anonymous said:

E aí mat? Você falou que ia ir ver sua "garota" dia 23, foi? como foi?

Eu fui ontem, cheguei lá umas 4:30 da manhã, sai daqui era meia noite. Ai fiquei esperando, e ela saiu do carro com os pais, a gente fico um tempo se abraçando, sem dizer nada, quase caindo, porque eu não tenho jeito pra nada mesmo, quase derrubei ela no nosso primeiro “toque” digamos assim. Depois fui pra casa dela, conversei com os pais dela, ela toda quieta na dela morrendo de vergonha, e já era quase 5 da manhã, fiquei conversando até umas 6 lá com eles, ai depois eu fui dormi, eu na sala mesmo porque né, nem me conheciam, mas enfim. Acordei umas 9:30 e a gente tomo café, e depois a mãe dela levo a gente pro shopping, até ai tudo bem, mas o que eu não esperava aconteceu, o combinado era eu tirar a vergonha dela mas, eu não esperava ficar com vergonha também sabe? Eu nunca fui de ter vergonha, nunca mesmo, raramente eu tive vergonha, sou daqueles que se arrancarem minha calça no meio da sala de aula e deixar eu de cueca eu não vou ter vergonha, só vou rir e tudo bem. E poxa, a gente fico la abraçados andando pelo shopping, morrendo de vergonha um do outro, e quase não conversamos por isso, a gente foi tomar milk shake, e ficava quieto um olhando pra cara do outro ( na verdade ela nem pra minha cara tava olhando direito ) ela tava com mais vergonha que eu, e o nosso unico assunto era ” será que a vergonha vai passar logo? ” hahahaha, ai tá, a gente tava andando, ai eu vi um elevador, e quis entrar nele pq faz tempo que eu não entro em um, ai quando fechou a porta eu dei uns beijo de jeito nela pela primeira vez L: Ai a vergonha foi começando a passar, mas não tinha passado, eu não sabia o que tava acontecendo comigo, e a gente começou a conversar sobre outras coisas, mas bem pouco sabe? Aí a gente fico tempão andando e depois decidimos ir pro parque, só que eu tenho alergia, e não posso ficar nem 2 minutos seguidos no sol, e tava muito sol, e ela disse que eram 5 minutos só, passou 30 pra gente chegar lá mas chegamos e minha alergia nem atacou \o/ ( o que o amor não faz né? Como diz a mãe dela hahahah ) Mas enfim, chegamos lá, passamos um tempo só nos dois, beijo é o que não faltou, mas ainda tava com vergonha, ai quando a gente foi sair de lá pra comprar a água minha vergonha meio que passou sabe? Mas ainda tava sei lá, não era eu. Aí eu não vou resumir o dia todo pq se não não paro de escrever, enfim, fomos no cinema, comemos, e etc. Depois que foi a hora de eu voltar pra casa dela, pra esperar um pouco e ir pra rodoviaria pegar o onibus advinha? Cheguei na casa dela e os dois perderam a vergonha, aquela hora na casa dela… Ah, foi a melhor hora da minha vida, que eu consegui ser eu mesmo, que eu consegui arrancar sorrisos dela, foi a melhor hora da minha vida, sem duvida, ver ela sorrindo, brincando comigo, e ai quando eu cheguei na rodoviaria, o onibus tava la ja, quase não deu tempo de se despedir, ai eu peguei uma folha, enrolei ela, e perguntei se ela queria namorar comigo, pensei que ela não iria aceitar, porque foi no improviso, e eu não consegui sei lá, fazer o dia dela tão bom quanto eu esperava, mas ela disse sim, nos abraçamos, despedi dos pais dela e dela, entrei no onibus e vim embora, agora to longe dela de novo, mas sim, estamos namorando, e tem muita coisa pra acontecer ainda. Desculpa, me empolguei, mas é isso.

Mãe de filme quando o filho derruba Coca-Cola no chão:

"Tudo bem, querido, pega um paninho."

image

Mãe de novela quando o filho derruba Coca-Cola no chão:

"Tudo bem, querido, pega um paninho."

image

Mãe de anime quando o filho derruba Coca-Cola no chão:

"Tudo bem, querido, pega um paninho."

image

Mãe na realidade quando o filho derruba Coca-Cola no chão:

"Limpa essa porra, pirralho dos inferno! Tinha que ser uma toupeira mesmo, igual a seu pai!"

image

Eu tenho fé, de que um dia, toda essas lágrimas que eu derrubei por você, vão secar, e vou finalmente, conseguir ser feliz , sem pensar em você o tempo todo, e me lamentar por não te ter mais! Não vou mais, parar minha vida por alguém que não se importa, que não da valor, que não enxerga a realidade. E tudo vai mudar… E quando você pensar em se arrepender, já será tarde demais :/ Porque o que eu sinto, você fingi que não vê…

- Fernanda Schimidt

Era uma vez um homem que ousou falar com Deus.
- “Deus, queima a sarça como queimaste para Moisés, e te obedecerei.”
- “Deus, derruba os muros como derrubaste para Josué, e eu lutarei.”
- “Acalma as ondas como fizeste na Galiléia, e eu te ouvirei.”

Então o homem sentou-se perto da sarça, ao lado do muro, junto ao mar e esperou Deus falar.

E Deus ouviu o homem, portanto o respondeu:
- “Eu enviei fogo, não para a sarça, mas para a igreja.”
- “Eu derrubei um muro, não de tijolos, mas de pecados.”
- “Eu acalmei uma tempestade, não no mar, mas na alma.”

