IMAGINE ZAYN MALIK

-Baseado (kkkkkkkkkkkkkkkkkk risos) na música broken hearted girl da diva Beyonce! Letra: http://www.vagalume.com.br/beyonce/broken-hearted-girl.html

-Espero que gostem. E se vocês acharem que eu mereço, poderiam me dar a opinião de vocês, por favor! (Não estou exigindo nada de ninguém, se quiserem me deixar no vácuo também :( um dia eu irei superar! )

-Eu não consegui encaixar bem a música no imagine, mas dei o meu melhor! Desculpe!
——

-Oi, meu amor!- Zayn me cumprimentou assim que abri a porta do meu dormitório na faculdade. O selei rapidamente, recusando o seu pedido de aprofundar o beijo e me separei.

-Oi - sorri amarelo- entra- dei espaço para que ele entrasse e assim o fez ainda desconfiado.

-Fiquei preocupado com a mensagem que você me mandou-se sentou no meu velho sofá marrom ao meu lado- tentei pegar a estrada para vir te ver o mais rápido possível. Mas sabe com a estrada de Londres para cá é horrível.

-Eu preciso muito falar com você. É um assunto sério- respirei fundo tentando despejar logo o que demorei noites e noites para ter certeza que aquela era a decisão certa a se tomar.

Mas não era aquilo que eu queria. Eu o amava apesar de tudo! Mas eu não queria interpretar esse papel, não queria ser aquela garota com o coração partido.

-(Sn), você está me assustando. O que aconteceu?

-Eu quero terminar- decretei antes que perdesse a coragem e voltasse para os seus braços, onde eu me sentia protegida do mundo.

Eu poderia estar protegida do mundo, mas não estava protegida dele.

-O que? Por que?- perguntou com os olhos arregalados se levantando do sofá. Me levantei também e tentei não me desviar do foco.

É só não olhar para aqueles olhos e você consegue, (Sn)!

-Zayn, isso não está dando mais certo- me referi a nossa “relação” de dois anos e três meses

-Como não? Por que? É óbvio que está dando certo-sua indignação estava claramente estampada em sua voz que se elevava cada vez mais.

-Pra quem?- perguntei exausta me jogando no sofá- sejamos sinceros, Zayn. Há muito tempo que não parecemos namorados, mal nós falamos, mal nós beijamos, e se duvidar, mal nós tocamos também..- joguei a cabeça para trás cansada de tudo, simplesmente tudo. Zayn não parava de me encarar embasbacado como se eu tivesse dito a maior besteira possível.

-Você só pode estar louca- moveu a cabeça em forma de negação- isso deve ser a faculdade, claro!- seus olhos brilharam em esperança- você está cansada, mau humorada, precisando descansar e de muito carinho- tentou se aproximar de mim com a intenção de me beijar ou me abraçar, não sei ao certo. Mas o empurrei para que ele entendesse que dessa vez eu estava falando sério, não iria voltar a trás com mais uma de suas promessas de que agora tudo iria ser diferente.

-Eu estou falando sério, pensei muito e cheguei a conclusão de que é esse o nosso fim.

-Você não me ama mais, é isso?- perguntou mas antes mesmo que eu pudesse responder algo, completou- ou você está de olho em algum estudante daqui?- me calei diante do absurdo que ele havia dito e só parei de encara-lo incrédula quando escutei um dos meus vasos ir parar no chão graças a um Zayn enfurecido a minha frente.

Mas quem ele sonha que é pra quebrar alguma coisa? Perdeu a noção do perigo?

-Você ficou doido? Sabe quanto custa um vaso desse? Mas você é muito atrevido mesmo!- respirei fundo tentando tirar da minha cabeça a quase irresistível ideia de matá-lo e fui em direção a cozinha para buscar uma vassoura para bater em sua cabeça ou limpar a bagunça mas seu braço me impediu de fazer.

-Você já tem outro?- me perguntou e dessa vez sua voz estava comedida.

-Não, não tenho. E respondendo a droga da sua pergunta sem noção, eu te amo. E muito.

-Então porque terminar?

-Por que você não para de quebrar o meu coração, e eu não quero ser a garota de coração partido. Cansei desse papel.

-Eu sei que errei muito no passado, mas você precisa me dar mais uma chance.

-Eu já te dei tantas chances, Zayn..

-E tudo que vivemos?

-As mágoas levaram embora.

-Está dizendo que nada do que vivemos valeu a pena?- cada vez mais eu podia senti-lo tenso e incrédulo.

-Foi perfeito. Tudo o que vivemos e aprendemos fez essa relação valer a pena. Acredite, eu faria tudo de novo só para poder revive-los, apesar de tudo. Mas chega uma hora que você tem que perceber que é o fim e que se você não for forte o suficiente para dar um basta, algo tão bonito quanto o nosso namoro, perde a sua essência. E eu não quero isso. Chegou a nossa hora.

-Você realmente vai jogar fora tudo o que vivemos?- perguntou e eu podia sentir a magoa em sua voz e o ódio em seu olhar. Ele não estava entendendo.

-Claro que não, vou guarda-los dentro do meu coração e elas serão as minhas memórias mais bonitas. Até mesmo as mágoas que eu tive, irei guardar. Apesar de terem sido muitas- sussurrei a última parte.

-Você está ficando louca…- ele ainda negava contrariado.

-Você já disse isso..- sorri sem graça.

-E vou dizer quantas vezes for preciso. Esse namoro não está acabado- decidiu sozinho. Uma das características mais marcantes e dolorosas da nossa relação- eu vou embora. Quando toda essa sua crise de não sei o que passar, você me liga e conversaremos sobre que caralho que está acontecendo com você- disse ríspido e caminhou até a porta. Observei aquele homem todo imponente e irado e sorri. Eu o amava tanto…mas era preciso. Era por mim!

-Você sabe que eu não vou ligar..- sussurrei mas eu sabia que ele havia escutado, pois parou no meio do caminho, mas não se virou para trás. Apenas sussurrou algum palavrão enquanto fechava o punho.

-Eu te amo, sua ingrata!- foi a última coisa que ele disse antes de fechar a porta com força, e quase destruí-la com o impacto.

Ele precisava, urgentemente, parar de quebrar as coisas em que tocava. Principalmente corações como o meu.

Mas ainda sim eu o amava.. E como amava!

image

Novo ícon do filho de uma boa mãe —’

E como eu fico?

image


Me bombardear na cama que é bom ninguém quer, mas ficar arrebentando com os meus hormônios de adolescente é a primeira coisa da lista. Filho da Trisha!

/kamis

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video