julgamento

Percebi que mudei quando as pessoas me contavam notícias da tv, e eu não julgava mais as pessoas se elas deviam ou não ser presas. Eu só julgava o modo que elas faziam, se foram inteligentes, burras, impulsivas…
E então finalmente entendi que só sendo a pessoa pra entender o que ela passa.
—  Vamos deixar o julgamento para Deus.
Ela pode andar com dez meninos e ser tímida. Ele pode parecer valentão e ser nerd. Ela pode usar roupas curtas e nunca ter beijado ninguém. Ela pode rir o dia inteiro e à noite desabar em lágrimas. Então, não julgue por aparência não.

 Se você é um pouco acima do peso, sofre bullying por ser gorda.
 Daí você emagrece, e então sofre bullying por ser magra.
 Daí você começa com uma série de novos problemas, e as pessoas continuam te julgando, cada vez mais e mais… cada vez por motivos mais fúteis e idiotas.
 Isso aconteceu comigo, e acredito que eu não seja a única a sofrer bullying por conta do meu corpo, das minhas roupas, do meu jeito… 
 Não se preocupem com seus corpos, sejam magrinhas ou gordinhas. Não se importe com a opinião dos outros a respeito de você, seja pela sua opção sexual, sua aparência, ou com qualquer outra coisa que falem de você. Vocês são perfeitos do jeito que são. Não precisa de maquiagem, não precisa emagrecer, não precisa esconder quem é… não precisa ligar pra opinião dos outros.