O amor é pra ser vivenciado por dois, mas não da certo se só um faz sua parte. Eu sempre falei em alto e bom som tudo o que eu sentia por ti. Nunca tive medo ou vergonha de expressar o quanto amava você. Sempre fazia o que podia e o que não podia pra te fazer feliz. Acho que errei feio te tratando tão bem assim. Aquele meu amor foi desperdiçado por você. Ainda não acredito que você pode pisar tanto assim em mim. Depois das coisas que fiz por ti, não entendo como conseguiste ser tão cruel e me tratar assim, como um nada. Acho que você não tem coração. Você não entende o significado da palavra amor, não sabe dar valor as pessoas que te querem bem. E olha, eu já estou cansada de ficar sendo mais uma peça nesse teu ‘joguinho’ de ilusões. Você deixou em mim feridas que não sei se vão cicatrizar. Só que eu não suporto a ideia de te perder, eu não consigo me ver sem ti. Você tem um efeito muito forte sobre mim, e é por isso que eu não consigo seguir em frente. Mas uma hora eu vou ter que continuar. Nem que seja a força eu irei seguir em frente, e você como toda a dor que me causou irá ficar para trás. Teus efeitos sobre mim desaparecerão e como você fez comigo, farei com você , o tornarei apenas mais uma folha qualquer de minha história inacabada. Cansa viver assim, e uma hora a gente simplesmente desiste, joga tudo pro alto e sai, deixando tudo pra trás. É isso que tenho que fazer. Se você achou que eu iria ficar sempre correndo atrás de você, se enganou feio. Eu fui muito estúpida em perder meu tempo com você, e por mais que me doa escrever essas palavras, eu sei que é verdade. Não posso mais viver enganando a mim mesma. E eu tenho certeza que vou conseguir te superar, já superei coisas parecidas. Mas se tem uma coisa que eu vou levar sempre comigo, que eu aprendi com você, é que as vezes até o amor cansa, e eu amei demais.
Três Solteirões & Um Bebê

Capítulo 48

Ele nunca gostou de depender de ninguém, então quando era muito novo saiu de casa em busca de sua liberdade, foi morar em Nova York e logo começou a estudar teatro.

Gostava de atuar. Achava legal deixar as pessoas emocionadas, risonhas, irritadas, ou amedrontadas com seus diversos personagens. Mulheres ele sempre teve de sobra, e conseguia manter isso muito bem, pois sua relação com as mesmas era só sexo, apenas. Algumas viravam suas amigas, mas era extremamente raro. Não entendia o motivo de estar pensando em Lua com tanta frequência, e estranhava o fato de ter ficado excitado apenas com a voz dela, no outro dia. Talvez devesse ser a influencia da pequena Alex, afinal todos os dias via e brincava com a menina, e isso podia estar colaborando para que também pensasse na mãe dela. E se Alex fosse realmente sua filha a situação só iria piorar.

- Ah merda… – ele grunhiu enquanto sentava em um banco e cobria o rosto com as mãos.

Pegou seu celular e resolveu ligar para Lua. Precisava ao menos ouvir a voz dela.

Enquanto isso em Montana.

Lua amassava uma massa de cookie manualmente, a massa estava bem homogenia e a loira estava extremamente satisfeita.

- Lua, o seu bolo de café está fazendo o maior sucesso lá fora! – Nick se aproximou animado.

- Sério? – ela sorriu, abertamente.

- Sim claro! – ele assentiu. – Eu provei um pedaço e está esplêndido! – elogiou e a loira sorriu sem parar de amassar a massa. – Onde aprendeu a cozinhar tão bem?

- Ah, foi no orfanato. – Lua dizia com certa

saudade. Apesar de não ser o lugar ideal para viver, sentia saudades das irmãs e de alguns amigos. – As irmãs me ensinaram a fazer muitas coisas. Eu gosto de cozinhar, meus vizinhos adoram os meus bolos de chocolate. – Lua disse, lembrando-se da gula de Mica e Chay por suas guloseimas.

- Aprendeu muito bem. – Nick avaliou. – Essa massa me parece ótima. – ele pegou um pedacinho da massa e pôs na boca. – Nossa, o sabor então está divino.

- Está me deixando sem graça. – Lua riu. – Olha que eu vou acabar acreditando em você. – sentiu seu celular vibrar no bolso do avental. – Droga! – ela disse chorosa. Estava com a mão toda melecada. – Pode, por favor, atender meu celular enquanto eu lavo as mãos? Eu não quero perder a ligação, devem ser os meus vizinhos pra falar algo sobre o meu bebê.

Ele ergueu a sobrancelha, confuso. Quer dizer que ela tinha um bebê?

- Claro. – pôs a mão no bolso dela e pegou o aparelho, o atendendo em seguida. – Alô!

Do outro lado da linha, Arthur ficou atento.

- Quem está falando? – ele perguntou.

- Nick. – o homem respondeu, observando Lua lavando as mãos, do outro lado da cozinha.

- Ah, perdão, eu acho que liguei errado. – disse desconfiado. Não podia ter errado de numero, sua cabeça deveria estar deveras muito cheia e alvoroçada.

- Não, esse celular é da Lua. – o homem tratou de

explicar e Arthur ficou em choque. Que merda esse cara estava

fazendo com o celular de Lua?