E Deus esperou a resposta do homem.
E esperou… E esperou… E esperou…

Mas o homem via sarças, não corações. Via tijolos e
não vidas, via mares e não almas; então ele entendeu que Deus nada fizera.

Por fim, olhou para Deus, e perguntou: “Perdeste o poder?!”

E Deus olhou para ele e disse: “Perdeste a audição?!”

Por Max Lucado

Do livro Ouvindo Deus na Tormenta ,

Você acha que vai ser conseguir ser feliz, mesmo sem sorrir? Sem a decência de um abraço apertado e deste meu cheiro de vodca?
Sabe que o tapete na sala esta manchado de vinho tinto. Foi o onde derrubei o copo tentando beijar o que restava da sua alma. O Coltrane tocou a noite toda, como no repeat, nossos corpos se tocaram também. Divina luz do amanhecer que me tirou daquele quarto, daquele maldito sonho. De ter seu corpo junto ao meu, de sermos um único pendulo de sorte e azar.
A vida ainda nem começou e eu já estou com vinte e sete. São muitos sois e inúmeras luas, há quem já contou isto, há quem nunca nem olhou para o céu pensando em um dia como este. Ainda há almas traidoras e devaneios horríveis pelas madrugadas.
Eu apenas leio entre a ultima letra e o ponto final, vivo no canto superior direito, antes do paragrafo. Faço do refrão a estrofe principal e repito erros, sistematicamente.
Existe muita coisa entra a realidade e isto que escrevo, o que vejo e o que sinto, apenas desilusões de um começo de dia, que dura todos os anos possíveis.
Também temos a ancora que nos prende a um porto, ou em dia de tempestade e fúria marítima, nos afunda cada vez mais.
Implodir as colunas que me sustentam e derrubar todo esse amor que está condenado. Limpar as ruinas dos antigos sentimentos e planejar bem a base para este novo desejo que chega.
Não me deixe sozinho com minhas loucuras, preciso de mais que uma vida para aprender a amar.
—  Anthony

Mais uma vez derrubei, estilo fera pronta pra atacar
Eu te avisei que me garanto e não tô pra brincar
Tenta me desafiar e veja aonde vai parar
Com certeza não é o mesmo lugar que eu vou estar  .( ♪ ,

desfechos said:

Quanto colocou de açúcar para teu tumblr ficar tão lindo e doce assim?

Acredito que derrubei um pacote de açúcar inteiro kkk obrigado ♥

Eu realmente não me importo com o que acham ou deixam de achar sobre mim e minhas atitudes. Confesso que sim, por muito tempo me importei .. por muito tempo eu vivi querendo fazer tudo ao meu alcance pra agradar todos, e agora me perguntou se cada esforço valeu a pena, e mais do que rápido, claramente, chego a conclusão que, puta que pariu, quantas árvores eu derrubei pra fazer esse papel de trouxa?
Antes eu chorava por cada palavra dura que eu era obrigada a ler sobre mim. Eu preferia me trancar no quarto o dia todo, o mês todo, ou até um ano pra que as pessoas não tivessem motivos pra tocar no meu nome. E raramente eu dava motivos.
Sofri o pão que o diabo amassou. Passei por cima de orgulho. Me rebaixei. Meu Deus, fui mais rebaixada do que carro de malandro.
Hoje, cada um segue sua vida. Cada um tem o direito de viver como quer, com a pessoa que quiser. E das pessoas, eu não espero mais do que educação. Na verdade, não espero nada, porque foi o que eu aprendi, não esperar nada de ninguém, principalmente coisas boas.
Não estou apontando uma arma na cabeça de ninguém, pedindo pra gostarem de mim. Na realidade eu liguei o foda-se pra qualquer sentimento negativo de qualquer pessoa comigo. E na moral, tem sido maravilhoso.
Algumas pessoas entram na nossa vida por nada. Outras pra nos ensinar. Outras pra nos derrubar. Outras pra cair com a gente, ali, na calçada ou no bar, depois de tantas bebidas. Outras pra nos levantar. E bom, a maioria sempre entra pra fazer algum estrago. E só depende de nós, escolher o tipo de estrago que a pessoa vai nos causar.
Hoje escolho à dedo quem entra na minha vida. E até deixo fazer um estrago, mas sabe aquele estrago bom? Que faz sua barriga doer de tanto rir. Que faz você esquecer da hora e perceber que tinha tanta coisa pra ser feita e você acabou deixando tudo de lado só pra ficar ali, conversando com aquele alguém. E é esse, é o tipo de estrago que eu permito que façam na minha vida e até ajudo.
Aos tantos outros que realmente me fizeram algum mal um dia. Eu agradeço, com todo meu coração. O que seria dos bons, se vocês não tivessem dado uma passadinha aqui na minha humilde vida?
—  Apenas um desabafo.
Queria que você entendesse que o que eu sinto é verdadeiro. Não é só coisa do momento, não é só carência, é real. Metralho sentimentos nesse teclado que já está cansado de ver minhas lágrimas e sorrisos por sua causa. Eu queria que fosse recíproco, eu queria que fossemos um. Eu poderia estar desejando o mundo e o infinito, mas não, estou desejando que fique do meu lado. Não importa se estou me afogando em um poço de ilusão, porque eu posso afirmar que é verdadeiro, todas as palavras que eu disse, todas as ações que fiz, todas as lágrimas que derrubei gritando o seu nome. Eu preciso de você por completo, eu preciso de ti aqui, do meu lado.
—  Erronizar. 
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video