu espero te ter aqui, e ele sempre acaba do mesmo jeito: cada um sozinho no seu quarto pensando em como seria se estivéssemos juntos naquele momento.

”[…] O crepúsculo, percebi então, é apenas uma ilusão, porque o sol está ou acima ou abaixo do horizonte. E isso quer dizer que o dia e a noite estão ligados de uma tal forma como poucas coisas estão - um não pode existir sem o outro, porém ambos não podem existir ao mesmo tempo. Qual seria a sensação, (…) de estar sempre juntos, porém eternamente separados? […]”

- Diário de Uma Paixão

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video