4

Às tantas faltam adjectivos para falar destas ilustrações. São assim como quando bebemos chocolate quente e até o coração aquece. As páginas estão cheias de detalhes encantadores e ficamos horas a descobrir as preciosidades que se escondem em cada uma delas. Um bom exercício é tentar descobrir o urso (o pequeno) em cada uma delas. Quanto à história, é simples: o urso pequeno desaparece e o urso grande vai atrás dele. O final é feliz.

A cantiga do urso
Texto e ilustrações de Benjamin Chaud 
Orfeu Mini
14,90€

in Liv, jornal i, 10 Novembro 2010

Odeio quando mando uma ask perguntando alguma coisa, e simplesmente ignora. É famosinho pra quê, velho? Se não sabe tratar seus followers? Só quer números de followers, sendo eles que são seus leitores, que sabe como se sente... E quando faz uma simples pergunta você ignora ou simplesmente responde com grosseria? Na boa, sinto pena de vocês, muita pena mesmo.
2.3.11

is it selfish of me for wanting him to stay? I honestly would give anything to have him stay. I have only gotten to spend two weeks with him. It’s not fare. I swear it’s like Dear John. I never thought that it could happen in real life, but it has. I’m not in love with Jared, but I feel myself falling. And he leaves tomorrow morning at 8:30. What am I supposed to do for five months? I know I’m going to be worrying myself sick about whether I’ll get to talk to him or whether he’s okay. I know that my family and Whit will make sure that I don’t go crazy. And I plan on going and seeing his family whenever I get the chance to. It’s just going to hurt so much when he leaves.

Neologismos


Perdi meu pen drive…. Coloquei nele todas as fotos importantes, escritos “devaneantes” e alguns assuntos. Baixei um pouco da bagunça que sou e de vez em quando me acessava, revendo meus emotions em imagens ou palavras. Era um resumo de algo que fez hiperlink com alguém ou alguma coisa. Há dias venho lamentando esta perda. A cada arquivo que preciso, lembro-me que ele não existe mais. Ele desapareceu! A vontade é de seguir e pensar: ah deixa pra lá, compro um novo. Mas no fundo existe um incômodo, uma falta de tudo que era meu… Tudo perdido em lugar que ninguém vai achar ou precisar. E se um hacker usar minhas poesias infantis pra fisgar um coração bobo por aí? Lástima corriqueira e tola. “É um objeto, cara!”, tento me convencer. Mas não me convenço. Parte da minha memória digital e emocional estavam ali. Parece que os momentos registrados foram perdidos junto com ele. Seria uma nova chance? Talvez eu precisasse me desapegar de velhas histórias? De escritos de amor que nunca tiveram reciprocidade? Navegar em novos sites, em novos ares? Não sei…estou encarando como uma nova oportunidade de recomeçar, fazer tudo novo e, mais uma vez, salvá-los. Deixar que a memória fizesse seu upload afetivo e arquivasse o que fosse realmente necessário. Um espaço de muitos gigas para novos downloads. Isto é, no mínimo, desafiante… Talvez minha vida viciada em arquivos antigos (alguns danificados ou infectados) necessitasse que tais pastas fossem deletadas de vez. Aproveitei e me formatei! Dei um upgrade em meu modo de ver as coisas e as pessoas. Afinal eu sou a Webmaster da minha vida(na maioria da vezes, pelo menos…).Ainda é estranho não tê-lo aqui, a mão, sempre que necessito de algo. Mas este escaneamento (forçado, é verdade) de repente me faça funcionar com mais velocidade.

Cacau

6

Nova aquisição para minha coleção. O livro Seres Pequeninos da Floresta, ricamente ilustrado por Glenda Sburelin, traz contos dos Irmãos Grimm, Andersen e outras lendas de países diversos.

E com um preço incrível que estava foi realmente um achado!

New aquisition for my personal collection! The book Seres Pequeninos da Floresta, is full of rich illustrations by Glenda Sburelin. It has tales from brothers Grimn, Andersen and other legends from different countries!

And the price definitely worth the time!

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video