01:45

nada melhor
que o cansaço noturno
e ninguém para falar
palavras agudas
e provocar antigas dudas
que perseguem
toda noite
necessitada
de ser noite

verso de banzo

eu quero chegar a algum lugar
e dançar um blues inesperado
sapateando a tristeza para fora
e cantando a desventura de ser eu