Sou educado. Balanço a cabeça. Finjo entender, porque não quero magoar ninguém.
—  Charles Bukowski

Bukowski | 40x50cm | Graphite on paper

If it doesn’t come bursting out of you in spite of everything, don’t do it.

Unless it comes unasked out of your heart and your mind and your mouth and your gut, don’t do it.


If you’re doing it for money or fame, don’t do it.


If you’re doing it because you want women in your bed,
 don’t do it.

If it’s hard work just thinking about doing it,
 don’t do it.

If you have to wait for it to roar out of you, 
then wait patiently.

If it never does roar out of you,
 do something else.



Unless it comes out of your soul like a rocket, 

unless being still would drive you to madness or suicide or murder, don’t do it.

Unless the sun inside you is burning your gut, don’t do it.

When it is truly time,
 and if you have been chosen, It will do it by itself

and it will keep on doing it until you die 

or it dies in you.

There is no other way.



And there never was.

Charles Bukowski

Artprint available here

For more of my art visit me here:

Website | Facebook | Instagram | Pinterest

The drawing tools I use

Drawing-books I recommend

Às vezes, não há nenhum aviso. As coisas acontecem em segundos. Tudo muda. Você está vivo. Você está morto. E as coisas continuam. Somos finos como papel. Existimos por acaso entre as percentagens, temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos.
—  Charles Bukowski.
Um dos meus amigos tem cicatrizes de navalha ao longo de todo o seu braço esquerdo. O outro enfia baldes de comprimidos pra dentro de uma massa de barba preta. Ambos escrevem poesia.
Tem qualquer coisa em escrever poesia que leva o homem pra beira do abismo.
—  Charles Bukowski.

Charles Bukowski | Acrylics on canvas | 100x140cm

Cheers!

“I’ve never been lonely. I’ve been in a room — I’ve felt suicidal. I’ve been depressed. I’ve felt awful — awful beyond all — but I never felt that one other person could enter that room and cure what was bothering me…or that any number of people could enter that room. In other words, loneliness is something I’ve never been bothered with because I’ve always had this terrible itch for solitude. It’s being at a party, or at a stadium full of people cheering for something, that I might feel loneliness. I’ll quote Ibsen, “The strongest men are the most alone.” I’ve never thought, “Well, some beautiful blonde will come in here and give me a fuck-job, rub my balls, and I’ll feel good.” No, that won’t help. You know the typical crowd, “Wow, it’s Friday night, what are you going to do? Just sit there?” Well, yeah. Because there’s nothing out there. It’s stupidity. Stupid people mingling with stupid people. Let them stupidify themselves. I’ve never been bothered with the need to rush out into the night. I hid in bars, because I didn’t want to hide in factories. That’s all. Sorry for all the millions, but I’ve never been lonely. I like myself. I’m the best form of entertainment I have. Let’s drink more wine!”

Charles Bukowski

Original for sale

For more of my art visit me here:

Website | Facebook | Instagram | Pinterest

Não há nada que ensine mais do que se reorganizar depois do fracasso e seguir em frente. Mas a maioria das pessoas fica paralisada de medo. Elas têm tanto medo do fracasso que acabam fracassando. Estão condicionadas demais, acostumadas demais que digam o que devem fazer. Começa com a família, passa pela escola e entra no mundo dos negócios.
—  Charles Bukowski.
Não há nada a lamentar sobre a morte, assim como não há nada a lamentar sobre o crescimento de uma flor. O que é terrível não é a morte, mas a vida que as pessoas levam ou não até a sua morte. Não reverenciam suas próprias vidas, mijam em suas vidas. Idiotas fodidos. Concentram-se demais em foder, dinheiro e família. Suas mentes estão cheias de algodão. Engolem tudo sem pensar. Esquecem logo como pensar, deixam que outros pensem por elas. Seus cérebros estão entupidos de algodão. Toque para elas a maior música de todos os tempos e elas não conseguem ouvi-la. A maioria das mortes das pessoas é uma empulhação. Não sobra nada para morrer.
—  Charles Bukowski.
Era difícil e raro o meu amor sair da toca. Quando saía, era quase sempre um equívoco. Acontecia que eu me cansava de prender o amor e acabava deixando ele sair; ele precisava ir pra algum lugar. Daí, como de costume, começavam as encrencas.
—  Charles Bukowski

às vezes sou amargo
mas no geral o sabor tem sido
doce. é apenas que tenho
medo de dizê-lo. é como
quando sua mulher diz,
“fala que me ama”, e
você não consegue.

bukowski, o amor é um cão dos diabos. 

Eu era um jovem, passando fome e bebendo e tentando ser um escritor, Fiz a maior parte das minhas leituras na Biblioteca Pública de Los Angeles, e nada do que eu li tinha a ver comigo ou com as ruas ou com as pessoas em minha volta. Parecia que todo mundo estava brincando de jogar com as palavras, que aqueles que não diziam quase nada eram considerados escritores excelentes. Seus escritos eram uma mistura de sutileza, artesanato e forma, e era lido e era ensinado e era ingerido e acabou. Era um esquema confortável, uma Cultura da Palavra, muito malandra e cheia de nove-horas.
—  Charles Bukowski.
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video