- E eu posso saber o que está fazendo com o celular da minha garota? – disse sério, sem esconder sua irritação. – Onde está Lua?

- Perdão, eu atendi e… – Lua se aproxima. – Lua, eu acho que é o seu namorado! – ele entregou o celular pra ela, que o pegou.

- Alô. – ela respondeu confusa.

- Lua?! – ele disse ficando reto no banco. – Que diabos esse cara estava fazendo com seu celular? – ele grunhiu.

- Aguiar? – ela reconheceu a voz dele, e mordeu o lábio. Ele estava estranho… Parecia que estava com ciúmes. – Tá tudo bem?

- Tudo mal Lua! – ele enfatizou. – Eu ligo pra você e um cara atende, dá pra me explicar quem era esse cara?

- Aguiar, o Nick é só um amigo! – ela disse, confusa. O que tinha dado nele agora? – Você está incomodado com alguma coisa? – ela perguntou e ele fechou os olhos.

Que merda eu estou fazendo? Arthur perguntou pra si mesmo, com os olhos cerrados. Lua não era nada dele, e podia ficar com quem quisesse. Mas por que esse fato em si estava o incomodando tanto? Ele nunca teve ciúmes de nenhuma garota! Respirou fundo, tentando se controlar.

- Não é nada Lua. – ele engoliu o seco. – Desculpa tá? Eu só queria ouvir tua voz. – disse se sentindo estranho demais.

- É sério? – ela deu um sorriso emocionado.

- É sim… – ele mordeu o lábio, sentindo um nó na garganta. – Como está? Dormiu bem?

- Dormi. – ela disse. – E você?

- Bem também.

- Como está a Alex? – a loira disse, enxugando as mãos no avental.

- Ela está bem, está em casa com os meninos. – ele explicou.

- E você não está em casa? – ela estranhou. Ele fez um barulho em negação. – Está onde?

- Vim respirar um pouco. – ele estava se segurando para não lhe perguntar diretamente a respeito da paternidade de Alex, mas não podia fazê-lo.

Não naquele momento.

- Bebê, eu preciso voltar ao trabalho. – ela lamentou. – Nós falamos depois?

- Claro que sim, não se preocupe. – ele assentiu. – Tchau bonequinha.

- Tchauzinho. – ela sorriu e desligou. – Desculpe Nick, Arthur falou algo desagradável?

- Não, ele não disse nada demais, não se preocupe. – o homem piscou despreocupado enquanto pincelava um frango com manteiga. – Só estava protegendo o que era dele.

Lua sorriu e voltou a mexer a massa. Se Nick soubesse que ela não era nada de Arthur, iria morrer de rir.

- Não sabia que você tinha filhos. – ele comentou, sem desviar a atenção do frango.

- É, eu tenho uma filhinha, se chama Alexia. – ela respondeu. – Tem nove meses e é a luz da minha vida. – dizia saudosa.

Ficou conversando com Nick a respeito de Alex, enquanto terminava sua massa. Esperava de coração que os cookies ficassem tão bons quanto o bolo.

Após desligar a chamada,Arthur olhou o aparelho e sorriu. Ele realmente estava apaixonado, e pôde confirmar isso agora. Ele sabia que esse tal de amor era um malandrinho e iria pega-lo desprevenido qualquer dia desses, mas só não imaginava que fosse acontecer tão de repente.  Lua era a mãe de Alex, que podia ser filha dele, e era a garota mais espetacular que já teve a honra de conhecer em toda a sua vida medíocre.

- Pelo menos eu me apaixonei pela garota certa. – ele soltou o ar e respirou fundo outra vez. – Isso é ótimo. – sorriu e levantou-se, indo embora.

Logo mais, à noite.

Os meninos estavam jogando videogame enquanto comiam salgadinhos e tomavam algumas cervejas.

- Filho da puta! – Chay reclamou após perder para Arthur em uma partida de corrida.

- Come poeira Suede! – ele zombou. – Você nunca consegue me vencer nesse jogo! – pôs algumas batatinhas na boca.

 A campainha toca e Mica vai atender, já que não estava na sua vez de jogar. Quando abre a porta vê que era Mr. Adam, o sindico do prédio.

- Pode falar senhor Adam. – Mica disse, escorando-se na porta com um sorriso falso.

- Eu vim fazer uma reclamação, como sempre! – disse o velhinho. – Vocês ficam escutando som alto todo santo dia, tirando que o lixo de vocês sãosó porcarias, como isso, por exemplo! – apontando a latinha de cerveja na mão do moreno.

- Quer dizer que até o nosso lixo o senhor quer controlar? – Mica disse, em perplexidade.

Alex viu a porta aberta e engatinhou alegremente pra fora. Mica estava preocupado demais discutindo com o senhor de idade, que reclamava e reclamava, como sempre. Por isso, não notou quando a pequena loirinha saiu engatinhando.

Depois de alguns minutos, o sindico deixa uma linda e merecida multa e se vai, satisfeito.

