Silêncio escuro, mas transparente

Não consigo explicar o porquê de que quando penso em silêncio, me vem imagens de escuro na mente… Mas cheguei a conclusão de que deve-se ao motivo de remeter à solidão, e ela é escura, causa medo, terror… E convenhamos, nós fugimos o tempo todo do silêncio. Naquele canto silencioso da noite, de todos os cômodos da casa vazios, lá vamos nós coloca um “sonzinho”. 
A verdade é que morremos de medo de deixar espaço pra nos encontramos com nós mesmos. O silêncio faz com que todos os barulhos da mente gritem muio alto, a tal ponto de sentirmos vontade de chorar, e ali, no escuro e no silêncio, nos permitimos a esse maravilhoso feito que é chorar, mesmo que baixinho, e até escondido… 
Essa “escuridão” que é o silêncio, é a forma mais clara de conhecimento de todas as coisas. O silêncio mostra, responde, imagina, cria e realiza. No nosso silêncio muitas coisas estão sendo planejadas e muitas já acontecendo em algum cantinho desse enorme universo, nada mais nada menos porque o silêncio verdadeiro é um estado mental, que tem poder para o bem e para o mau, diga-se de passagem. Já me peguei em completo silêncio em meio a uma multidão falante, da mesma forma que já me peguei gritando por dentro sentada num banco de uma igreja silenciosa. É bobeira nossa achar que o escuro envolve o silêncio, e pior é fugirmos dele, pois quando as luzes se acendem, nem tudo que refletir brilho vai nos fazer sorrir.
Um dia, li em algum lugar que “o silêncio nos mostra que o todo o barulho era desnecessário”, isso se captarmos sua essência e sabermos desfruta-lo sem mimimi existencial. O silêncio é tão nosso companheiro quanto nós mesmos. Lamentável é ver pessoas que ao se depararem sozinhas sentem-se abandonadas e solitárias. A partir do momento que aprendemos a fazer coisas que satisfazem somente a nossa alma, ficar sozinho não mais será um problema, mas um prazer. E no meio disso tudo, o silêncio será só mais uma melodia da sua playlist favorita.
— Prefira Borboletas

Aos ilustres seres humanos que criticam meus textos:

Ajoelhem-se, recitem flores, recitem amores, recitem poesia, gritem ao mundo sobre as tuas vontades, virem ao avesso, se contorçam, finjam que amam a si. Provem que as sua visões são mais amplas e mais concretas que as minhas, pois então, eu lhes lamberei o suor do chão. Provem que são melhores e então eu lhes servirei, lhes adorarei! 

É isso aí...

Pra muita gente por aí, o nosso amor é considerado como errado. ‘Deus não quer isso!’… Bem, isso faz eu me sentir muito mal, isso me enfraquece porque eu não sou lá essas coisas quando se trata de pressão psicológica. As pessoas podem me desarmar com uma palavra, uma condenação ou algo do gênero. Cara, isso é tão ruim… Sei que vai chegar o dia em que irão ficar sabendo de tudo, talvez eu fique com medo, não sei, mas o que tenho no topo da minha mente é que vou assumir meu compromisso com ela. É a única coisa que eu quero. Ela é a única pessoa que eu amo e vou amar. Pra que desistir da minha felicidade? Pra ouvir o que os outros falam? Não! Não quero isso! Mesmo que digam, quem gritem que bradem que me ameacem, eu não vou abrir mão dela e de tudo o que passamos juntas. Não posso abrir mão de todos os sorrisos e momentos mágicos que passamos. Eu não posso, eu não quero e eu não vou abrir mão dela e do nosso amor nunca. Nem que um exército de pessoas avance em nossa direção, eu irei segurar na mão da única pessoa da qual tenho certeza que nunca sairá do meu lado. Ela estará ali, eu sei, me dando força pra derrotar tudo.

