corr!

Encontrar o amor é alívio. É ter a certeza que os dias não serão mais solitários. É saber que no começo, no meio e no fim vai ter alguém ao seu lado. Não um alguém qualquer, mas o seu amor. Aquele que vai estar ao seu lado até o último capítulo. Por mais longos que sejam os intervalos comerciais.
—  Clarissa Corrêa

anonymous asked:

O que toda mulher deveria saber sobre os homens?

Toda mulher deveria saber que os homens também tem sentimentos. Toda mulher deveria saber que os homens também gostam de carinho. Toda mulher deveria saber que os homens também quer se sentir amado. Toda mulher deveria saber que os homens também choram. Toda mulher deveria saber que os homens também sofrem. Toda mulher deveria saber que os homens também ficam chateados, após uma briga. Toda mulher deveria saber que os homens tem medo de perder a menina que mais ama. Toda mulher deveria saber que os homens também tem sonhos. Toda mulher deveria saber que os homens também corre atrás, quando está errado. Toda mulher deveria saber que os homens quando falam “eu te amo”, é porque realmente tem amor. Toda mulher deveria saber que os homens também não são de ferro…

With the Cillian Murphy-starring Victorian crime drama Peaky Blinders beginning on RTÉ2 on Sunday February 1 at 9:55pm, here’s another chance to read Alan Corr’s interview with the Cork actor at the time of the show’s BBC Two premiere in September 2013.

"When we meet Tommy he is emotionally a bit crippled and it would be interesting to see what he was like before the war. He may have been a very different and carefree individual but when we meet him something is broken inside him."

É fácil esticar a mão, ficar ao lado, ouvir as tragédias. Difícil mesmo é ficar feliz lá no fundo quando o outro conquista alguma coisa. Quando ele se dá bem. Quando ele está com o coração sorrindo. A gente percebe direitinho sorrisos amarelos, olhares não sinceros. Acho isso tão pequeno. Se você gosta de alguém, se é amigo de alguém é obrigação ficar feliz pela pessoa.
—  Clarissa Corrêa. 
Para me agradar não é preciso um anel de diamantes, jantares caros, sapatos de grife, carro do ano, cobertura com vista para o mar ou viagens para o exterior uma vez por mês. Para me agradar não é necessário abrir a porta do carro, beijar a minha mão ou me enviar 200 rosas colombianas. Para me agradar não é necessário fazer declarações de amor em redes sociais, escrever poema romântico ou cantar uma música embaixo da minha janela. Para me agradar só é necessária uma coisa: me perceber.
—  Clarissa Corrêa
Eu sonho em ter uma vida com você. Não aquela vida de novela, mas uma vida de carne, osso e problemas. Porque todo mundo tem problemas, é claro que sim. O amor é totalmente imperfeito, vivemos aparando arestas e isso é comum, normal. Anormal é ser tudo sempre um grande mar de rosas cheirosas e sem espinhos.
—  Clarissa Corrêa. 
Corre tras ella, haz que se sienta bien antes de marcharte
Porque duele el corazón ver partir a quién amas.
issuu

Creative Mischief - vol. 1


Thematic zine made by girls, about girls, to girls. First volume has GROWING UP as theme. // Created by Juliana Guerrero. // Edited by Andy Corrêa. // This volume collaborators are: // Amanda Jimenez // Erin Miller // Angela Dizon // Vandana Isabelle // Paxton Charles // Nadjah // Bridget Conway // Mayu // Remi Riordan // Daria Volyskaya // Larissa N. __Do you wanna be a collaborator in our next issue? Send an email to iamdragongrrrl@gmail.com

Um dia você volta atrás. Ele te convence. Chora. Te pega de jeito. E você lembra que ninguém beija como ele, ninguém abraça como ele, ninguém olha como ele, ninguém ri como ele, ninguém te enlouquece como ele. E você decide que ele é o homem da sua vida, afinal, se já sofreu tanto, se envolveu tanto, se ferrou tanto, meu Deus do céu, tem uma coisa muito boa guardada pra mim.
—  Clarissa Corrêa.