Depois da rua tem

Quase selvagem

porém ainda amordaçado

encontro tudo desmaiado

tudo não sincero

enquanto tudo que não quero

também não custa dor

custa também lidar

necessitando em todos

papéis e carvões

plaquetas, acidentes, pulmões

Forças fora dada

forcas e emboscadas

latrinas breves, incomparações

frustrações que não se bebem

Eu ainda quero tudo que me compõe

Sou uma abreviação do que não possuo

enquanto tento descrever o quanto cansado fiquei depois

metodicamente quebrando métrica

fazendo rima cética sobre porões que já não estou mais

depois do ensaio e da tentativa dilacerada

em fome, frio, insurgência e rancor

Corrôo pois não corro mais entre correntes

Vingo, mesmo não sendo deste solo

Escoo parte alguma de uma raiva amedrontada

Pelas buscas

Varrido

Extirpado

Corroído

Estilhaço

Espantoso

Grito oco

forte simples

dentro de esfinges de brinquedo

sambo confuso no meu leito

de escritor

consumido por terror

No Escuro - Sinopse

Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo… Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele. Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele. Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo. Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador.

Elizabeth Haynes

image

                               Valores somente pela ASK!

anonymous said:

Acho que me apaixoi, só de ler os seus meros textos...

Não sei se sinto-me lisonjeada ou amedrontada kkkk porém, de qualquer forma, creio que ao ler descobrimos muito mais sobre quem escreveu do que pode-se imaginar, os textos são um desabafo seguro, um refúgio, eles são reflexos nitidamente verídicos da alma de quem os cria. Neste caso, você pode ter gostado do que leu, sentiu-se confortável ao ler, e isso, é algo mágico demais.

Oro todos os dias para que eu não tenha que te esquecer qualquer dia, para que eu não fique chorando noites e noites, olhando para uma foto nossa ou para o celular, lendo suas mensagens antigas, para que eu não queira te ligar mesmo sabendo que você vai estar em uma balada em São Paulo, ou em um churrasco e não vá me atender. Torço sempre para que isso não acabe. Com “isso” quero dizer nosso amor, nosso amor que é tão belo, que mesmo com as desavenças está sempre nos fazendo tão bem. Nosso amor se tornou um refúgio para nós dois, é como se fosse a única coisa que importasse. Parece até que é um segredo, ou um diário que escrevemos todos os dias e desabafamos, esquecemos do mundo quando estamos com ele, ou nele. É até confuso falar dele. Esquecemos de existir quando estamos a sós e o tempo simplesmente não se lembra de passar. Cada sorriso possuí uma intensidade incabível em quaisquer palavras que eu escreva aqui… seu sorriso é meu. E mesmo que você negue, mesmo que diga que é bobagem, sabe que é a verdade. Nos pertencemos, nos completamos. Os nossos caminhos cruzam para lados diferentes, mas a chegada é sempre a mesma pra nós dois. Só eu posso encontrar a vastidão em seu olhar, as palavras que se escondem por trás de um sorriso preguiçoso que esboça os seus lábios e faz as minhas mãos soarem de nervoso. Só você consegue ter esse efeito em mim, consegue me ler por inteira, só você me deixa com aquele sorriso bobo, feito uma pré-adolescente apaixonada. Por isso, o que mais peço a Deus é que não aconteça conosco o que sempre acontece com muitos casais por aí, não quero te esquecer, não quero ter que me forçar a te esquecer, assim como todos os outros. Não quero que daqui a alguns meses eu esteja te chamando de canalha para as minhas amigas, até porque você não merece ser chamado de canalha, você não merece o meu ódio, não merece ser esquecido.
Toda menina acha que vai encontrar um príncipe encantado, um que vai salva-lá do dragão ou da bruxa, e que depois do beijo tão esperando, vão viver felizes para sempre. Então ela cresce e vem a adolescência, ela já aprendeu que príncipes encantados são só em contos de fadas mas ainda procura por um menino que volte atrás depois de uma briga, que ligue e fale que a ame, que não quer que ela vá embora. Mas com o passar dos anos ela percebe que são poucos esses tipos de meninos, são raros e infelizmente, ela não tem a sorte de ter um ao seu lado. Ela cresce, e cresce desacreditando que amor ou qualquer outro sentimento existe. E mesmo desacreditando continua querendo um homem que puxe a cadeira em um restaurante, que beije sua mão enquanto olha em seus olhos, que queria conhecer seus pais, não seu quarto, um homem que dê seu casaco a ela quando ela estiver com frio. Todas sonham com isso, até mesmo as feministas. Todas desejam um homem que fique, que se mostre corajoso o suficiente para ficar, para não desistir. Todas gostam de um buquê de rosas de vez em quando, de um jantar à luz de velas, de declarações, de serenatas, de surpresas e todas essas coisas clichês. Todas gostam de ouvir o quanto são amadas e de planejar seu futuro. Todas gostam de palavras bonitas, porém as mesmas não sejam suficiente para elas. Todas gostam de atitude. Que você demonstre a ela quais são suas intensões. Todas, sem exceções, gostam de palavras e atitudes verdadeiras. Sentimentos verdadeiros. Nenhuma gosta de ser iludida. Então em hipótese alguma, a iluda. Ela pode perder seu sorriso, perder seu brilho e pode se tornar fria, quando são magoadas. E isso, te digo, é a pior covardia de um homem. Não faça ela alimentar esperanças se você não for correspondê-las. Não faça ela te amar se este amor não for correspondido. Seja sincero, não frio. Só fale sobre sentimentos se eles forem realmente verdadeiros. Nunca quebre um coração pois você poderá estar dentro dele. Nunca aja com indiferença, como não se importasse com ela, um dia ela pode acreditar que você realmente não se importe e vai embora. Fique atento, repare quando ela cortar o cabelo, pintar as unhas de outra cor, quando ela comprar um vestido novo ou até mesmo repare nos acessórios. Mulheres gostam de ser reparadas, só se for para ser elogiadas. Então a elogie. Diga a ela o quanto a acha bonita, o quanto é feliz e honrado por tê-la. Mulheres reparam em pequenos detalhes, reparam em cada palavra sua a respeito dela e acredite, ela lembra de todas. E quando alguma a magoa, ai sim que ela sempre lembrará. Mulheres crescem acreditando nos contos de fadas e só deixam de acreditar quando são magoadas, até então continuariam acreditando. Acima de tudo, a ame. E nunca deixe essa mulher desacreditar que contos de fadas existem, se torne um principe para ela que consequentemente fará ela se tornar sua princesa. Demonstre seu amor todos os dias se preciso for. O final feliz é coisa de novela, mas leve a sério, esqueça o final e a faça feliz.
—  Everything becomes real when we believe it is really. Amanda Marzura + IsabelleFernanda (amedrontadas)

