horamagica

8

2013/12/26

Voltando as origens.

Uma coisa que não posso deixar de comentar é sobre as câmeras de celulares, afinal, elas que despertaram essa nova paixão por fotos.

Os celulares atuais, estão com câmeras cada vez mais modernas e cheias de recursos.

Comecei tirando fotos (decentes) com o iPhone 4, logo me empolguei e troquei pelo 4S, com qualidade ligeiramente superior. Após o iPhone 4S troquei por um Galaxy S4 com uma câmera de 13 Mega Pixels (lembrando que minha DSLR tem 16 Mpixels), que tira fotos espetaculares, mas não me deixa mexer em quase nada, funcionando quase que inteiramente no modo automático.

Desde meu primeiro iPhone já aposentei as câmeras compactas point and shoot, a câmera do celular era o suficiente. O grande problema de quase 100% de câmeras dos celulares são as fotos noturnas.

Os sensores são muito limitados em baixa luminosidade e os flashes são bem ruins. Quase todas as fotos noturnas aparecem com a exposição incorreta ou então com excesso de granulação, fora a cegueira geral nas pessoas expostas ao flash.

Já na luz do sol, os celulares me surpreendem cada dia mais.

Já tirei fotos que considero maravilhosas com eles e ainda vou tirar mais, pois meu celular esta sempre comigo e o trambolho (comparando com o tamanho) da DSLR vai ser usada em eventos programados.

Como minha DSLR ainda é novidade, esqueci um pouco meu telefone, mas dia 27/12, no meio do transito parado da marginal, consegui algumas fotos muito legais e ainda teve o entardecer, da janela do apartamento da Linda, minha namorada, com um por do sol maravilhoso em uma foto panorâmica. Show !

Como próximo celular para o ano que vem, estou entre um iPhone 5S e um Nokia 1020. A câmera do nokia 1020 é FANTÁSTICA, mas o iPhone 5S é muito mais telefone de modo geral. Tenho bastante tempo até lá… Vamos ver!