I doodled another picture of that bored farm boy from my first scenery shot!

And one of his hens, to boot!

As seen in the first picture, he lives on a small farm in Western Grael, somewhere on the outskirts of Thaln County. Not exactly on the cusp of the woods, but they’re visible in the distance if you’re sitting on his roof.

He and his brother and sister open their house to passing strangers, as a trade route runs directly in front of their farm. The merchants who pass through from the West often bring terrible stories of the Watchful Wood, a dark forest that lingers between Thaln County and the next large trading hub. Fascinated and perturbed by dark dreams and memories from his childhood, this young man is both eager and tentative to explore the woods.

Only in the off season when merchants take other roads do they have to travel west to sell their wares and only then does he ever catch a glimpse of whatever might be lurking in the shadowy bows.

Liderando ranking, Brasil chega com tudo no mundial de vela


image

Foto: Divulgação

O Campeonato Mundial de Vela será disputado em agosto, na Espanha. Mas, na atualização do ranking mundial da Federação Internacional de Vela (ISAF) o Brasil conta com quatro velejadores, em três classes, no topo da modalidade. A vela é o segundo esporte com mais conquistou medalhas olímpicas para o Brasil, com 17 pódios.  

Robert Scheidt (laser), Ricardo Winick, o “Bimba” (RS:X), e a dupla Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX). Scheidt volta ao topo da vela depois de aparecer em sétimo lugar na última lista. O britânico Nick Thompson aparece na segunda posição.

O Brasil ainda conta com Bruno Fontes, quarto colocado na laser standart, Jorge Zariff, oitavo na Finn, e Renata Decnop e Isabel Swan em nono na 470.

Ainda no mês de agosto, os velejadores disputarão também o evento-teste dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na Baía de Guanabara.


2

22 de julho. Hoje é dia do Cantor Lírico, dia do Sábio, criação do Ministério da Indústria e Comércio (1960), criação do Ministério das Minas e Energia (1960), criação do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (Bird) (1944), nascem: Os músicos George Clinton, Rufus Wainwright, a atriz e cantora Selena Gomez, o iatista Torben Grael, o ator Willem Dafoe. Dia de Santa Maria Madalena / São José da Palestina / São Felipe Evans.

Tenho um respeito tremendo por quem sofre em silêncio, principalmente pelos que sofrem por amor. Perder a companhia de quem se ama pode ser uma mutilação tão séria quanto a sofrida por Lars Grael, só que os outros não enxergam a parte que nos falta, e por isso tendem a menosprezar nosso martírio. O próprio iatista terá sua dor emocional prolongada por algum tempo, diante da nova realidade que enfrenta. Nenhuma fisgada se compara à dor de um destino alterado para sempre.
—  Martha Medeiros

Esperança na nova geração

A classe 49er FX é a nova “Fórmula 1” da vela.Com barco muito veloz, instável e as velejadoras disputando as provas penduradas por cabos, as regatas da classe irão estrear nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A classe é a única que conquistou medalha para o Brasil no
Campeonato Mundial de Vela, com o título obtido pela dupla Martine Grael e Kahena Kunze.

O Mundial, disputado na Espanha, não foi bom para o Brasil. Além da dupla feminina, conseguimos colocar somente mais um barco no top 10 do Mundial, com a quinta colocação de Robert Scheidt na classe laser.

Na vela, o desempenho esportivo depende necessariamente das condições de vento na raia. Na Espanha, por exemplo, os velejadores enfrentaram no Mundial os ventos rondados – oscilando entre fraco e forte – bem diferentes das condições que os velejadores irão enfrentar no Rio de Janeiro nas Olimpíadas.

O evento na Espanha foi importante porque definiu 50% das vagas destinadas aos Jogos do Rio de Janeiro. Os brasileiros não têm com o que se preocupar, pois temos, como país-sede, vagas garantidas em cada uma das dez classes olímpicas.

Em 2013, o desempenho nacional foi ótimo, ao conquistar os títulos mundiais com Robert Scheidt, na laser, e Jorge Zarif, na finn, e a medalha de prata com Martine Grael e Kahena Kunze na 49er.

Mesmo sendo uma modalidade distante da grande maioria dos brasileiros, a vela sempre trouxe esperança de medalhas em Jogos Olímpicos. Em 2016 não será diferente. Muito se falou sobre a falta de renovação da modalidade e, diferentemente da edição de Londres 2012, nos próximos
Jogos a equipe nacional terá mais possibilidades de subir ao pódio.

Estreando e brilhando
Com cerca de um ano de parceria, Martine Grael e Kahena Kunze são as velejadoras brasileiras com a maior regularidade na temporada, com seis títulos em 2014. Antes de dividir o mesmo barco em busca do sonho olímpico, as atletas eram rivais. Hoje, elas estão entre as principais promessas de medalhas para o país na vela. A dupla foi formada para disputar o Campeonato Mundial da Juventude na classe 420, na prova para menores de 18 anos, onde levaram o título. Além do entrosamento, a classe 49er precisa de muita agilidade dos atletas.

A próxima competição importante da dupla será o Sul-Americano, em novembro, no Rio de Janeiro. Com o sobrenome de campeã, Martine carrega a competitividade no sangue.

New Post has been published on Jornal Manchete Digital - Notícias Online

Novo post foi publicado em http://manchetedigital.com.br/2014/09/23/desfalcadas-de-medalha-campes-mundiais-na-vela-desembarcam-no-rio/

"Desfalcadas" de medalha, campeãs mundiais na Vela desembarcam no Rio

Ao lado de Kahena Kunze, Martine Grael chega ao Brasil sem o ouro após ter mala extraviada. Dupla conquistou título da classe 49er no último domingo, na Espanha Leia mais

Source: “Desfalcadas” de medalha, campeãs mundiais na Vela desembarcam no Rio

  

  

New Post has been published on Jornal Manchete Digital - Notícias Online

Novo post foi publicado em http://manchetedigital.com.br/2014/09/21/martine-grael-e-kahena-kunze-sao-campeas-mundiais-na-classe-49er-fx/

Martine Grael e Kahena Kunze são campeãs mundiais na classe 49er FX

Dupla brasileira termina prova em terceiro, à frente de Ida Marie Nielsen e Marie Olsen, da Dinamarca, tira vantagem das rivais e acaba com a medalha de ouro Leia mais

Source: Martine Grael e Kahena Kunze são campeãs mundiais na classe 49er FX

  

  

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video