O Padre Querino Pedro, administrador da Paróquia Santo Afonso, na cidade de Carrapateira, região de Cajazeiras lamentou nesta terça-feira (03), a destruição da imagem de Nossa Senhora por algumas pessoas evangélicas.

“Mijaram em cima da imagem, jogaram gasolina e queimaram Nossa Senhora. Dizem que os católicos estão condenados ao inferno”. Lastimou o padre

O religioso destacou também a preocupação das mães, pois as crianças estão sendo taxadas de que estarem “condenadas ao inferno”.

O padre disse que essas declarações são feitas por evangélicos até nas escolas, e isso está deixando os católicos constrangidos e as crianças amedrontadas. “Estão fazendo a cabeça das crianças para repudiarem Nossa Senhora”

Querino denunciou ainda que estão pichando as paredes da igreja com palavrões. “Estão também chamando os católicos de baratas pretas”.

Segundo o padre, as pessoas que estão fazendo esse tipo coisa pertencem a igreja dirigida por Luiz Lourenço, mais conhecido por Pastor Poroca. Ele informou que não procurou a polícia para denunciar o caso.

Ouça a participação do Padre Quirino na íntegra na Alto Piranhas. http://bit.ly/1puob6Z via Bíblia Católica Online

Tudo ta acontecendo rápido de mais. E ai, quando você se da conta tudo já passou, e você não viveu e nem aproveitou. Começa aproveitar as coisas com mais intensidade, segue em frente. Deixa de viver no passado ou de tentar concertar ele, foca no teu futuro e vive o teu presente. Ninguém vai viver por você. Então comece a gastar teu tempo com coisas uteis, mas banais. Tente se apaixonar por alguém nada a ver contigo, comece a esbarrar em desconhecidos, se apaixone por um desconhecido. Coisas assim, tão fora do comum, mas ao mesmo tempo tão rotineiras. Reescreva teu passado tentando cruzar com o futuro, não jogue fora teu presente, ninguém vai embala-lo novamente para você. Se não aproveitar o agora, quando for se dar conta será tarde demais. Procure novos amigos, novas pessoas para passar o tempo. Comece a fazer algo que goste. Comece a sorrir do nada. Não deixe que ninguém te impeça de ser feliz. Se ficar ai do jeito que você está, sem aproveitar nada, acabá se arrependendo depois. E quando se der conta, não poderá voltar para começar a ser feliz. Viva por você e não pelos outros, faça o que lhe vier a mente, não se canse de dançar, de cantar; pule, grite, beba, o que tiver vontade de fazer faça. A vida é muito curta pra ser desperdiçada com bobagens. Tire pensamentos negativos, você é dono da sua própria vida, ninguém pode te dizer o que fazer ou o que não fazer, ninguém pode dizer que você não vai conseguir. Faça sem medo do que as pessoas vão falar, elas só querem que algo na vida de alguém dê errado para que a vida delas fique boa. Faça coisas que você não teria coragem de fazer antes, arrisque-se, sinta aquele frio na barriga, faça coisas pra que lá na frente você diga que tudo valeu a pena.
—  Não se arrependa do que você já fez, afinal, é isso que te torna quem você é. - Georgea + Paula + Caroline + Thais (amedrontadas)
Você está me fazendo um bem tão grande que só eu sei o quanto grande é. Meus dias só se completam quando eu te vejo, quando eu tenho a certeza de que te tenho todos os dias ao meu lado e que você faz parte de cada pedaçinho de mim. Eu te amo, aprendi a te amar mesmo em meio a tantas dificuldades… Você surgiu em minha vida no melhor momento possível, como um anjo protetor. Você me ensinou a amar de verdade em meio aos outros sentimentos que eu dizia ser o amor, mas sabe… Amor é bem mais que somente um sentimento. Amar é quando você daria sua própria vida pela da pessoa. Amor é cumplicidade, amizade. Me tornei dependente desse seu amor, me tornei dependente de você. Eu te amo de uma forma inexplicável e ao mesmo tempo tão explicável. Você sim ganhou meu coração de uma forma que ninguém antes tinha ganhado, e ele agora é seu. Inteiramente seu. Só te peço que agora cuide bem dele, pois ele é a parte mais importante de mim, e o confio em suas mãos. Pobre coração, que já foi magoado, iludido e jogado fora por tantas vezes… Mas ele se sente protegido em suas mãos, como se agora fosse valer a pena. Meu amor, me prometa nunca me deixar? Não sei o que eu faria caso isso acontecesse… Você é o meu ponto de fraqueza e ao mesmo tempo meu ponto de força. Minha fortaleza quando estou prestes a desabar. Minha alegria, minha vida. Eu te amo, e prometa também nunca se esquecer disso? Eu posso implicar contigo, pegar no seu pé, ter ciúmes de tudo e todos, mas sabe? Tudo isso são as minhas maneiras de demonstrar o meu medo de te perder. O medo de aparecer uma pessoa melhor e que não seja tão chata e tão cheia de defeitos. E que essa pessoa faça valer mais a pena pra você. Sei lá, podem ser coisas bobas da minha cabeça, mas acredite isso é o meu maior medo: te perder. Vou te contar um segredo… Todas as noites antes de dormir eu fico pensando na minha vida, e fico imaginando a nossa vida futuramente. Nossa casa, nossa cama bagunçada e eu usando uma camisa sua como pijama. Nossa disputa pelo controle da TV e no video-game. A sujeira na cozinha na tentativa de cozinhar, nossos filhos… A nossa vida. Meu amor, nunca me deixe, te imploro. Além do mais, já não posso ver a minha vida, sem você ao meu lado. Parece que sem você, algo faz falta e tudo fica incompleto. Vou te confessar algo, nunca imaginei que amaria alguém. E ainda mais, alguém como você. Já percebeu como somos diferentes? Mas mesmo assim, parecemos almas gêmeas. Bobagem a minha acreditar em almas gêmeas, mas com você eu aprendi acreditar. Passei acreditar também que Deus coloca as pessoas certas na nossa vida. E ele colocou você. Por isso, sou feliz. E não quero que essa felicidade acabe nunca. Quero viver para sempre ao seu lado. Mesmo que todos digam, que para sempre não existe. Então iremos provar para eles. Como na música da Taylor Swift: “pessoas jogam pedras em coisas que brilham”; então vamos ofuscar a todos com nosso brilho. “Você me transborda, meu amor” lembra? Então vamos transbordar. Podemos ser um daqueles personagens de novela, daqueles bem dramáticos, mas, que sempre têm um final feliz. Não importa onde, pode ser no quarto, na biblioteca, na praia, até na lua. Eu e você, sempre e pra sempre.
