graphics:all

- Mais uma vez? – Liam sorriu sem vergonha antes de se deitar na cama novamente.

- Mais uma vez. – confirmei. Me apoiei nos cotovelos e mordi o lábio inferior ao notar que ele estava duro outra vez.

- Insaciável. – sussurrou, ajeitando o corpo em cima do meu enquanto eu me controlava para não agarrá-lo de vez e por um fim nessa tentação toda.
Meus hormônios estavam praticamente explodindo, há três dias que eu não parava de pensar em sexo, e minha mente fazia questão de me lembrar que meu namorado era mais do que a favor. Nesses longos três dias, eu havia perdido horas de sono, na companhia de Liam, que estava disposto a acordar no meio da noite para satisfazer um desejo que já estava ficando incontrolável.

- Nem pensar. – apoiei uma de minhas mãos em seu peito e o empurrei de leve. – Eu fico por cima dessa vez. 

Liam deu outro daqueles sorrisos sem vergonhas, antes de agarrar minha cintura com força e apertar os dedos contra minha pele.

- Como quiser. – sussurrou.

Me ajeitei em seu colo, sentindo sua ereção roçar em minha coxa. Segurei-o firmemente antes de esfregá-lo em minha entrada, levantando o suficiente para conseguir me posicionar. Espalmei as duas mãos em seu peito nu e fui descendo lentamente, com os dedos de Liam apertando minha cintura. Joguei a cabeça para trás quando o senti deslizar por completo dentro de mim, me preenchendo pela segunda vez naquela noite.

Meus olhos se fecharam e minha boca se abriu, deixando escapar alguns gemidos baixos. Tentei dar velocidade aos movimentos, mas Liam me impediu, segurando-me, arrancando um grunhido de desaprovação de minha garganta.

- Calma, meu bem, vai devagar. – abri os olhos para encará-lo, negando com a cabeça e me impulsionando contra ele de novo. – (S/N)…

- Eu quero rápido, Liam… e com força. – pedi, levando os lábios até ele e depositando beijos em seu pescoço.

Uma das mãos que estava em minha cintura subiu pelas minhas costas, alcançando meus cabelos e os prendendo em seus dedos.

- Devagar… – sussurrou, me segurando mais uma vez.

Comecei a rebolar em seu colo, enquanto ele me ajudava a subir e descer lentamente. Beijei seu rosto, chegando em sua boca e mordendo seu lábio inferior.

- Rápido. – minha voz saiu baixa e suplicante.

Aumentei a velocidade, cavalgando em seu colo e ouvindo meu nome sair de sua boca várias vezes. Ele soltou meu cabelo, deixando a mão escorregar até minha cintura novamente, pressionando com força contra si. Quase gritei quando ele moveu os quadris contra o meu, numa investida rápida e bruta. Mordisquei meu lábio e cravei minhas unhas em sua pele, arrancando outro gemido dele.

Liam continuou se movendo contra mim, ambos estávamos ofegantes e suados, suspirando e gemendo um contra o outro, pedindo, implorando por mais.

- Isso, Liam… Meu Deus! – minha voz saiu manhosa, uma, depois duas, e seguidas outras vezes. – Por favor…

- Ah, (S/N)… porra, eu vou gozar.

Rebolei mais rápido, subindo e descendo, o enfiando por completo e o tirando até a metade.

- Goza… isso… bem gostoso…

Antes que ele se derramasse em mim, senti aquela sensação tomando conta de meu corpo, mas não parei, me remexi no mesmo ritmo até que ele também gozasse, soltando um grito de prazer.

Permaneci em cima dele, deitada em seu peito. Meu cabelos molhados de suor, a respiração voltando ao normal aos poucos, até que ouvi um sorriso escapar de sua boca. Levantei a cabeça para olhar em seu rosto, analisando-o enquanto ele ainda sorria.

- O que foi? – perguntei, curiosa.

- To pensando se devo tentar dormir, ou se espero acordado até que você se recomponha de novo.

- Pode dormir. – respondi, olhando em seus olhos. Liam acariciou meu rosto, depois passou os dedos pelos meus cabelos, prestando atenção em minha reação ao seu toque.

- Tem certeza? – perguntou.

Confirmei com a cabeça.

– Qualquer coisa eu te chamo. – e então voltei a deitar em seu peito, fechando os olhos e deixando aquele cheiro invadir minhas narinas. O cheiro dele junto ao meu, misturado com uma grande dose de luxúria.