youtube

whoa! awesome!

vimeo

This one took a while to get done.  Asimov was constantly all over me when I worked on this one.

um lugar que não seja o fim

estou eu tão pronto a encontrar um lugar no mundo como se o mundo fosse o contrário de ser mundo capaz de transformar o que parece ágil naquilo que parece pedra

estou eu tão pronto para desaparecer dentro da vida intermitente e fingir que sou vento entre as janelas
um equilíbrio pontuado na ilusão da manhã contínua 

o que me impede de atravessar com pés descalços toda a cidade 
interpretando-a como cosmograma do meu próprio e único céu?

que diferença entre o homem que pisou dois mil anos o mesmo campo
e o homem que se expirou pela própria mão intuindo uma vida desgraçada? 

como estar pronto
se o mundo pode ser a diferença entre uma via fechada
e uma noite em que vida termina com uma veia cortada?