Ela levava uma vida normal, como todo mundo. Ela só não era feliz. Ela nunca foi. Esforçou-se, lutou para que pudesse ser o mais feliz possível, mas acabou desistindo. Ela não foi fraca de desistir, ela apenas cansou de dar valor pra quem não merecia, por confiar em quem não devia e chorar por que nem se importava. Agora ela é uma garota fria, cheia de sentimentos confusos e um coração surrado. Aconteceram tantas coisas que á fez desistir. Ela não queria isso. Ela queria sorrir, viver, sonhar como antes, mas agora as coisas mudaram. O seu destino não é mais pro mesmo lugar, aliás, ela não sabe qual caminho certo seguir. Ela desistiu até de fingir que é feliz. Ela está destruída, sua alma está fraca. O corpo vive, mas a alma vaga sozinha, quase morta. Implorando ao menos um pouco de vida. Ela se perdeu dentro si, perdeu também a motivação e a vontade de querer levantar da cama pra encarar o dia lá fora. Era uma coisa diferente. Era aquela sensação ruim, aquela de querer ficar mas não conseguir. É como tentar respirar e não conseguir oxigênio. É a sensação de se perder em um mercado e ficar desesperado por não achar sua mãe. Cheguei a conclusão que se perder de si mesmo talvez seja a pior sensação do mundo, é aquela coisa estranha " Se nem eu consigo me achar, quem é que vai achar pra mim? ".
Eu te amo. É isso mesmo, eu nunca tive coragem de te contar, mas isso já estava me sufocando, eu precisava falar e hoje, eu vim aqui me declarar e te falar “Eu te amo”. Eu preciso de você ao meu lado, eu preciso dos seus carinhos, dos seus beijos e do seu sorriso. Eu não posso ver a minha vida sem você ao meu lado. Você sempre me faz bem, como ficarei sem ti ao meu lado? Eu te preciso, eu te amo. E eu sei que é estranho pra você. Que é bizarro ouvir isso, principalmente vindo de mim. Que era inesperado, mas me desculpe, meu coração não podia mais esperar. Eu quero estar ao seu lado. Eu quero ver você sorrir. Eu quero fazer parte das suas alegrias, eu preciso ser sua garota favorita. Eu preciso ser sua. E preciso mais ainda que você seja meu, apenas meu. Sei que vai ser difícil de acreditar nas minhas palavras, porque você sempre soube do meu bloqueio sentimental, está sendo difícil até para mim assumir isso. Eu não consigo acreditar que te amo, mas eu amo. E tenho certeza disso, sempre me falaram que amar é algo inexplicável e pela primeira vez na vida, eu não sei explicar o que eu sinto. É uma mistura de ansiedade, carinho e desejo. Quer dizer, é uma mistura de tantos sentimentos que eu não sei explicar, eu só sei dizer que quero você por perto, eu só sei te desejar todos os dias, o seu cheiro está impregnado em todos os lugares que eu vou, até mesmo na minha roupa. Principalmente em minha roupa. E isso só aumenta mais a vontade de te ter aqui comigo. Nós. Juntos. Isso me dá arrepios, mas eu preciso de vocês, preciso ficar perto, preciso que você também sinta isso que eu tô sentindo. Não sei, eu realmente não sei como as coisas foram tomar esse rumo, mas eu apenas não consigo mais segurar esse sentimento e sinto uma necessidade enorme de repetir sempre a mesma coisa, eu te amo.
Hoje eu rasguei todas as folhas que estavam os nossos jogos de adedonha. Apaguei todas as suas fotos que estavam no meu computador e rasguei as que estavam no mural da parede onde ficávamos medindo nossa altura e olha, eu cresci dois sentimentos depois que você se foi. Há algum tempo atrás era para eu estar escutando nossa música e chorando, mas aprendi e não sofro mais. Mas mesmo assim dói saber que em um dia eu era tudo para você e no outro eu era absolutamente nada. E esconder os sentimentos, não apaga a história. E mesmo eu não querendo, eu me lembro de tudo, desde as conversas clichês no msn até os beijos quentes que você me dava de surpresa. Sinto falta, mas percebi que preciso esquecer. Precisava me livrar de tudo que fazia lembrar-se de você. Por isso joguei fora aquele seu moletom verde que estava aqui em casa, você nem deve se lembrar dele. Mas só te digo uma coisa, vai ser difícil encontrar uma pessoa parecida contigo. Pois por mais que você seja a pessoa que mais me fez sofrer, você era perfeito, era a pessoa que eu sempre sonhei ao meu lado por uma vida inteira e de um dia para o outro, esse sonho acabou. E o problema disso é que você não me amava, pois se você me amasse você não teria me deixado, não teria sequer pensado nisso. Porque eu nunca pensei em desistir de ti, mesmo com todas as suas idiotices e seu ciúme extremo. Eu realmente pensei que o que a gente tinha poderia superar tudo e teria, se você me amasse também, porque eu não iria conseguir passar por tudo isso sozinha. Você sempre esteve ao meu lado, mas só em tese, porque na verdade você nunca esteve comigo, nunca quis cuidar de mim como eu cuidei de você. Só hoje eu percebo o papel de idiota que fiz, acreditando em tudo que você me falava e tenho quase certeza que você ria de mim por eu ser tão boba, tão fraca, tão quebrável a ponto de deixar que tudo que você falasse me afetar.