Eu vivi

Espero que quando você tirar esse salto

Você não sinta a queda

Espero que quando a água subir

Você tenha construído um muro

Espero que quando a multidão gritar

Que eles gritem o seu nome

Espero que se todo mundo correr

Você escolha ficar

Espero que você se apaixone

E que doa muito

A única maneira de saber

Você deu tudo o que tinha

E eu espero que você não sofra

Mas aceite a dor

Espero que quando chegar o momento

Você vai dizer

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu aproveitei cada segundo que este mundo poderia me dar

Eu vi tantos lugares, as coisas que eu fiz

Sim, com todos os ossos quebrados

Eu juro que vivi

Espero que você passar os seus dias

E todos eles se somam

E quando o sol se pôr

Espero que você levante o seu copo

Oh, oh oh

Eu queria poder testemunhar

Toda a sua alegria

E toda a sua dor

Mas até que o meu momento chegue

Eu vou dizer

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu aproveitei cada segundo que este mundo poderia me dar

Eu vi tantos lugares, as coisas que eu fiz

Sim, com todos os ossos quebrados

Eu juro que vivi

Oh whoa oh oh oh oh oh

Oh whoa oh oh oh oh oh

Oh whoa oh oh oh oh oh

Oh whoa oh oh oh oh oh

Com cada osso quebrado

Eu juro que vivi

Com cada osso quebrado

Eu juro que eu

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu, eu, eu

Eu fiz tudo

Eu aproveitei cada segundo que este mundo poderia me dar

Eu vi tantos lugares, as coisas que eu fiz

Sim, com todos os ossos quebrados

Eu juro que vivi

Oh whoa oh oh oh oh oh

Oh whoa oh oh oh oh oh

Eu juro que vivi

Oh whoa oh oh oh oh oh

Oh whoa oh oh oh oh oh


One Republic - I lived ♫

Silêncio escuro, mas transparente

Não consigo explicar o porquê de que quando penso em silêncio, me vem imagens de escuro na mente… Mas cheguei a conclusão de que deve-se ao motivo de remeter à solidão, e ela é escura, causa medo, terror… E convenhamos, nós fugimos o tempo todo do silêncio. Naquele canto silencioso da noite, de todos os cômodos da casa vazios, lá vamos nós coloca um “sonzinho”. 
A verdade é que morremos de medo de deixar espaço pra nos encontramos com nós mesmos. O silêncio faz com que todos os barulhos da mente gritem muito alto, a tal ponto de sentirmos vontade de chorar, e ali, no escuro e no silêncio, nos permitimos a esse maravilhoso feito que é chorar, mesmo que baixinho, e até escondido… 
Essa “escuridão” que é o silêncio, é a forma mais clara de conhecimento de todas as coisas. O silêncio mostra, responde, imagina, cria e realiza. No nosso silêncio muitas coisas estão sendo planejadas e muitas já acontecendo em algum cantinho desse enorme universo, nada mais nada menos porque o silêncio verdadeiro é um estado mental, que tem poder para o bem e para o mau, diga-se de passagem. Já me peguei em completo silêncio em meio a uma multidão falante, da mesma forma que já me peguei gritando por dentro sentada num banco de uma igreja silenciosa. É bobeira nossa achar que o escuro envolve o silêncio, e pior é fugirmos dele, pois quando as luzes se acendem, nem tudo que refletir brilho vai nos fazer sorrir.
Um dia, li em algum lugar que “o silêncio nos mostra que o todo o barulho era desnecessário”, isso se captarmos sua essência e sabermos desfruta-lo sem mimimi existencial. O silêncio é tão nosso companheiro quanto nós mesmos. Lamentável é ver pessoas que ao se depararem sozinhas sentem-se abandonadas e solitárias. A partir do momento que aprendemos a fazer coisas que satisfazem somente a nossa alma, ficar sozinho não mais será um problema, mas um prazer. E no meio disso tudo, o silêncio será só mais uma melodia da sua playlist favorita.
 — Prefira Borboletas

A família cresceu e apareceu!

Por Reserva

Um dia você acorda e percebe que a família cresceu! Mas cresceu MUITO!

Pois é, chegamos a 2 milhões de amigos no Facebook e somos a maior marca em quantidade de fãs na sua categoria. Mas não adianta ser a maior e, por isso, trabalhamos todos os dias para também ser a melhor!!

A verdade é que há mais de 5 anos entendemos as mídias sociais como um caminho alternativo, direto e caloroso para estar em contato com aqueles que mais vibram com a nossa marca: nossos clientes. Ou melhor dizendo, amigos. E Investimos nesse canal de comunicação como poucos fizeram até então.

Entre tantas histórias, tantos risos compartilhados, likes, alguns choros e muita, mas muita vontade de mudar o mundo, chegamos a uma conclusão: isso aqui é amor, porra!!!

Isso tudo é NOSSO, sintam-se parte. Compartilhem e gritem para os quatro cantos com quantos likes se faz uma  #FamiliaDe2Milhoes !!!!

image


image

O Pica Pau agradece!

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video