Ela era falante, como o verbo do passado, pois não é mais, agora calou-se, fala extremamente o necessário. Antes era toda cumprimentos, bons modos, agora não é mais, mal um aceno de cabeça, ou um olhar agradecido. Sobre ela se abateu uma angustia tremenda, de cor acinzentada e cheiro de poeira, e ela não consegue apagar de si mesma isso que se tornou. O pior é não saber quando isso ocorreu, não perceber em que tempo aconteceu essa mudança, ela apenas mudou. As modificações foram enormes, o silêncio tomou conta dela, onde haviam sorrisos abertos e sinceros, hoje existe sorrisos um pouco falsos e pequenos, quando são necessários. A doçura que habitava nela hoje se extinguiu, o lado doce dela morreu. Algo dilacerou todas as palavras dela. Hoje, esta pequena moça está amarga, apagada, sem brilho no olhar, nada mais a anima, nada mais a faz bem. Esse jeito dela, arrogante sem razão não a faz bem, mas ela nunca se importou. Não queria mais amar de novo, nem mesmo fazer amizades, pois tinha medo de que elas a prejudicassem quando revelassem quem realmente eram. Ela tinha medo de um dia acabar ficando só, porém tinha ainda mais medo de estar rodeada de pessoas que eram falsas, que a odiavam e fingiam somente para que ela confiasse neles. No fim de tudo ela notou que, por trás de todos que já disseram amá-la, ela sempre esteve só. Ninguém nunca a quis realmente, nem se quer se preocupava com as mudanças pelas quais ela estava passando. Aquilo com certeza a perturbava de maneira jamais ocorrida. Constantemente, ela se sentava num banco de um parque qualquer e se lembrava do que um dia já havia sido. Uma perfeita menina sorridente, com olhar vivo e unicamente feliz. Agora, sabia que não conseguiria jamais voltar a ser aquela. Por isso só restava a ela ficar ali, vendo a vida apagar o bom lado dela que nunca mais ninguém iria conhecer…

Paula, Andreza e Stéfanny (amedrontadas)

Havia uma menina, ela era do tipo animada e feliz. Todo mundo olhava para ela e via uma menina sorridente e com olhos brilhantes. Mas ninguém realmente a conhecia. Ela era tímida, inquieta, vivia sozinha e os sorrisos era todos falsos. Ela mostrava para todo mundo que era forte, mas lá no fundo era mais frágil que um cristal. Ela adorava ficar no seu quarto, no seu mundo particular. Mas ela sempre sonhou em encontrar o amor. Sempre quis saber como é amar e também como ser amada. Mas por um certo ponto, ela tinha medo. Todos sempre falavam que o amor machuca, mas ela era curiosa e precisava muito saber. Até que um dia e por acaso ela conheceu. Ela o viu na igreja, ele parecia ser todo sério e seguro de si. Mas ela estava enganada. Ele também só se guardava pra ele mesmo. E foi assim que ela o conheceu. E acabou percebendo que ele era tão imperfeito, mas para ela era completamente perfeito. Ela se encantou com seu jeito de ser. Ele era todo carinhoso, fazia ela se sentir a pessoa mais feliz do mundo. Seus carinhos eram maravilhosos e seus beijos era encantadores. Ela não podia mais viver a sua vida sem ele. Ela se sentia seguro com ele e aquele medo bobo, havia ido embora. Ela agora é outra menina. Ela não é mais a mesma. Agora ela sorri por vontade e por sinal, está sempre sorrindo. Ela é feliz de verdade. E agora finalmente, realizou seu sonho e finalmente conheceu o amor. Finalmente conseguiu olhar o mundo com outros olhos. Agora ela saí por aí em busca dos seus sonhos, em busca do que realmente acredita que valerá a pena. Descobrir o amor, fez com que ela descobrisse o que ela quer conquistar, fez ela acordar e ver que para se realizar os sonhos, é preciso ir atrás deles com vontade. Ela agora se sente mais forte do que nunca, sabe que quando se está feliz, a realidade chega a ser melhor do que os sonhos, porque você tá vivendo aquilo. Ela também é forte o suficiente pra saber que o amor nem sempre dá certo. Ela está preparada pra encarar a realidade do mundo, da vida.
—  Maylane + Vitória + Thais  (amedrontadas)   
E os meus erros? Hoje são aprendizado. Por muito tempo eu sempre tive muitos medos, e o maior era o medo de errar, de fazer algo que as pessoas achassem ‘errado’. Eu já cheguei a me importar com o que os outros pensavam de mim, assumo mesmo, eu as vezes fazia o que as outras pessoas achavam ser o certo, por pensar que isso me faria melhor. Inocência? Nem sei dizer o que era. Só que hoje eu penso diferente, acho que a vida e as experiências que eu tive, me fizeram uma pessoa bem melhor, ao meu ver, tudo o que eu já passei me trouxe alguma pequena mudança. Hoje eu já não ligo tanto se eu erro, tô aqui pra aprender, pra viver a cada dia tirando proveito de todos os erros e as lições que eu tenho. Não preciso ficar tentando ser a pessoa perfeita, eu não sou capaz disso. Gosto apenas de ser o meu melhor. Goste de me surpreender. Não vou ficar fazendo mais o que eu não quero. Não vou mais fazer o que os outros querem. Pretendo apenas ser uma pessoa melhor do que antes. Pretendo crescer, tanto fisicamente, quanto mentalmente. Não vou mais esperar que as pessoas me façam pensar ates de fazralo. Se eu realmente quero, eu vou fazer. Quem sabe assim começo a aprender algo novo, quem sabe assim eu não comece a ser alguém diferente. Vou fazer apenas o que eu quero, tentar agradar a todos uma hora cansa sabe? Tenho defeitos, assumo, mas, são eles que me fazem ser quem eu sou, são eles que algum dia, talvez, vão chamar a atenção de alguém, alguém que vai olha pra mim, rir junto comigo e não de mim, alguém que vai elogiar meu cabelo, mesmo ele estando um lixo, que vai gostar do meu jeito orgulhoso e ciumento de ser. Enquanto esse dia não chega, vou cuidar de mim, vou me elogiar, vou me olhar no espelho e enxergar as qualidades, cansei de tentar ser perfeita, cansei de viver para os outros, de hoje em diante, vou viver pra mim. Cansei de esperar por algo que eu sei que não vai vir. Cansei de esperar alguém que me trate do jeito que eu quero […] Eu cansei de esperar, no mesmo jeito que todos um dia cansa. Cansei de tentar agradar quem não merece. Cansei de dá valor pra alguém que não dá 1 centavo por mim. Tirei a conclusão que tenho que excluir certas pessoas em minha vida para que eu possa viver realmente feliz. Talvez não esperar nada de ninguém e ninguém esperar nada por mim seja o suficiente. Cansei de pagar a legal com todos e receber apenas desaforos! Você vai ver a nova pessoa que irá surgir, não vai ser a mesma tola de que antes… essa tola que você achava que era, cresceu, entrou mesmo na vida… no mundo. Sei que vai chegar pessoas dizendo ” ah, você mudou tanto! ” ” ah, você tá tão grossa! ” é? E o mais engraçado disso tudo foi porquê essas pessoas mesmo fizeram mudar. Hoje não irei ser a mesma de ontem. Entrei na vida. A besta aqui cresceu. Vou ser feliz sem me importar com seu ninguém!
Pra quê essa maquiagem? Pra quê todo esse disfarce? Seus olhos ainda dizem a verdade, eles mostram como você realmente está. Pra quê tentar esconder esses sentimentos, esse olhar cansado? Pra quê tentar parecer bem quando não está? Tira essa máscara, tira esse disfarce. Acho mesmo que você é uma verdadeira atriz, pois consegue parecer bem mesmo quando não está. Seja sincera garota, assuma sua dor, procure ajuda. Há tantos por aí com um ombro amigo pra consolá-la, pare de tentar ser quem você não é. Tente, tente e quando conseguir siga em frente, não olha para trás, não se arrependa de nada e não tenha saudades daquilo que nem era você. Abrace essa que é você agora, que sempre foi. Ande por ai sem esperar nada de ninguém, faça sua própria felicidade e não a das outras, se coloque em primeiro lugar. Não crie expectativas, se surpreenda.Não adianta mais fingir, todos já perceberam seu sorriso falso, e esse corretivo não ajuda a esconder as olheiras de quem passou a noite toda chorando. Por favor, uma vez na vida não negue que precisa de ajuda, não negue que não vai conseguir superar tudo sozinha. Eu sei que está muito difícil, como disse, dá pra ver nos seus olhos garota. Mas para de ser tão orgulhosa, se você continuar fingindo, vai chegar a um ponto que não terá mais volta.
É difícil, mas você supera. É assustador, mas passa. Coração esta ferido, mas logo cicatriza. Teve um pesadelo, mas logo vira um sonho lindo. Chorou mas depois vem o sorriso. Caiu mas logo levanta. Se irritou, mas logo se acalma. Falou e depois se arrependeu, isso passa. Não fez, mas quis fazer, faça agora. Xingou mesmo estando errado, peça desculpa. Sentiu saudades vá atrás. Tem suas fraquezas, não demonstre para ninguém. Ama mas não demonstra, tente. Pensou em desistir, mas tenha fé. Quer morrer, mas agradeça a Deus por mais um dia. Sorriu querendo chorar, chore. Tudo que é ruim tem seu lado bom, a vida tem seu lado bom. Então persista, corra atrás, não desista, pois quando você está na escuridão logo sairá o sol. Eu sei que é difícil de acreditar, acreditar que ainda há forças pra ir em frente. Mas a gente encontra força dentro de si mesmo. Abre mão daquilo que não te faz bem, deixa pra lá. Segue em frente. Por momentos difíceis todo mundo passa, a questão é, persistir ou não? Tudo passa um dia, entenda isso, sejam coisas boas ou ruins. Cabe a você decidir se vai seguir em frente ou parar a sua vida. Meu conselho? Viva intensamente, sorria frequentemente e ame descontrolavelmente, sim, ame, mesmo que não tenha dado certo todas as tentativas que você fez, ame, e ame de novo, e de novo, diversas e diversas vezes, é como dizem: “é errando que se aprende”; então erre uma, duas, três vezes se for necessário, mas, faça certo no final. A vida não é feita só de sorriso, eu sei bem disso, mas aprenda, a vida é feita de momentos, não importa se bons ou ruins, eles vão passar, porque depois da tempestade, vem a calmaria.
Desisto de tentar com você. Na boa mesmo, acho que você não tem noção do que está fazendo com meu coração. Você não se importa comigo, me trata como se eu fosse um lixo, mas quando eu digo que não te quero mais, você vem com uma desculpa dizendo que me ama e blá blá blá. Eu já me cansei desse seu papinho furado, você não vale nada, e eu ainda me pergunto por que estou contigo. Você só sabe fazer promessas, mas cumprir que é bom você não cumpre. Mas já chega, não posso mas aturar esse seu joguinho de brincar com meus sentimentos. Eu estou realmente cansada de você, cansada de amar por dois, cansada de sofrer porque você não me dá mais atenção. Me diz porque tu ainda tá comigo? Porque eu não vejo mais sentido nenhum em “nós”. Acho que tô desistindo de tudo, de você, das mensagens, dos presentes e das promessas. Preciso de um tempo, tipo férias de você entende? Longe de tudo isso. Vou apenas me divertir, aproveitar cada segundo do meu dia em vez de ficar pensando onde você está. Ao ficar com você, eu tinha que ficar cada vez melhor, feliz.. mas não! Está tudo ao contrário, cada dia que passa e que estamos juntos as coisas só fazem piorar e eu só fico mais triste do que o normal. Como pode? Eu te amar, mas ao mesmo tempo sentir-me triste! Meu coração não aguenta mais tanto sofrimento, meu coração não aguento tanto peso.. estou amando muito e você não está amando nada, estou assim, amando por dois e isso não está sendo nada fácil. Já estou cansada, você nunca me entende. Quando estou triste, quando estou feliz. Você não nota, do que adianta amar e não ser amada? Do que adianta sofrer por um amor que já se foi há muito tempo. Vai ser melhor, acabar com essa historinha e cada um seguir em frente, sem olhar para trás. Tudo o que vivemos foi bom, mas chega uma hora em que tudo se vai. E pra mim essa é a hora, acabou o amor, acabou a fantasia. Agora vamos começar a viver de verdade sem olhar para trás. Pois o amor entre nós já acabou há muito tempo.
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video